Ir para conteúdo

WhBlaze

Trophy Hunter
  • Total de itens

    4.132
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    5

WhBlaze venceu a última vez em Agosto 25 2019

WhBlaze had the most liked content!

Reputação

2.660 Platina

Sobre WhBlaze

  • Rank

Contatos

  • Website URL
    https://www.youtube.com/channel/UCMzX2RbUZR1oq2l-QOaCqEg

Informações Pessoais

  • Nome
    Anselm
  • Idade
    32

Tipo de Jogador

  • Casual
    Não
  • Hardcore
    Não
  • Garapeiro
    Não

Favoritos

  • PlayStation
    Super Robot Taisen: Alpha Gaiden, Resident Evil 2, Grandia
  • PlayStation 2
    Supar Robot Taisen Z, Resident Evil 4, Dragon Quest VIII
  • PlayStation Portable
    Tactics Ogre: Let Us Cling Together, Dai makai Mura, Dracula X Chronicles
  • PlayStation 3
    Valkyria Chronicles, Demon's Souls, Dai-2-jii OG2nd
  • PlayStation Vita
    Persona 4 Golden, Y's memories of Celceta, Freedom Wars
  • PlayStation 4
    Nioh, Bloodborne,Assault Suit Leynos

Últimos Visitantes

10.487 visualizações
  1. Não vou mentir que queria mais um rpg no estilo clássico da Tecmo, mas com sorte, esse jogo recaptura a diversão de J no PS1... sem contar que é maravilhoso ver um jogo de futebol Arcade após anos de dominância do estilo mais "simulador", vamos dizer assim.
  2. ---->>>> Para liberar esse modo, você primeiro deve terminar o jogo com todas as 20 fluorites e como mencionado no roadmap acima, esse é provavelmente o troféu mais chato do jogo <<<<-----
  3. Final do passo 1: Dito isso, eu posso recomendar uma dica para ambas as zeradas, com destaque para a que você não for recuperar HP: Não se arrisque com Criticals e Deflect Criticals. Sim, eles dão mais almas amarelas, mas seu timing não é muito preciso, e a menos que esteja muito acostumado ele infelizmente pode lhe acarretar mortes desnecessárias, logo, jogue com segurança e faça o Farming mencionado acima, matando inimigos com seu especial, regenerando seu MP e assim por diante. -------> Também aproveite sua primeira zerada para pegar os troféus perdíveis, como colecionáveis e o Undying Summer, apenas por desencargo de consciência, segue abaixo todos os troféus perdíveis específicos dessa campanha e em seguida o roadmap. <-------- Eu alertei para a presença de troféus perdíveis, recomendei coletar os colecionáveis na primeira zerado (caso assim quisesse) e fiz questão de colocar uma caixa contendo todos os troféus dessa categoria com seus respectivos links, descrições, vídeos ou imagens e acredito eu que o ponto de partida dos jogadores é mais uma questão de perspectiva do que afirmação, eu particularmente acho mais adequado fazer o troféu mais inconveniente do jogo simultâneo aos seus colecionáveis com Saves precisos em momentos chave, por reduzir o numero de partidas dos speedrunners da vida, mas se você prefere jogar o jogo livremente se preocupando apenas com os colecionáveis sinta-se livre, um guia não é uma definição de como um jogo deve ser jogado, na verdade, ele está aqui apenas para facilitar sua jornada nos troféus que lhe incomodam. De qualquer forma, peço desculpas pela sua inconveniência, mas gostaria de fazer um adendo por não ter exata certeza de qual foi sua reclamação, e se por algum motivo sua frustração girar em torno da omissão de um passo a passo com descrições escrita e ilustrativas dos fluorites e documentos nesse roadmap, eu devo informa-lo de que estais confundindo Roadmaps com Walktrouhg/Detonados, que por sinal, tinham/tem uma sessão no fórum para quem quiser fazer um passo a passo detalhado de tudo do jogo. O roadmap do guia por sua vez, nada mais é que uma blueprint básica e sucinta dos troféus, o que você conseguirá em cada etapa e redirecionamento para os troféus mais complexos, evitando assim redundância e poluição do guia. Enfim, redundâncias a parte, peço mais uma vez desculpas pela sua inconveniência e se tiver algum problema, basta chamar que eu estou a disposição \o
  4. Sou só eu ou Resident evil 7 tem tanta dificuldade para parecer com Resident Evil que fica o tempo inteiro recriando momentos na esperança de nos associarmos "alhos com bugalhos" e dizer "uuh, eu conheço isso, definitivamente deve ser resident evil!"

     

    Shotgun quebrada, estufa, fundo da mansão, Lisa 2.0... Lembra um pouco a situação do último filme de Exterminador do Futuro, que no geral não é ruim por sugar retalhos de algo competente (o resto vem de filmes de terror populares como massacre da serra elétrica, inclusive as tentativas atabalhoadas de ser cinematográfico no começo & abertura), mas por ter optado por essa rota desesperada, impõe uma certa frustração natural ao apresentar algo que vai além do familiar, beirando o sem alma, credibilidade e no geral, total falta de criatividade.
    PS: E da uma vontade dos infernos de ir jogar condemned onde o controle não é tão duro e eu posso dar paulada nos outros...

    1. Mostrar comentários anteriores  %s mais
    2. washsou

      washsou

      @WhBlaze 

      Mas fora esses detalhes, você parece ter gostado. :Awesome_Face_HD:

       

      Mas sério, desde o começo esse jogo me pareceu deslocado e totalmente estranho a série.

       

      Um dia, e com uma boa oferta, eu dou uma chance ao jogo.

       

      E como está as coisas por aí com o Lockdown?

    3. WhBlaze

      WhBlaze

      @washsou

      Se foi pq eu tava jogando nesses últimos dias é simples, eu estava fazendo jogo e DLC pq o diabo do jogo obrigatoriamente precisa do DLC para ainda ser incompreensível, Ok U_u? HUAUHAHUAHU

       

      Mas sim, você esta certo sobre ele ser deslocado da franquia.

      Pra mim, o jogo é apenas "meh", algo que se não tivesse o logo da Capcom e o nome RE, acabaria sendo visto como uma homenagem, ou algo que tentava assimilar fragmentos de RE e os jogos de terror da Monolith (F.E.A.R. & Condemned) de uma forma bem sem vergonha, a lá Ninja Blade, por recriar cenas de forma literal independente da falta de contexto (serio, tem muita coisa de FEAR e Condemned aqui), mas por ser um Resident Evil numero, ele acabou evocando a estranha afirmação de "return to Form", algo que sempre chama minha atenção negativamente, pois muitas das criticas recentes de Resident Evil são reflexos de memórias afetiva defeituosa por parte dos fãs, afinal, poucos conheceram a Serie ainda no próximo jogo e são capazes de se desprender de nostalgia, a maioria na verdade esbarrou com ela na segunda e terceira interação na infância ou inicio da adolescência onde comportamento de alguém com DDA afeta um pouco nossa compreensão e o principal exemplo disso é o desejo incessante de dissociar Resident Evil do gênero de ação, culpando o 4 e elogiando o passado glorioso.
      Exceto que o único RE sem foco em ação é o 1 (por acidente) e muitos não levam em consideração o fato de que o 3 fez aquele exagero todo que eu sempre reclamo \8

       

      Logo, se você arrancar tudo de resident evil, criar um clone de amnesia e dizer "resident evil" é capaz de muitos falarem "sim, isso é resident evil. Fantasmas e vulnerabilidade exagerada, exatamente como Mikami havia planejado em 1996.

      É estranho e perigoso, pois a Capcom tem costumes bem mais nocivos que a Konami (já que gostam de estigmatizar ela), e se falarem que a moda da semana é exatamente o que resident evil deve ser, eles vão fazer isso e matar a franquia em um estalar de dedos \8

       

      Já o jogo: Eu achei meh... gráficos são bem desagradáveis e abaixo da media (provavelmente por culpa do VR), o modelo dos personagens não me agrada, a história além de não fazer muito sentido é contraditória, incompleta, atrapalhada e se leva a serio demais (E nunca se torna hilariantemente ruim como os antigos por estar achando que é um filme A e não um filme B), Ethan é o personagem central mais apático e inexistente da serie até então, o vilão é hediondo e parece uma piada de mal gosto, a gameplay é truncada demais (provavelmente culpa do VR... de novo....), os chefes são esquecíveis e o último deles é... uau... Me faltam palavras para descrever aquela merda...

       

      Até comecei a jogar ontem pela manhã no madhouse de novo com o intuito de platinar, mas não sei se tenho interesse em fazer o speedrun de 4 horas.
      Quando era mais novo eu gostava de ficar decorando mapa e tals, mas digamos que eu nunca rejoguei RE1 e 0 no ps3/ps4 pq mesmo conhecendo quase toda a campanha de cor, eu não tinha interesse em fazer speedrun como eu havia feito décadas atrás no GC uhahuahua

      Sei lá, to ficando velho, rabugento e preguiçoso demais para lidar com algo Arcade, em especial em um jogo cujo design não é adequado para esse tipo de coisa (diferente de Strider onde eu disse: ok, aqui faz sentido)



      Já o lockdown: Uma merda, pessoal ainda tava saindo na rua, povo coloca mascara na testa e queixo achando que ela é mágica e só por estar com você lhe torna imune ao vírus, enfim, a típica bagunça do brasileiro que ainda não entendeu a severidade da situação ou vai chegar na conclusão que nos encontramos em um cenário tão absurdo que não existe resposta adequada para nada \8

      Só para dar uma ideia, eu tive de ir no supermercado durante o Lockdown (e produziu de carro) e no caminho, eu vi uns 3 carros parados e 2 pessoas sendo mandada de volta no bloqueio por estar passeando...
       

      E por ai? Povo criou juízo ou continua doido \8?

    4. washsou

      washsou

      Vixi, uma semana para responder.

      Mas vamos lá.

       

      Gostaria mesmo é que os novos  jogo numerados seguissem os moldes dos remakes, que apesar das críticas, corretas sobre o RES3, está muito bonito e com uma boa jogabilidade.

       

      Pra dizer a verdade eu preferiria até que a história continuasse de onde o RES6 parou, com um bom roteiro, talvez umas boas histórias poderiam sair a partir dali.

       

      Alias Sherry Birkin e Jake Muller / Jake Wesker poderiam ser ótimos novos protagonistas, cada qual com suas habilidades especiais, se bem trabalhados poderiam substituir a velha guarda dos antigos protagonista sem maiores problemas. Mas pelo que vejo, vão para o limbo, eles e suas histórias.

       

      Por aqui o povo estão todos usando máscaras, isso ajuda muito a prevenir que se espalhe a doença, mesmo assim continuam saindo muito, e agora no começo de junho, vão tentar flexibilizar a quarentena, no pico da subida de mortes e contaminação. 

      A doidera contaminou os políticos também.

  5. Fico feliz de ver SFV alcançando essa marca, verdade que não gostei de algumas mudanças (Vega de quarto de lua? Não, serio... WHY?) e meu pulso ferrado não aguenta a dedicação necessária para ser algo no jogo, mas é sempre bom saber que SF continua de pé, em destaque e sustentando gênero independente do que aconteça :B RE7 por outro lado pode se explodir... o jogo chato e gimmick dos infernos que não para de tentar empurrar coisa na minha cara como se fosse um filme 3D dos anos 60 enquanto recria cenas de filmes de terror conhecido na esperança de alguém não conhecer massacre da serra elétrica (por exemplo) Editt ps: Falando em vendas... dude, eu amo a transparência da capcom com vendas de jogo por não abrir margem para chutes ou o pessoal ficar tentando inventar história na internet pq basta ir no site oficial dela \8
  6. interessante, mas sei lá... eu nem sei se esses jogos deveriam ser atrelados a Castlevania hoje em dia por já ter se tornado um subgênero... exceto quando temos algo que nem lodoss war que é literalmente um copy paste de SOTN AHUHUAHUAHUA Enfim, esperar pra ver, muitos desses jogos são apenas "meh", mas de vez em quando sai um rogue legacy para renovar as coisas 8X
  7. Só compro se tiver Canibais, anacondas gigantes, índios que constroem totens e a possibilidade de caçar tartarugas U____Uv
  8. LOCKDOWN MANOLO! UHUUUUUU! [sacudindo a camisa que nem louco e rindo para não chorar do cenário trágico]

    1. WerneyPark

      WerneyPark

      Eu to de ferias até julho ja xD

    2. WhBlaze

      WhBlaze

      @WerneyPark

      Não tenho a sorte das férias (ou azar para quem gosta de viajar) mas yeah, a situação que vivenciamos é um pouco tragicômica... Mas não melhor que a minha que estou literalmente preso em uma ilha 8D

    3. washsou

      washsou

      @WhBlaze

      Preso em uma ilha... Fernando de Noronha?

  9. lindo, cheiroso, perfeito e maravilhoso tenho que comprar edição especial para acompanhar a de colecionador do vita mas o lockdown no deixa \8
  10. Pra ser sincero eu estou preocupado com o jogo desde o último trailer quando eu me dei conta que a mecânica mais importante do jogo (o especial por tempo e foco em combos) inexistente nessa interação. Sei lá, passa uma desconfiança de que as pessoas envolvidas acham que conhecem a franquia, mas não necessariamente sabem o porque ela foi importante para o gênero... Enfim, ainda vou comprar, mas admito chegar com expectativas mais moderadas.
  11. Eu estou calmo e não os julguei por barulho na internet, ao contrario, eu dei oportunidade para uma parcela consideravel desses jogos (ok, consideravel é um exagero, mas posso falar tranquilamente que joguei Amnesia, Outlast e alguns outros), logo... Yeah, minha opinião é formada por uma experiência pessoal indo além do mero tom sarcástico de meu post passado, por isso a direcionei de forma generalizada em um comparativo aos clones de de Call of Dutty que infestaram a geração passada, nos levando ao seu comentário de ambição, cujo qual eu não poderia discordar mais, e um bom argumento para isso fica no próprio trailer que como de costume, é praticamente idêntico aos que ele deseja emular. Serio, boa parte desses jogos são completamente desprovido de paixão, verdadeiros produtos sem alma fabricados no desespero para lucrar rápido enquanto a bolha mercadológica ainda não explodiu, se aproveitando do seu marketing gratuito, a facilidade de manipular essa mídia transitória devido a falta de credibilidade dos críticos profissionais, ou mais importante, por ser barato e fácil de se desenvolver (por isso os comparei com os FPS da geração passada). Significa que todos serão uma merda? Não, até onde eu sei a Creative Assembly fez um bom trabalho com Alien isolation na sua primeira tentativa em décadas fora do gênero de estratégia, mas esses são jogos raros que normalmente não dão certo, por estarem dedicando demais a algo desmoralizado, se esforçando para entregar mecânicas mais extensas e indo muito além do deprimente ou subdesenvolvido esconde-esconde que eu já ironizei várias vezes pelo fórum nos últimos anos. Se é que ele se enquadra no comparativo com os door simulators, pq pelo que eu sei ele não tem muita coisa desse subgênero mórbido e preguiçoso, só não falo porque ainda não tive tempo para jogar... Também não acho que Resident Evil 7 seja um bom comparativo com esse subgênero. Verdade seja dita que eu ainda não dei uma chance para o jogo pela birra de ele não ser originalmente um jogo de resident evil, mas sim um tech demo que mudou de nome por ter chamado atenção e também por não ir com a cara de Kawata (nunca escondi isso e no lançamento do jogo perturbei bastante o comentário infeliz de que ele havia capturado a essência de resident evil ao recriar as portas de loading, afinal, portas são a essência de resident evil), mas eu joguei o demo, e já vi pessoalmente quase toda a campanha e me sinto mais do que confortável para dizer que a única similaridade entre Resident Evil 7 e um Layers of Fear da vida é o fato dele ser em primeira pessoa. Se for para comparar RE7 com algo, seria Condemmed (primeiro), graças ao seu mecanismo de defesa, ritmo, atmosfera, puzzles compreensivos, mecânicas de FPS funcionais completamente realizadas, presença de armas, defesa e assim por diante. Sim, o foco é em Stealth, inimigos são praticamente indestrutíveis mas o jogo não se escora em uma total falta de controles onde nosso único semblante de habilidade pode ser resumido a se esconder em um armário porque o pelado com bilau de jumento aparentemente quer me enrabar õ_o"
  12. uuuuuuuuuuuuuuuuuuu Seria esse mais um jogo de esconde-esconde que se tornaram tão populares hoje em dia por supostamente terem se inspirado em clock tower apesar de você não ficar se escondendo e ter como se defender em Clock Tower? 8D Ou é mais um door simulator mesmo ;\? Enfim, passo... pessoal já perdeu a mão nessa constante reciclagem desses jogos \8 pra mim, todos parecem ter sido intencionalmente fabricados para funcionarem de forma viral com streamers fingindo serem gatos ao descobrir um pepino em suas costas da forma mais ridícula que eu vi na vida...
  13. Pena \8 A ideia do jogo é ótima e mesmo para alguém relativamente indiferente a digimon como eu... yeah, parece bem acima da media e eu adoraria dar uma chance para ele 8X
  14. To ofendido com eles pq a copia física de Streets of Rage IV vai ser inalcançável u.u
  15. barril de gasolina, armas com dano maior que as originais, esquiva implacável, dano critico com a escopeta e munição quase infinita discordam da sua alegação sobre não valer a pena derrubar o chefe inútil que podia ser derrotado entrando e saindo da mesma sala (excluindo momentos escriturados onde caiam armas e tinham objetos para você causar mais dano, obviamente). Serio, eu não sou a pessoa mais apropriada para falar de RE3, minha nostalgia daquele jogo é nula e o famigerado piti de fãs de RE4 por ter "mudado o foco para ação", ocorreu comigo em RE3 não por odiar a ideia que já acontece gradativamente desde o 2, mas pq a gameplay de RE clássico não sustenta essa mecanica propriamente, elevando o meu questionamento sobre o que infernos a capcom tinha na cabeça quando apoiou Kazuhiro Aoyama a transformar seu mini-game de RE2 em um jogo completo que desperdiçou o potencial de uma cidade infestada graças ao seu design questionável Mas enfim, eu já falei várias vezes que eu não gosto de RE3, tenho sérios problemas com aquele jogo, sempre que retorno para dar uma segunda chance ele piora no meu conceito e o fato dele ser basicamente um filler inútil que avacalha ainda mais com a cronologia bucéfala da serie tentando desmerecer o ótimo design do 2 meio que me enerva... até pq Nemesis acidentalmente faz MR-X ser mais memorável e impressionante a cada porta aberta... Sobre RE4: Eu estou mais é curioso. Realmente não sei como agir por manter a impressão de que o jogo não tem muito o que adicionar além de uma remodelagem gráfica, tornando-o um tanto quanto redundante pois o visual de RE4 bizarramente não esta obsoleto e mais mecânicas de reação podem acarretar em algo bem próximo de RE6, que não é necessariamente ruim, mas exigiria mais cuidado do posicionamento e comportamento dos inimigos para não torna-los ou desnecessariamente perigosos, ou estupidos demais para ser verdade.
×
×
  • Criar Novo...