Ir para conteúdo
MamyBR

[Rockstar] Gun Rush | Atualização do beta de Red Dead Online traz modo Battle Royale

Recommended Posts

a46cfeb5ab55d728279c71f39b52bc244a693a7f

 

A atualização de hoje do beta de Red Dead Online inaugura Disparada, onde você pode testar seu instinto de sobrevivência, coletando armas e munição à medida que a área de jogo diminui neste novo modo para até 32 jogadores. Disponível para jogar em equipe ou cada um por si, quem sobreviver, vence.

 
Há mais atualizações a caminho, incluindo novas Corridas e modos de Conflito, novas roupas e gestos e, ainda, algumas alterações adicionais baseadas no feedback dos jogadores, incluindo:
  • Desafios Diários: enfrente diariamente novos desafios que abrangem todos os aspectos do jogo, de tiro a distância a fugir das autoridades.
  • Melhorias para autoridades e recompensas: o sistema de autoridades e recompensas sofrerá algumas alterações no Red Dead Online para reduzir os atrativos de conduta inapropriada. Em breve, os jogadores que cometerem crimes receberão uma recompensa por sua cabeça e serão incentivados a pagá-la dentro de um tempo determinado. Se demorarem demais, eles passarão a ser perseguidos por caçadores de recompensa de todos os estados, o que os forçará a pagar ou fugir.
  • Mudanças de trégua: deixaremos o sistema de trégua mais fácil de ser acionado para que seja possível evitar jogadores agressivos mais rapidamente. Além disso, será mais fácil dar início a Rixas, Rixas de Bando e Rixas de Líder para enfrentar jogadores agressores em uma competição estruturada.
  • Ãcones de jogador baseados em proximidade: os ícones de localização de jogador logo aparecerão apenas a curto alcance, reduzindo a distância a que se enxerga outros jogadores e também a probabilidade de ser agredido por outros jogadores em áreas amplas. Mais adiante, também pretendemos passar a identificar jogadores que apresentam conduta inapropriada e matam os outros indiscriminadamente, marcando-os com um ícone cada vez mais escuro que fica mais visível e que pode ser detectado a uma distância maior. Assim, todos em uma sessão podem prontamente identificar oponentes potencialmente perigosos a uma distância segura.
 
Há mais por vir
A Rockstar está trabalhando em muitos conteúdos novos para lançar ainda neste ano. Algumas das atualizações em desenvolvimento são:
  • Missões totalmente novas para aprofundar a sua história na Terra das Oportunidades, incluindo personagens já estabelecidos, como Horley e Jessica LeClerk, e também alguns novos.
  • Diversos Eventos Dinâmicos por todo o mundo.
  • Vários modos competitivos novos, incluindo novas Corridas e modos de Conflito.
  • Sem falar em novas armas, roupas e várias outras coisas que ainda não podem anunciar...

 

O update já está disponível nas versões do game para PlayStation 4 e Xbox One.

 

https://www.youtube.com/watch?v=3V6fWI4pngs&t=48s

 

Fonte: Rockstar Games

  • Curti 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Eu to bem saturado do Online - me embrenhei no jogo para chegar no lvl 50 pelo troféu - e embora goste muito do jogo e veja potencial em toda parte, simplesmente não consigo ver razão para continuar jogando.

 

Aí vem essa atualização com porcaria nenhuma, basicamente.

  • Curti 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Essas atualizações a conta-gotas que a RockStar vem fazendo desde o GTA 5 realmente são bem empolgantes.

 

 

Esse jogo aí já abandonei, arrependimento ter gasto 300 reais nessa bomba.

 

Vende pra mim, te pago vintão.

  • Curti 4

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Não saindo troféu ligado a essa merda de battle royale já tá bom demais...

  • Curti 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Esse jogo aí já abandonei, arrependimento ter gasto 300 reais nessa bomba.

Cara, esse era um jogo que eu estava muito empolgado, pq RDR foi o meu top1 do ps3. Mas segurei a grana para o Resident 2 e pq estou no magnífico Dark souls.

 

Logo nas primeiras semanas comecei a ler relatos negativos, de que o jogo dá sono, enjoa, etc, agora com esse seu, só penso que bom que ainda não comprei. Daqui a uns meses talvez.

 

Enviado de meu SM-J730G usando o Tapatalk

  • Curti 2

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Vende pra mim, te pago vintão.

 

Mano, se eu não tivesse sido burro de comprar digital, na minha conta principal, eu te passava por esse valor.

  • Curti 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Mano, se eu não tivesse sido burro de comprar digital, na minha conta principal, eu te passava por esse valor.

 

E por que não gostou tanto assim do jogo? O que houve?

 

Gostou do 1o?

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Tudo Battle Royale agora, é incrível, até o Ace Combat 7 se rendeu a isso também.  :jackie_chan: 

 

Sobre o jogo, li uns comentários aqui e tinha pensado antes que era só eu que não tinha curtido tanto o RD2.

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Cara, esse era um jogo que eu estava muito empolgado, pq RDR foi o meu top1 do ps3. Mas segurei a grana para o Resident 2 e pq estou no magnífico Dark souls.

 

Logo nas primeiras semanas comecei a ler relatos negativos, de que o jogo dá sono, enjoa, etc, agora com esse seu, só penso que bom que ainda não comprei. Daqui a uns meses talvez.

 

Enviado de meu SM-J730G usando o Tapatalk

Gosto é gosto e tal... mas PQP, isso daí é um clássico instantâneo. Tô curioso pra saber onde a galera encontrou tanto defeito assim.

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Gosto é gosto e tal... mas PQP, isso daí é um clássico instantâneo. Tô curioso pra saber onde a galera encontrou tanto defeito assim.

Pelo que li, a maioria diz que exageraram no realismo. Tudo é real demais. Itens que se perdem no cavalo, ou apodrecem, sei la. Coisas demais pra fazer, o que causa o sono e faz enjoar do jogo, etc. Eu não joguei ainda, não posso opinar. E claro que vou comprar para ter a minha opinião. Adorei o primeiro, mas esse vou pegar depois do RE2 e de platinar o dark souls.

 

Enviado de meu SM-J730G usando o Tapatalk

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Gosto é gosto e tal... mas PQP, isso daí é um clássico instantâneo. Tô curioso pra saber onde a galera encontrou tanto defeito assim.

 

Comprei o jogo na pré-venda, tô no capitulo 3 ainda, simplesmente não encontro forças pra abrir ele. Jogo lento, monótono, fizeram um jogo muito lindo mas desfuncional e massante. (Minha opinião)

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Pelo que li, a maioria diz que exageraram no realismo. Tudo é real demais. Itens que se perdem no cavalo, ou apodrecem, sei la. Coisas demais pra fazer, o que causa o sono e faz enjoar do jogo, etc. Eu não joguei ainda, não posso opinar. E claro que vou comprar para ter a minha opinião. Adorei o primeiro, mas esse vou pegar depois do RE2 e de platinar o dark souls.

 

Enviado de meu SM-J730G usando o Tapatalk

 

 

Sei lá cara, o jogo introduz essas coisas de forma bem progressiva e é fácil de se adaptar. E embora elas estejam lá, não é nada impraticável, do tipo impositivo que se você não seguir à risca vai levar um puta prejuízo no decurso do jogo.

 

E, de uma forma geral, eu gosto desses elementos. Eles impõe estratégia, planejamento e faz com que o jogo deixa de ser um tiroteio inconsequente à lá GTA5.

 

Comprei o jogo na pré-venda, tô no capitulo 3 ainda, simplesmente não encontro forças pra abrir ele. Jogo lento, monótono, fizeram um jogo muito lindo mas desfuncional e massante. (Minha opinião)

Discordo que o jogo seja "lento" ele tem um ritmo adequado a uma época de vastas espaços abertos e inexplorados e de gente se locomovendo à cavalo - e o primeiro era assim também e eu adorava curtir as vistas do México naquele jogo. Considero essa decisão deles, de impor um ritmo mais controlado, essencial para que eu curta tanto quanto eu curto o jogo. Tanto que eu, com muito mais de 150 horas no jogo, ainda encontro lugares novos para explorar e investigar, simplesmente porque passei por perto deles, como ontem mesmo quando descobri uma torre com um telégrafo dentro e fiz uma caralhada de fotos do nascer do sol: tivesse fast-travel, ou um método de transporte ágil em direção ao destino, eu teria perdido completamente essa oportunidade porque o raio da torre fica no meio do nada numa montanha que você não tem razão nenhuma de ir ver.

 

Mas dá pra entender que não seja pra todo mundo. E é uma pena, porque além de todo o contexto do gameplay, a história é de excelente qualidade. Me lembra muito alguns dos grandes clássicos westerns que meu pai assistia, a trilha sonora é de uma qualidade que irrita e a condução de todos esses sistemas e mecânicas do jogo, incluídos num mundo que parece existir por si mesmo quando você desliga o videogame, são pontos que ainda me impressionam.

 

"Desfuncional" é um termo meio colorido para classificar uma coisa que funciona muito bem como um todo, não tem ponta solta ou coisa sobrando no jogo, ou que não está casada com o restante. Um exemplo de jogo desfuncional é o AC Odyssey, com seu sistema de progressão feito para te enlouquecer, ou para você abrir a carteira.

 

Quando tento jogar o AC Odyssey e vejo aqueles gráficos com aspecto "gamey" e aquelas animações ridículas - de um jogo da Ubisoft com quase dois anos de desenvolvimento nas costas e lançado no mesmo ano - tenho certeza que RDR2 vai ser uma referência difícil de ser superada e já é um marco histórico.

 

Não sei se tem vontade de ainda dar uma chance, mas tenta jogar sem compromisso e entrar na vibe do jogo: joga pra relaxar, entra naquele mapa e se impõe a tentar alguma coisa diferente, tipo: putz, o que é esse quadradinho no mapa? Ou caçar sem compromisso, talvez te ajude a se encaixar melhor no ritmo do jogo e aí você passa a curtir ele pelos pontos fortes, não detestar pelos pontos fracos.

 

Eu comprei um PS3 por causa do primeiro RDR, criei perfil no MyPST pra fazer boost daquele jogo - o MGZoio me ajudou! - então sou suspeito pra falar da série. Mas, no meu caso com o RDR2, comecei a me desviar da história bem no comecinho com as fotos, depois vieram os bichos lendários, aí me interessei pelas side-quests e finalmente comecei a ir atrás dos troféus. Parei a história, tô no capítulo 4, pra fazer os online e agora só falta comprar mais dois cavalos pra voltar pra história. To ansioso, inclusive.

  • Curti 3

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

 

 

Sei lá cara, o jogo introduz essas coisas de forma bem progressiva e é fácil de se adaptar. E embora elas estejam lá, não é nada impraticável, do tipo impositivo que se você não seguir à risca vai levar um puta prejuízo no decurso do jogo.

 

E, de uma forma geral, eu gosto desses elementos. Eles impõe estratégia, planejamento e faz com que o jogo deixa de ser um tiroteio inconsequente à lá GTA5.

 

 

Discordo que o jogo seja "lento" ele tem um ritmo adequado a uma época de vastas espaços abertos e inexplorados e de gente se locomovendo à cavalo - e o primeiro era assim também e eu adorava curtir as vistas do México naquele jogo. Considero essa decisão deles, de impor um ritmo mais controlado, essencial para que eu curta tanto quanto eu curto o jogo. Tanto que eu, com muito mais de 150 horas no jogo, ainda encontro lugares novos para explorar e investigar, simplesmente porque passei por perto deles, como ontem mesmo quando descobri uma torre com um telégrafo dentro e fiz uma caralhada de fotos do nascer do sol: tivesse fast-travel, ou um método de transporte ágil em direção ao destino, eu teria perdido completamente essa oportunidade porque o raio da torre fica no meio do nada numa montanha que você não tem razão nenhuma de ir ver.

 

Mas dá pra entender que não seja pra todo mundo. E é uma pena, porque além de todo o contexto do gameplay, a história é de excelente qualidade. Me lembra muito alguns dos grandes clássicos westerns que meu pai assistia, a trilha sonora é de uma qualidade que irrita e a condução de todos esses sistemas e mecânicas do jogo, incluídos num mundo que parece existir por si mesmo quando você desliga o videogame, são pontos que ainda me impressionam.

 

"Desfuncional" é um termo meio colorido para classificar uma coisa que funciona muito bem como um todo, não tem ponta solta ou coisa sobrando no jogo, ou que não está casada com o restante. Um exemplo de jogo desfuncional é o AC Odyssey, com seu sistema de progressão feito para te enlouquecer, ou para você abrir a carteira.

 

Quando tento jogar o AC Odyssey e vejo aqueles gráficos com aspecto "gamey" e aquelas animações ridículas - de um jogo da Ubisoft com quase dois anos de desenvolvimento nas costas e lançado no mesmo ano - tenho certeza que RDR2 vai ser uma referência difícil de ser superada e já é um marco histórico.

 

Não sei se tem vontade de ainda dar uma chance, mas tenta jogar sem compromisso e entrar na vibe do jogo: joga pra relaxar, entra naquele mapa e se impõe a tentar alguma coisa diferente, tipo: putz, o que é esse quadradinho no mapa? Ou caçar sem compromisso, talvez te ajude a se encaixar melhor no ritmo do jogo e aí você passa a curtir ele pelos pontos fortes, não detestar pelos pontos fracos.

 

Eu comprei um PS3 por causa do primeiro RDR, criei perfil no MyPST pra fazer boost daquele jogo - o MGZoio me ajudou! - então sou suspeito pra falar da série. Mas, no meu caso com o RDR2, comecei a me desviar da história bem no comecinho com as fotos, depois vieram os bichos lendários, aí me interessei pelas side-quests e finalmente comecei a ir atrás dos troféus. Parei a história, tô no capítulo 4, pra fazer os online e agora só falta comprar mais dois cavalos pra voltar pra história. To ansioso, inclusive.

 

Mano, para quem acompanha lançamentos como eu, além do trabalho, ficar preso à história arrastada não dá! Se eu fosse me dedicar 100% à ele eu perderia metade do meu tempo para jogar outros que tenho à fazer e que me divertem muito, mas muito mais que ele.

 

Resident Evil 2 agora quase fez eu apagar esse RDR 2 do meu PS4, mas o jogo vai ser leve, então esse RDR deu uma sorte e vai ficar mais um tempo instalado. Nada vai mudar minha decisão, a primeira impressão é a que fica, e ele me entediou demais, queria poder pedir meu dinheiro de volta mas com isso vou aprender a ficar de olho nos jogos da Rockstar antes de comprar na pré-venda, dela não compro mais.

Editado por eversontomiello

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Putssss quando essa moda vai passar e outra, esperava mais da RockStar...

Editado por MattheuusBr

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Logo mais vai ter Battle Royale até em Tetris.

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Pelo que li, a maioria diz que exageraram no realismo. Tudo é real demais. Itens que se perdem no cavalo, ou apodrecem, sei la. Coisas demais pra fazer, o que causa o sono e faz enjoar do jogo, etc. Eu não joguei ainda, não posso opinar. E claro que vou comprar para ter a minha opinião. Adorei o primeiro, mas esse vou pegar depois do RE2 e de platinar o dark souls.

 

Enviado de meu SM-J730G usando o Tapatalk

 

Eu peguei o jogo no lançamento e posso te falar a verdade? dropei o jogo...não tenho nem vontade de finalizar.

Parei no capitulo 4 e nem sequer abro mais o jogo, vou deixar ele mais pra frente.

O jogo é bacana, mas ele é realista demais o q muitas vezes cansa....sem contar que até agora a historia não engrenou ainda.

Vou finalizar persona 5 e depois volto pra ele...queria platinar esse jogo, mas acho q vou deixar essa platina pra lá.

  • Curti 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um membro para fazer um comentário.

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...