Ir para conteúdo
marcelotell

[PS4] Qual Sua Última Platina ?

Recommended Posts

14 horas atrás, gabricj disse:

Que pena que deixaram muita coisa fora. Fiz tudo isso aí que você citou, no PS1. 

Só ficou faltando uma ou outra coisa que exigia aquele Pocket Station, que nunca veio para o ocidente. Lembro que fui em algumas lojas perguntar se eles tinham, na época a informação era mais difícil, não tinha internet, e ninguém sabia nem do que se tratava kkkkk. Lamentável. 

Quantas horas de jogatina meu jovem?

Foram 18 horas mas eu parei para ler todas as conversas e brincar com as cartinhas. Eu lembro no PS1 eu tinha feito ele 100% antigamente a unica coisa que requer mesmo atenção pra fecha ele 100% é nas cartas que voce deve perder pra tal pessoa em um certo momento pra liberar outra carta no futuro mas isso não faz parte da platina. 

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Platinas #101, #102, #103

 

header.jpg?t=1567530367

 

Tava por R$60 nas Casas Bahia esses dias, dai peguei. Nunca tinha jogado esses no PS1 (Só jogava Crash), então essa é a primeira vez que joguei esses jogos.

 

O Spyro 1 é super legal; sem frescura.

O Spyro 2 é o piorzinho, começaram a adicionar minigames e objetos extras pra coletar, e ai encheu o saco. Também tem umas cutscenes super bizarras quando tu entra e sai das fases, não entendi nada delas.

O Spyro 3 é super bugado, mas achei melhor que o 2. Quando o jogo é ruim, o jogo é ruuuuim, mas tem bons momentos também. É o único que não precisa fazer 100% pra platinar e na boa, que bom.

 

EDIT: Super zoado que tem que baixar o 2 e o 3 nessa coletânea. Sou bem firme em sempre comprar jogo em mídia física e deixar eles na estante pra coleção, mas seriamente pensando em vender esse.

  • Curti 12

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

#101 - Path of Exile

full-trophy_0.png

Tempo para platinar: 164 dias, 4:45:44 :tartaruga:

 

EEKFie5XkAEb5Rd?format=jpg&name=large


Um jogo ao estilo Diablo bem divertido, ao contrario do que uns falam por ai, a platina é relativamente fácil pra quem ja sabe o que tem que ser feito, e algum conhecimento do jogo, o que eu tinha bem ao meu lado, ja que meu irmão joga no PC dês de 2014, então tudo que eu tinha que fazer era virar pra ele e perguntar "esse item vale muito?".

 

Uma coisa muito importante de se ressaltar é que apesar de Free to Play, dificilmente você vai platinar esse jogo sem gastar nenhum centavo, o que ocorre é que de fato, o jogo não oferecem itens que melhorem os atributos do seu personagem por dinheiro real. porem toda a economia do jogo se baseia em trocas de itens, e até ai esta tudo certo, o problema começa quando nos níveis mais altos você precisa de itens específicos para a sua Build ficar forte, dificilmente você vai dropar o que precisa com facilidade, o que torna mais simples comprar, e é ai que entra a parte de gastar dinheiro, você pode dropar os itens monetários, mas os mais relevantes não caem com uma frequência muito grande, logo a alternativa é vender os itens que foram dropados mas não lhe servem, porem a aba de bau que permite a venda de itens é paga kkkk logo, ainda que seja plenamente possível jogar sem gastar nada, a platina é bem complicada de conseguir sem gastar nada, ainda mais que o jogo atualiza a cada 13 semanas, e se vc não completar nesse tempo, pode acontecer o que aconteceu comigo, um nerf em um item essencial para minha build, que fez com que eu upasse outro personagem, craftar os itens tbm pode ajudar bastante, assim não precisa comprar um item muito caro.

Jogar na Standard tbm não e uma boa opção no Playstation, os items são relativamente mais caros, e tem pouca opção, o ideal é terminar durante o período de uma liga mesmo, isso faz você economizar uns trocados.

  • Curti 14

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites
10 minutos atrás, WerneyPark disse:

...

 

Parabéns pela platina cara! To com ele parado faz algum tempo porque tava dando muito lag lá em casa, e como eu tava lo lvl 87 tava passando raiva por morrer e perder 10% de exp kkkkkkkk, muito sofrimento pra upar nesses níveis. Vou ver se consigo platinar ele no mês que vem, sabe se a liga Legion ainda está ativa ou já entrou outra? Realmente no Standard os itens são mais caros, apesar de já estar com minha build feita, to com medo de nerfarem algum item ou classe que acabe me prejudicando e eu tenha que começar outro personagem.

  • Curti 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites
11 minutos atrás, Lucasgc45 disse:

 

Parabéns pela platina cara! To com ele parado faz algum tempo porque tava dando muito lag lá em casa, e como eu tava lo lvl 87 tava passando raiva por morrer e perder 10% de exp kkkkkkkk, muito sofrimento pra upar nesses níveis. Vou ver se consigo platinar ele no mês que vem, sabe se a liga Legion ainda está ativa ou já entrou outra? Realmente no Standard os itens são mais caros, apesar de já estar com minha build feita, to com medo de nerfarem algum item ou classe que acabe me prejudicando e eu tenha que começar outro personagem.

 

Legion acabou tbm, segunda começou a Blight no playstation, esses 10% da xp é tiltante :pq:, a boa é farmar alguns mapas específicos que você considera fácil, e evitar o Boss se for daqueles que da Hit Kill. a mina tbm pode ser bacana se você tiver bem mais pra baixo. ainda é bem lagado e não tem muita relação com internet na maioria dos casos :face:

 

  • Curti 1
  • Triste 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Uncharted 2: Among Thieves Remastered

 

full-trophy_0.png

 

Platina

 

Acredito todos já conhecerem muito bem a franquia Uncharted, achei esse o mais difícil do Collection e também o vilão mais memorável.

 

Os troféus segue o mesmo padrão da franquia, sem dificuldade, sendo o pior o de ter que eliminar 10 inimigos em sequência após enfraquece-los com tiro, só consegui após ver uma dica de colocar em câmera lenta se já tiver finalizado o jogo, os troféus mais chatos para coletáveis e speedrun. Há um glitch para ajudar nas dificuldades maiores, o que é muito bem vindo já que detesto zerar várias vezes o mesmo jogo.

  • Curti 8

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites
22 horas atrás, WerneyPark disse:

#101 - Path of Exile

 

 

tooop! :platinum:

 

agora já pode levar os amigos nas costas! :grin: 

  • Haha 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Platina #274 - Wolfenstein: The New Order [GER] - :platinum: Wolfenstein Master 

 

full-trophy_0.png

 

Como platinei a versão de PS3 primeiro, deixo aqui a minha análise. De qualquer forma, é claro que o jogo roda melhor no PS4. Os gráficos são melhores, obviamente, tempo de loading é bem mais rápido, a posição de alguns inimigos é diferente, além da censura da suástica substituída pelo W, de Wolfenstein, nesta versão alemã. Aproveitei para jogar na outra timeline, para justamente ver as diferenças, apesar de que não deu pra entender quase nada, uma vez que esta versão está tudo em alemão, tanto dublagem quanto legendas. No mais, platinei mais rápido do que na primeira vez, pois já sabia tudo o que era pra ser feito.

 

Nota do jogo: 9.5/10
Dificuldade da platina: 2/10
Tempo: 10 horas
Aprovado? Sim. Jogão! Se eu fosse recomendar um FPS pra alguém que nunca jogou, com certeza seria este.

  • Curti 10

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Platina #275 - Wolfenstein: The Old Blood [GER] - :platinum: The Old Blood Master 

 

full-trophy_0.png

 

Eu queria ter jogado esta versão após a normal, mas o idiota aqui, quando pegou a conta que tinha prazo para ser devolvida, pensou que esta versão vinha pelo menos com legendas em inglês. Foi a primeira vez que eu peguei um jogo de versão diferente. Vivendo e aprendendo. Todavia, colocarei minha análise completa nesta platina mesmo, pois também platinei a versão normal.

 

O jogo trata-se de uma expansão standalone do The New Order, sendo uma prequela para o mesmo. Desta vez, temos que roubar um documento de vital importância das mãos de Helga von Schabbs, a líder da SS Paranormal Division, que fora recrutada pelo Deathshead. A partir daí, nos infiltramos no Castelo Wolfenstein, e a jornada começa. Tudo o que falei na minha análise a respeito do The New Order também pode ser aplicado para o The Old Blood, tanto sobre o jogo em si, quanto à platina. Destacarei apenas as diferenças:

 

Temos um gameplay mais incrementado, com novas armas bem fodas, podemos escalar paredes com a pipeline, e não sei se foi impressão minha, mas achei os inimigos mais agressivos, arremessando várias granadas. Algo interessante são os níveis Nightmare, os quais acessamos ao dormirmos nas camas espalhadas pelo jogo, sendo um total de 9, e existe um troféu pra cada. Trata-se de níveis retirados do Wolfenstein 3D clássico, dos quais devemos finalizá-los.

 

Em relação à platina, temos um certo desafio pela frente, ou seja, é um pouco mais difícil que o seu jogo base. A parte mais complicada, entretanto, é obter medalha de ouro nos 10 challenges que são desbloqueados ao cumprirmos determinados requisitos durante a campanha. É necessário jogar pelo menos no I Am Death Incarnate (Hard), pois nesta dificuldade em diante está disponível a medalha de ouro. Jogamos em determinados trechos da campanha, sendo que o objetivo é obter o maior número de pontos através de headshots e kills em sequência. Tem uns dois mapas que foram chatos, mas nada que algumas tentativas a mais não resolvessem. No mais, a platina é praticamente a mesma coisa, com coletáveis e troféus de perks.

 

Spoiler

 

B.J. sendo torturado:

 

Jager: Who is your contact in the village?
B.J.: Claus.
Jager: Who is this Claus?
B.J.: Santa Claus.

 

:coolface2:

 

 

Nota do jogo: 9.5/10
Dificuldade da platina: 4/10
Tempo: 12-14 horas
Aprovado? Sim. Jogão!

  • Curti 10

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Platina #276 - Wolfenstein: The New Order - :platinum: Wolfenstein Master 

 

full-trophy_0.png

 

Bom, tudo o que foi dito nas minhas análises anteriores deve ser aplicado aqui, tanto na minha primeira vez jogando, quanto na segunda. Se tivesse mais versões, platinaria elas também. Não me cansei de jogar este jogo magnífico. Detalhe que somente na terceira jogada testemunhei meu primeiro bug: o coletável não apareceu em seu local. No mais, platinei mais rápido ainda do que na segunda vez.

 

Nota do jogo: 9.5/10
Dificuldade da platina: 2/10
Tempo: 8 horas
Aprovado? Sim. Jogão!

  • Curti 13

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Platina #277 - BioShock - :platinum: Platinum Trophy

 

full-trophy_0.png

 

Está aqui uma trilogia que me vi obrigado a jogá-la novamente, pois os jogos são sensacionais! Já que platinei primeiramente no PS3, portanto, deixo aqui a minha análise. Destacarei apenas algumas diferenças e considerações: 

 

A platina é extremamente fácil, uma vez que utilizamos o glitch que lhe possibilita jogar no Easy, sendo que na última cena, logo após matar o boss, mudamos de dificuldade para o Survivor. Digo isto porque platinei a versão de PS3 sem glitch, na raça mesmo, zerando no Survivor numa segunda jogada. Também é possível conquistar troféus do jogo base diretamente na DLC, fora que existe um New Game Plus no qual podemos continuar a busca pelos troféus, caso tenhamos perdidos algum.

 

Obviamente o jogo deu uma melhorada gráfica. Por outro lado, a remasterização veio com problemas técnicos, os quais afetaram os troféus, apesar de não ter sofrido nenhum deles. Algo que é totalmente inexplicável, pois no PS3 rodava tranquilamente.

 

Nota do jogo: 9.8/10
Dificuldade da platina + DLCs: 1/10 (com glitch)
Tempo do 100%: 15 horas
Aprovado? Sim. Um dos melhores jogos já lançados.

  • Curti 11

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Platina #278 - BioShock 2 - :platinum: Platinum Trophy

 

full-trophy_0.png

 

Já que platinei primeiramente no PS3, portanto, deixo aqui a minha análise. Destacarei apenas algumas diferenças e considerações: 

  • Não existe modo online, isto é, a platina encurtou em umas 20-25 horas.
  • Também é possível conquistar troféus do jogo base diretamente na DLC.
  • Não me lembrava de como o enredo é muito bem conduzido, conseguindo prender a atenção do jogador nos diálogos de Sofia e Eleanor.
  • Jogamos com um Big Daddy (Subject Delta), ou seja, temos um gameplay bem lento, mas realista.
  • Não sei o porquê, mas ao jogar novamente, não é que desta vez acabei gostando mais do segundo do que o primeiro. Talvez pelo fato de ter jogado o primeiro inteiramente no Easy e realizado o glitch, o que ficou até enjoativo de tão fácil, de certa forma.

Nota do jogo: 9.5/10
Dificuldade da platina + DLCs: 3/10 (com glitch)
Tempo do 100%: 20 horas
Aprovado? Sim. Um dos melhores jogos já lançados.

  • Curti 13

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Platina #279 - Homefront: The Revolution - :platinum: Homefront: The Revolution

 

full-trophy_0.png

 

Lembro que, no lançamento, o jogo era tão problemático que mal dava pra jogar. Mesmo após sete atualizações, ainda sim o jogo é bastante bugado. Por exemplo: inimigos surgem logo à nossa frente, dirigíveis também, nos pegando de surpresa. No início a jogabilidade é bem ruim, mas, com a compra de upgrades para o personagem e armas, começa a fluir melhor. O jogo é bonito, a trilha sonora é ótima, e temos um excelente enredo. É um jogo bem satisfatório, ainda mais pra quem curte FPS.

 

Algo bem interessante, que vale a pena ser destacado, são as zonas vermelhas e amarelas. As zonas vermelhas são os locais de guerra, onde a cidade já está toda destruída, na qual acontece o embate entre a Resistência e o Exército Coreano. As zonas amarelas são os locais de habitação, onde a cidade ainda está "viva", na qual temos que jogar mais estrategicamente, sem chamar muita atenção, pelo stealth. 

 

Em relação à platina, temos um bom desafio pela frente, também é necessário um certo cuidado. Existem troféus bugados tanto positivamente quanto negativamente. Temos que zerar o jogo na dificuldade Deathwish, capturar todos os Strike Points, resolver Flashpoints, ativar rádios e coletar jornais, completar todos os Jobs, fazer uma kill com cada arma e suas modificações, além de vários troféus específicos de combate, os quais é bom prestarmos bastante atenção para fazê-los no momento adequado. Vale destacar o troféu mais difícil de todos: infiltrar em uma fortaleza e desativar a válvula sem ser visto. Claro, levando em consideração os problemas já citados que o jogo possui.

 

Os Jobs são cartazes de missões que coletamos no mural das safehouses, mas como o troféu é bugado positivamente, logo, com umas 20 missões completas o troféu vem. Para os Flashpoints, temos que resolver 20 eventos aleatórios que ocorrem nas cidades. Os Strike Points, por sua vez, é totalmente bugado, pois mesmo capturando todos o troféu não vem. Para resolvermos tal problema, basta iniciar uma nova jogada e começar a capturá-los. Nas primeiras capturas o troféu deve vir.

 

O modo online consiste em completar missões cooperativamente. Temos que completar jogando em todos os níveis de dificuldade, conseguir uma certa quantidade de citations, que são relacionados a realizar certos feitos individuais e em equipe; reviver companheiros, comprar as últimas skills de cada classe e utilizar pelo menos uma delas. Este último, porém, é bugado positivamente, pois só precisamos comprar todas as skills da classe Survival.

 

Nota do jogo: 6/10
Dificuldade da platina + DLCs: 5/10
Tempo do 100%: 40 horas (35 Offline, 5 Online)
Aprovado? Sim, mas tendo em vista que você enfrentará bugs pela frente, mesmo após a maioria das correções.

  • Curti 12

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Platina #280 - Wolfenstein: The Old Blood - :platinum: The Old Blood Master 

 

full-trophy_0.png

 

Bom, tudo o que foi dito na minha análise anterior deve ser aplicado aqui. Detalhe que somente na segunda jogada testemunhei meu primeiro bug: o personagem não conseguiu subir a escada de mão. No mais, platinei mais rápido do que na primeira vez, pois já sabia tudo o que era pra ser feito.

 

Nota do jogo: 9.5/10
Dificuldade da platina: 4/10
Tempo: 10 horas
Aprovado? Sim. Jogão!

  • Curti 13

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Platina #281 - Shadow of the Beast - :platinum: Aarbron Reborn 

 

full-trophy_0.png

 

Um jogo plataforma 2D com profundidade nos cenários e trocas de câmeras por ângulos diferentes. Trata-se de um remake do seu clássico. O jogo é bonito, bem violento, jogabilidade flui bem, boa trilha sonora, as lutas contra os chefes são bem criativas. Para entendermos o enredo, temos que jogar uma segunda vez, pois cada inimigo fala sua própria língua inidentificável, tornando-se necessário a compra das legendas com o dinheiro do jogo, que nada mais é do que a nossa pontuação final de cada fase.

 

O jogo funciona da seguinte maneira: percorremos pelo cenário até ao ponto de alcançarmos uma wave. Uma vez alcançada, o jogo nos tranca num curto espaço, sendo que começam a aparecer inimigos de ambos os lados. O objetivo é eliminar toda a wave sem tomar dano e, consequentemente, em um único combo, resultando numa pontuação alta, para justamente obter o melhor Rank possível. Algumas waves precisamos obter pelo menos um Rank Gold, pois assim conseguimos desvendar as waves secretas. 

 

A grande sacada é que, progressivamente, o jogo vai introduzindo inimigos mais fortes e, portanto, com um padrão de movimentação e ataque diferente dos demais, ou seja, temos que adaptar e trocar rapidamente nosso estilo de jogo para cada inimigo diferente que aparecer. Com os ataques especiais, podemos executar os inimigos, resultando em algum benefício para o seu personagem, como o aumento dos pontos de vida, aumento da pontuação ou uma recarga a mais do Wrath.

 

Em relação à platina, existem certas coisas que dão um pouco de trabalho, mas, no geral, é tranquila e rápida. Precisamos assistir à todos os finais do jogo. Para desbloqueá-los, temos que zerar na dificuldade Beast, conseguir pelo menos um Rank Silver em todas as sete fases, pegar todos os coletáveis, além de não podermos utilizar Souls (um dos continues do jogo). Também existem troféus relacionados ao combate: obter Rank A em estilo de luta, obter Rank Platinum em uma fase, alcançar determinada quantidade de combo, compra de upgrades e realizar todos os ataques especiais.

 

Nota do jogo: 6.5/10
Dificuldade da platina: 4/10
Tempo: 12 horas
Aprovado? Sim. Bom jogo. 

  • Curti 12

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Platina #282 - Fear Effect Sedna - :platinum: Fear Perfect

 

full-trophy_0.png

 

Bem fraquinho. Enredo péssimo, personagens sem carisma nenhum, alguns comandos não funcionam em batalha, puzzles sem cabimento, dificuldade desequilibrada, o jogo é repugnante. Não foi à toa que larguei este jogo por 1 mês. No entanto, o stealth e a mescla dos gameplays táticos e em tempo real são os únicos elementos bacanas do jogo.

 

Sobre os troféus, bem fáceis, mas alguns são necessários prestar atenção, pois são perdíveis, uma vez que não existe seleção de capítulos, portanto é bom fazê-los quando surgir a oportunidade, como farmar kills e dar restart checkpoint para os troféus de combate por exemplo.

 

Nota do jogo: 3/10
Dificuldade da platina: 2/10
Tempo: 8 horas
Aprovado? Não. Não vale a pena.

  • Curti 10

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Platina #284 - Conan Exiles - :platinum: To Crush All Trophies Beneath Sandaled Feet

 

full-trophy_0.png

 

Bom, sinceramente, não tem nem como avaliar um jogo desses, pois, como todos já sabem, existe um modo administrador do qual podemos obter todos os troféus de maneira fácil e rápida. Sendo assim, eu não "joguei", apenas fui atrás dos troféus. Só vale destacar um troféu que é necessário obtê-lo online, do qual temos que matar alguém ao ficar em pé sobre a cabeça do inimigo, portanto basta combinar com um colega.

 

Nota do jogo: sem nota
Dificuldade da platina: 1/10
Tempo: 1 hora
Aprovado? Não tem como formular uma opinião sem jogar legitimamente, mas acredito ser um jogo bem "zé ruela".

  • Curti 10
  • Haha 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Platina #285 - Horizon Chase Turbo - :platinum: Super Super Trophy

 

full-trophy_0.png

 

Um jogo que é inspirado principalmente no famoso e nostálgico Top Gear. Tudo é muito igual: jogabilidade, trilha sonora, cenários variados e que fazem referência aos países nos quais jogamos. Eu queria ter comprado em mídia física, mas, uma vez que saiu na Plus, portanto, não tem problema. Quem sabe eu compre para guardar na coleção. Enfim, quem curtiu Top Gear na época, é obrigação jogar Horizon Chase Turbo.

 

A platina possui uma dificuldade mediana. O grande diferencial é jogar com dois jogadores, em tela dividida. No World Tour, para o 100% em todos os países, enquanto o player 1 se concentra em pegar todas as moedas, o player 2 se concentra em chegar em primeiro lugar. A sacada é que, devido ao player 1 dirigir devagar, a IA também desacelera, fora que no final da corrida as melhores estatísticas dos players são juntadas, portanto, podemos aplicar este método.

 

A parte mais difícil é o Master Tournament, sendo um total de 12 que temos que vencê-los. Mais uma vez, com a ajuda de um segundo jogador, é possível tirar pontos do CPU e, portanto, deixando menos difícil o modo. Entretanto, justamente neste modo vemos o quão absurdo a IA é mal feita, pois na primeira volta, se passarmos para nono colocado em diante, a IA vai arranjar alguma maneira bem forçada de nos ultrapassar. Em resumo: o jogo foi feito para alcançarmos a primeira colocação na última volta. Destaco também as engasgadas constantes que ocorrem.

 

O Endurance, por sua vez, fiz sozinho. Muito tranquilo. Temos que chegar pelo menos em quinto, em cada uma das 109 corridas, mas é claro, também é necessário ganhar o torneio. Mesmo guardando o save na nuvem, por precaução, em nenhuma corrida fui desqualificado.

 

Nota do jogo: 8/10
Dificuldade da platina: 4/10 (com dois jogadores), caso contrário provavelmente seria 6/10.
Tempo: 25 horas
Aprovado? Sim. Muito nostálgico pra quem jogou Top Gear.

  • Curti 12

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Platina #286 - Burly Men at Sea - :platinum: Ye've Done It

 

full-trophy_0.png

 

Para a platina, basta realizar todos os 12 finais através de escolhas diferentes que nos levam a situações diferentes, sendo que cada final dura em torno de 10 minutos. A narrativa é tão bobinha e desinteressante. Fora isso, não tem muito o que analisar.

 

Nota do jogo: 2/10
Dificuldade da platina: 1/10
Tempo: 2 horas e 30 minutos
Aprovado? Não. Bem fraquinho. Só vale pela platina fácil e rápida.

  • Curti 10

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Platina #287 - Tekken 7 - :platinum: I'll Get Everything Back!

 

full-trophy_0.png

 

Apesar de gostar bastante do Tekken 3 e 5, me arrisco a dizer que o 7 é o melhor já feito. O gameplay está a um nível jamais visto nos demais jogos: sentimos os impactos dos golpes, os efeitos de iluminação e partículas de luz saindo a cada golpe realizado é bonito de apreciar, cenários mais destrutíveis, tudo foi aprimorado. Além do mais, agora o jogo nos oferece atalhos de combos para jogadores que, como eu, não tem habilidade. O enredo, apesar de curto, continuou mantendo o mesmo padrão de qualidade, com uma novidade: o Akuma, do Street Fighter, de alguma maneira foi colocado, e se encaixou muito bem, com uma boa justificativa.

 

Sobre a platina, a dificuldade é bem abaixo se comparado com outros jogos de luta, mas ainda sim tem um certo grau de dificuldade. É justamente no modo Treasure Battle que as coisas complicam, e também é o modo no qual passaremos mais tempo jogando. Temos que alcançar o título Warrior, sendo que somos rebaixados de título ao acumularmos derrotas. O modo online, é claro, combinei com um colega de fazermos juntos, para não ter que passar sufoco. Dez partidas e uma vitória em cada modo já basta. Também precisamos zerar o Story Mode. No mais, o jogo possui inúmeros troféus de combate, os quais são bem simples.

 

Nota do jogo: 9/10
Dificuldade da platina: 4/10
Tempo: 8 horas
Aprovado? Sim. Ótimo jogo!

  • Curti 10

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Platina #288 - Sébastien Loeb Rally EVO - :platinum: En Plein!

 

full-trophy_0.png

 

Um jogo simulador de corrida, especificamente de Rally. A jogabilidade é boa, inclusive sentimos a diferença ao jogarmos com carros distintos. A física é boa também, mas às vezes meio exagerada, pois um meio-fio é o suficiente para nos capotarmos. O jogo consegue ser legal até certo ponto, mas chega uma hora que fica completamente cansativo, pois requer muito grind para um dos modos. Para o tempo passar mais rápido, é aconselhável colocar uma música, ao invés de ouvir o som do jogo. Quero destacar, também, a imensa demora dos loadings, algo em torno de 1 minuto e 30 segundos pra carregar o próximo evento, algo totalmente inaceitável para os padrões tecnológicos atuais.

 

A platina, por sua vez, pode ser dividida em três partes: 

 

Primeira: obter o único troféu online, do qual é necessário jogar um evento especial.

 

Segunda: modo Loeb Experience, do qual mostra pontos específicos da trajetória da carreira do piloto, os mais importantes, pelo visto. Temos que completar cada evento, sendo que alguns requerem a simulação de algo específico. Por exemplo: Loeb venceu um evento correndo a 100mph/h, temos que fazer o mesmo, ou seja, vencer o evento cumprindo tal objetivo. As entrevistas do piloto, que comenta sobre cada época de sua carreira, são bem interessantes.

 

Terceira: modo Career, do qual passaremos 80% do tempo aqui. Trata-se, basicamente, de chegar ao topo dos pilotos: ser o número um. Mas, para isto, precisamos vencer inúmeros eventos para obtermos a experiência necessária. Dentre eles, precisamos vencer eventos de quatro dias em todos os países, além dos eventos finais, os quais são liberados conforme avançamos no topo da lista. 

 

Nota do jogo: 6/10
Dificuldade da platina: 4/10
Tempo: 30-35 horas
Aprovado? No geral, sim. No entanto, existem outros melhores.

  • Curti 9

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites
Em 13/09/2019 em 19:54, edhunter10 disse:

Platina #276 - Wolfenstein: The New Order - :platinum: Wolfenstein Master 

 

 

Cara, parabéns pelas platinas.

Li todas elas e fiquei procurando aquela que dizem ser bem difícil, ao estilo Max Payne 3, onde tem que zerar numa sentada só, sem salvar e sem morrer.

Todas as que você postou aqui colocou dificuldade baixa. É tão fácil assim mesmo?

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, gabricj disse:

 

Cara, parabéns pelas platinas.

Li todas elas e fiquei procurando aquela que dizem ser bem difícil, ao estilo Max Payne 3, onde tem que zerar numa sentada só, sem salvar e sem morrer.

Todas as que você postou aqui colocou dificuldade baixa. É tão fácil assim mesmo?

 

Ficou interessado em fazer "numa sentada só", Gabriel?

 

Não sou o Bruno, mas vou responder: entre os jogos que ele citou, não tem o Wolfenstein 2: The New Colossus. É este que tem o referido troféu.

 

Os demais Wolfenstein são tranquilos de se platinar.

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, talespagni disse:

Ficou interessado em fazer "numa sentada só", Gabriel?

:hehe:

Cara, você estava fazendo falta nesse fórum mesmo. kkkkkkkk

 

Ah beleza. Pensei que o 2 era um desses aí. 

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Platina #104

 

full-icon.png

 

full-trophy_0.png

 :platinum:Platinum GAL
  Get all other trophies.

 

Tava em promoção, dai peguei. Platina de 12 minutos

  • Curti 5

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um membro para fazer um comentário.

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...