Ir para conteúdo


Tio_Maluco

Cadastrado: 02 Nov 2012
Offline Última atividade: Ontem, 10:20

#977107 [EPGrupo] PlayStation em todos os lugares - Rider lança sandálias PlayStation...

Postado por Tio_Maluco em 15 agosto 2018 - 21:51

212_Display_Rider_PS4-3_PSB_002431.jpg

 

Dando continuidade à recém-firmada parceria com a Sony Interactive Entertainment America (SIEA), a Grendene lança em setembro a coleção de sandálias Rider + PlayStation.

A marca Rider, que tem o objetivo de desenvolver produtos voltados a amantes de diversos universos, encontrou na marca Playstation a perfeita união para alcançar o público gamer.

​Rider + Playstation será lançado no modelo Jam, um clássico da marca que se destaca pela maciez e anatomia da palmilha, acomodando perfeitamente o pé. A linha tem como diferencial as tiras ajustáveis, que garantem maior conforto. As estampas têm os símbolos icônicos de PlayStation e os botões do controle DualShock num fundo que remete ao ambiente virtual dos jogos.

 

Cada par terá como brinde um chaveiro do controle feito em plastisol. A coleção estará disponível na loja online (www.lojarider.com.br) e nas lojas físicas de todo o País a partir de setembro.


212_shoepad_rider_ps4-1_psb_002431.jpg

 

209_playstation_rider_simbolos_psb_00242

 

nao_existe_game_over_branco_logos_menore

 

Fonte EPGrupo




#976919 Tretas entre tops Gamescore

Postado por Tio_Maluco em 14 agosto 2018 - 22:24

99% desses troféus do xonão sem freio é feito com trapaça.

 

Entre eles não tem honra e orgulho igual ao dos Sonystas, a raça suprema que foi destinada a dominar o universo.

 


large.jpg




#976888 [Meio Bit] Bethesda VS Sony - Por cross-play no TES: Legends, Bethesda “decla...

Postado por Tio_Maluco em 14 agosto 2018 - 20:25

Tira  a faunçao do console? wtf?

 

nintendo vende mais que a sony atualmente

 

Nintendo vende mais que a Sony só no japão, em nivel mundial a Sony nsó deixou o trono um ou dois meses nessa geração, de resto dominou totalmente.

O Switch esta passando as vendas de hardware atualmente por causa d o desbloqueio para jogar jogos piratas e rodar emuladores. Negada esta comprando o Switch a rodo pois segundo rumores a nova revisão do aparelho que a Nintendo vai lançar vai vir com a correção no chip para impedir a pirataria, pelo menos temporariamente.

 

Por isso quem quiser um Switch 100% desbloqueado é bom comprar o seu agora.




#976665 [Meio Bit] Bethesda VS Sony - Por cross-play no TES: Legends, Bethesda “decla...

Postado por Tio_Maluco em 13 agosto 2018 - 21:59

Eu prefiro tudo separado, assim tem mais controle do que acontece no ambiente.

Switch já ta enchendo de hackers com esse novo desbloqueio definitivo da xsector e sua loja virtual que baixa tudo grátis.




#976662 [myPSt] Netflix BR - Atualização 13/08/2018 Destaque para quarta temporada de...

Postado por Tio_Maluco em 13 agosto 2018 - 21:51

Nenhum animezinho. '-'

 

tem dois




#976635 [myPSt] Netflix BR - Atualização 13/08/2018 Destaque para quarta temporada de...

Postado por Tio_Maluco em 13 agosto 2018 - 20:24

landscape-1479139703-going-down-a-0097-p

 
Animes

Desenhos animados

Séries

Filmes

- Ação/Aventura/Família

- Comédia

- Terror

- Suspense

  • Não foi adicionado nada nessa semana.

- Drama

-Ficção Cientifica

  • Não foi adicionado nada nessa semana.

Documentarios / Standups / Talks Showns / Rality Shows.




#976625 [Meio Bit] Bethesda VS Sony - Por cross-play no TES: Legends, Bethesda “decla...

Postado por Tio_Maluco em 13 agosto 2018 - 19:57

20180813the-elder-scrolls-legends.jpg

 

Nos últimos meses temos visto uma forte campanha pela adoção das partidas entre plataformas, com os jogadores e as desenvolvedoras clamando pelo recurso. Com a Sony permanecendo no seu posto de vilão nesse embate, até então a maioria das empresas vinha adotando um discurso mais político ao pedir que a fabricante japonesa liberasse o cross-play no PlayStation 4, mas agora a Bethesda resolveu chutar o pau da barraca.

Ao participar da QuakeCon 2018, evento realizado no Texas no último final de semana, Pete Hines foi taxativo ao afirmar que o The Elder Scrolls: Legends só aparecerá em consoles que permitam a comunicação com outras plataformas. Mesmo sem citar a Sony ou o seu videogame, não resta dúvidas de que o vice-presidente da editora estava se referindo a eles.
 

Continuamos conversando com todos os parceiros de plataformas, mas esses termos são essencialmente inegociáveis. Não podemos falar sobre uma versão do Legends onde você carrega o seu progresso com você e outra versão onde você permanece naquele ecossistema, ou está isolado de tudo o mais. Isso é contra aquilo o que o jogo se trata.
 
A maneira como o jogo funciona atualmente na Apple, Google, Steam e Bethesda.net, não importa onde você compra as suas coisas, se jogar em outra plataformas essas coisas estarão lá. Não importa em que plataforma você está jogando, você joga contra todo mundo que estiver jogando no momento. Não existe ‘Oh, é mais fácil de controlar ou tem uma taxa de frames melhor neste sistema.’ É um jogo de estratégia de cartas, isso não importa.



Vale notar que o comentário chega pouco tempo depois da E3, quando a Bethesda anunciou que o The Elder Scrolls: Legends seria lançado até o final deste ano para Xbox OneNintendo Switch e… PlayStation 4. Naquela ocasião a empresa afirmou que todo o progresso já alcançado nas atuais versões do jogo poderia ser aproveitado nos consoles. Será então que a Sony resolveu bater o pé e impedir o recurso?

Esta não seria a primeira vez que um jogo funcionaria entre o PlayStation 4 e o PC, mas como o executivo deixou claro que o compartilhamento de informações acontecerá através das nossas contas na Bethesda.net, pode ser aí que está residindo o problema. Recentemente vimos os jogadores de Fortnite serem impedidos de aproveitar suas contas da Epic em outras plataformas caso a tivessem vinculado ao videogame da Sony e embora a fabricante tenha dito que está cogitando abrir a porteira, a declaração de Hines nos faz crer no contrário.

Pelo jeito, a ideia de que uma pessoa pode comprar um item numa plataforma e aproveitá-lo no PS4 continua não sendo bem vista pelo alto escalão da Sony e por mais que eu tenha minhas dúvidas se um jogo como o The Elder Scrolls: Legends tenha poder para fazer a empresa mudar essa postura, o importante aqui é que enfim alguém decidiu tomar uma atitude mais dura quanto a imposição desta barreira. Detalhe, recentemente Todd Howard disse que adoraria poder incluir o crossplay no Fallout 76, então, já pensou se eles decidirem utilizar também este título para “chantagear” a Sony?

 

Fonte Meio Bit




#975649 [HypeScience] Procurando emprego? A Ferrero está contratando pessoas para sab...

Postado por Tio_Maluco em 08 agosto 2018 - 23:48

:nuss:
nutella-contrata-degustadores-838x628.jp
 
A Ferrero, empresa por trás da mundialmente amada pasta de avelã Nutella, está contratando 60 degustadores para saborear os ingredientes de seus doces em sua sede em Alba, na Itália.

Segundo um anúncio divulgado pela Soremartec Italia, braço de pesquisa e desenvolvimento da Ferrero, não é preciso ter experiência.

A empresa quer o feedback de consumidores comuns, por isso está buscando “juízes sensoriais” não profissionais para passar dois dias por semana degustando cosias como cacau, avelã e produtos semipreparados de Nutella e Ferrero Rocher.
 
Os únicos requisitos são que os candidatos não tenham alergias e tenham conhecimentos básicos de informática.

Como funciona?
anúncio possui um endereço de e-mail para o qual você pode mandar um currículo, com o assunto “RIF. ALB01”. Como está em italiano, supõe-se que falar a língua seja necessário.

Se você for selecionado, a Ferrero lhe dará algumas orientações antes de colocá-lo para trabalhar. A partir de 30 de setembro, os 60 candidatos iniciarão um curso de três meses dedicado ao desenvolvimento de seus sentidos de paladar e olfato e seu vocabulário sensorial. Apenas 20 provadores dos 60 originais se formarão em um dos painéis oficiais de degustação da companhia.
 
O trabalho é terceirizado e parcial, mas tudo, incluindo o curso, é pago. Os candidatos que passarem para a fase final terão a oportunidade de serem contratados pela Ferrero a longo prazo (já está sonhando com sua nova vida na Itália?).

Fonte HypeScience




#975598 [myPSt] Devil’s Hunt - Trailer da Gamescon 2018 -

Postado por Tio_Maluco em 08 agosto 2018 - 17:07

Outrora um filho de um empresário rico, a vida de Desmond foi direcionada para uma sequência de eventos infelizes que o levaram a perder a maior parte de sua humanidade. Ganhando poderes demoníacos e se tornando o carrasco do inferno, ele se esforça para encontrar um lugar para si mesmo na guerra que esta surgindo. Ele é tanto o destruidor quanto o salvador, enquanto sua parte humana está gradualmente aumentando seu apetite por vingança. Ele luta ferozmente com seus punhos e garras, fazendo uso das habilidades que ambos os seus lados demoníaco e humano oferecem. Passando pelos portões do inferno, ele eventualmente terá que decidir onde é o seu lugar.

 

 

Devil’s Hunt esta previsto para ser lançado para o PS4 em algum momento de 2019




#975212 [Eurogamer PT] Capcom elogia o apoio da Sony a Monster Hunter World

Postado por Tio_Maluco em 06 agosto 2018 - 22:30

MonsterHunterWorld106.jpg



Monster Hunter: World é um dos jogos de maior sucesso na história da Capcom, mas a companhia Japonesa não tinha as mesmas certezas que os fãs da série quando diziam que um Monster Hunter nos consoles de mesa e com online seria um sucesso confirmado.

Na mesma entrevista em que falaram dos receios antes da apresentação de Resident Evil 2 na E3 2018, Stuart Turner e Antoine Molant da Capcom falaram sobre as incertezas em torno do regresso da série aos consoles de mesa e do apoio da Sony.

"Nos meus 12 anos aqui, sempre insistiram que Monster Hunter venderia facilmente no Ocidente se estivesse na plataforma certa e abraçasse o multiplayer online," disse Turner.

"Foi um grande risco para os criadores Japoneses fazer algo que poderia cortar a sua própria base de fãs. Garantiram-lhes 3 ou 4 milhões de vendas no Japão. Para uma companhia Japonesa adversa ao risco, foi um grande risco. Dito isto, o Japão comprou o jogo aos milhões."


Molant acrescentou que a Sony ajudou a diminuir esse risco e apoio o lançamento da versão do PlayStation 4.

"O risco foi diminuido pelo suporte da Sony, especialmente pela Sony Japão, que sentiu que a chegada de Monster Hunter aos consoles de mesa iria ajudar as vendas do PS4...estavam certos," disse Molant.



Turner disse ainda que em alguns mercados, Monster Hunter: World foi recebido quase como uma nova propriedade intelectual, desconhecida em muitos mercados Europeus e que foi muito bem recebida.

Agora, a Capcom vai construir sobre o seu sucesso com futuros lançamentos.
 
Fonte Eurogamer PT




#975139 [HypeScience] Será? Cientistas detectam sinal misterioso e poderoso de rádio...

Postado por Tio_Maluco em 06 agosto 2018 - 16:09


 



chime-rajadas-rapidas-de-radio-838x525.j
Rede de radiotelescópios CHIME, no Canadá

 

Nosso universo está repleto de luz invisível. Além do espectro visível, diversos sinais de rádio e micro-ondas inundam o espaço provenientes das mais diversas fontes, como estrelas em colapso, campos magnéticos, nuvens de poeira espacial e buracos negros famintos.

Mas um desses sinais de luz – chamado de “rajadas rápidas de rádio”, ou “explosões rápidas de rádio” (do termo original em inglês “fast radio bursts” ou FRB) – tem intrigado enormemente os cientistas porque não conseguimos determinar sua origem.
 
As FRBs são muito poderosas e duram apenas alguns milissegundos. Na manhã de 25 de julho, uma dessas explosões de energia passou zunindo por uma nova série de radiotelescópios localizada nas montanhas da Colúmbia Britânica, no Canadá, registrando um dos mais raros desses eventos já detectados.

O sinal misterioso, denominado FRB 180725A, foi transmitido em frequências de até 580 megahertz, quase 200 MHz abaixo de qualquer outro FRB detectado.

O que sabemos sobre FRBs

Segundo Patrick Boyle, autor do The Astronomer’s Telegram (um boletim de observações astronômicas postadas por cientistas credenciados) e gerente do projeto CHIME, o radiotelescópio que detectou o novo sinal, FRBs ocorrem tanto durante o dia quanto a noite, e seus horários não estão correlacionados com atividades conhecidas no local de origem, nem com outras fontes notórias de tal energia.

A frequência rápida e baixa dos sinais sugerem que as explosões são extremamente brilhantes e originam-se de uma fonte insanamente poderosa em algum lugar do cosmos.

 

Procedências possíveis incluem supernovas, buracos negros supermassivos e algumas outras fontes de radiação eletromagnética poderosa, como os pulsares, mas, até agora, não identificamos uma fonte natural para os FRBs com confiança.
Logo, os cientistas não descartam uma “origem artificial” dos sinais – isto é, inteligência extraterrestre.
 
Avanços
FRBs permanecem um mistério para os astrônomos. Identificar uma fonte precisa para tais sinais elusivos não é tarefa fácil. Além disso, apenas cerca de 40 já foram detectados na Terra desde que foram descobertos, em 2007, portanto a pesquisa permanece esparsa.

Apesar da relativa raridade das FRBs, as explosões provavelmente são uma ocorrência cósmica regular. De acordo com Christopher Conselice, professor de astrofísica da Universidade de Nottingham (Reino Unido) que não esteve envolvido na descoberta, as FRBs podem chegar ao nosso planeta até milhares de vezes por dia; só não temos ferramentas suficientes para detectar todos esses sinais ainda.
 
O CHIME é um radiotelescópio de última geração projetado para detectar ondas de rádio antigas enviadas quando o universo era apenas uma criança, entre 6 e 11 bilhões de anos atrás. Embora esteja em operação há apenas cerca de um ano, ele já detectou vários FRBs notáveis, incluindo diversos sinais de baixa frequência que se seguiram logo após o poderoso FRB 180725A na semana passada.

Quem sabe mais tecnologias como o CHIME ajudem os cientistas a finalmente desvendarem tais rajadas rápidas de rádio e sua origem elusiva.

Fonte HypeScience




#974859 BETA Black Ops 4 - Ache e ganhe acesso - O RETORNO

Postado por Tio_Maluco em 04 agosto 2018 - 13:22

5XDSH

 

Badge Cid Moreira

 

Eu nunca ia adivinhar isso.... :forever:




#974858 [myPSt] Netflix BR - Atualização 04/08/2018 Destaque para o filme Liga dos De...

Postado por Tio_Maluco em 04 agosto 2018 - 13:20

League-of-Gods-Banner.jpg

 
Animes

Desenhos animados

Séries

Filmes

- Ação/Aventura/Família

- Comédia

- Terror

- Suspense

- Drama

-Ficção Cientifica

  • Não foi adicionado nada nessa semana.

Documentarios / Standups / Talks Showns / Rality Shows.

 




#974740 Agradecimento

Postado por Tio_Maluco em 03 agosto 2018 - 19:15

Que desenhos mais horrorosos. :face11:

 

O Tio deixa ai seus desenhos mais maginamos para servir de currículo, estou me candidatando pra vaga das badges :fuck:

 

draw-a-child-test-all.jpg




#974699 [Meio&Mensagem] Netflix destrói a geração de valor da indústria”, diz dir...

Postado por Tio_Maluco em 03 agosto 2018 - 17:12

Alberto Pecegueiro participou de debate do Fórum Pay TV e criticou a política de preços praticada pela plataforma de streaming

 

netflix.jpg


As plataformas de conteúdo over-the-top (OTT) – particularmente a Netflix – foram o alvo de boa parte dos debates da primeira manhã do Fórum Pay TV, novo evento da indústria da TV por assinatura que reúne representantes de diversas faces da cadeia para debater os desafios e oportunidades do setor e acontece, que acontece nesta segunda e terça-feira, dias 30 e 31, em São Paulo.

Ao discutir os impactos que essa opção de serviço trouxe ao público espectador – e consequentemente seus impactos nos negócios na indústria da pay TV, que vem há três anos em um ritmo de retração de base de assinantes – executivos da Globosat e da Sky criticaram a política de preços praticada pelos serviços de streaming – algo que, na visão dos players, derruba a cadeia de valor construída pela indústria de canais pagos.

"A Netflix tem inúmeras qualidades. Ninguém questiona a forma pela qual a companhia conseguiu usar a tecnologia a favor de um serviço e como ela consegue incorporar os novos hábitos de consumo de pessoas. Mas a estratégia definida pela empresa para construir a sua imagem é destruidora para o valor da indústria. Ninguém é capaz de fornecer uma qualidade tão grande de filmes, séries e produções a um custo tão baixo como a Netflix faz", analisa Alberto Pecegueiro, diretor da Globosat.

Ao participar de um painel no fórum Pay TV, o executivo argumentou que é natural o interesse das pessoas por uma oferta de conteúdo de qualidade pela qual elas possam pagar menos. O profissional pondera, contudo, que além de ser prejudicial a toda a indústria – que não tem a mesma escala internacional e nem a saúde financeira para custear o preço baixo da assinatura – a estratégia da Netflix é, a médio e longo prazo, danosa para a própria empresa. "Os estúdios de cinema e de produção ajudaram a alimentar o monstro ao fornecerem seus conteúdos para a Netflix e, agora, começam a rever sua estratégia. A fonte de conteúdo externo da Netflix já começa a secar e eles terão de incrementar fortemente a produção própria para suprir a ausência dos conteúdos provenientes de estúdios", acredita Pecegueiro.

Representando as operadoras de TV por assinatura, Luiz Eduardo Baptista, presidente da Sky, concordou com a opinião de Pecegueiro. Partidário da ideia de que, na esfera da TV por assinatura, sobreviverão os players que conseguirem manter uma oferta parruda de conteúdo, Bap (como é conhecido no mercado) opina que a Netflix começará a pagar o preço pela sua política de valor. "Dar algo de graça nunca é uma boa ideia. Entendo que os estúdios de conteúdo começarão a trazer grandes desafios para a Netflix. O serviço é sustentado pela qualidade do conteúdo e a partir do momento em que a empresa passa a ater dificuldade para ter esse conteúdo, surge um problema. Para a Netflix sustentar seu negócio, ela teria que iniciar um modelo de venda de pacote premium", disse Bap.

O profissional também apontou que a percepção de valor que as pessoas possuem em relação aos serviços de streaming de conteúdo nem sempre é correta. "Nem sempre fazemos pesquisas de forma certa. É óbvio que, se perguntarmos para qualquer pessoa se ela prefere escolher os canais que querem assistir ou comprar um pacote fechado, elas vão optar pela primeira opção. Mas essas pessoas não sabem que adquirir um conteúdo separado ficaria muito mais caro. A questão da curadoria é muito importante e as programadoras e operadoras, marketplaces do setor, não irão morrer, mas precisam buscar maneiras mais adequadas de empacotar aquilo que o consumidor quer assistir", pontuou Bap.
 
Fonte Meio&Mensagem