Ir para conteúdo
marcelotell

[PS4] Qual Sua Última Platina?

Recommended Posts

Platina #104

 

full-icon.png

 

full-trophy_0.png

 :platinum:Platinum GAL
  Get all other trophies.

 

Tava em promoção, dai peguei. Platina de 12 minutos

  • Curtir 9

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites
16 horas atrás, gabricj disse:

 

Cara, parabéns pelas platinas.

Li todas elas e fiquei procurando aquela que dizem ser bem difícil, ao estilo Max Payne 3, onde tem que zerar numa sentada só, sem salvar e sem morrer.

Todas as que você postou aqui colocou dificuldade baixa. É tão fácil assim mesmo?

 

Obrigado.

 

O Tales já respondeu, é o Wolfenstein II: The New Colossus que tem tal troféu. 

 

Entre as platinas as quais postei anteriormente, a mais difícil é a do Homefront, que tem uma dificuldade mediana, além dos challenges do Wolfenstein: The Old Blood pra ser mais específico. O restante sim, é mais tranquilo, mas é claro, depende da habilidade do jogador para determinado gênero. O Tekken 7, por exemplo, pra quem joga bem jogos de luta, seria facilmente 1/10.

  • Curtir 4

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

#430
#PS4share
Control
Diretora do DFC (Platina)

 

70537829_2503397253227600_84227661755527

 

Jogo com 10 missões, porém, cada uma leva cerca de meia hora, a 9 é a mais difícil, deu um pouco de trabalho, também tem uns 3 chefes enjoados mas nada demais, algumas tentativas pega a manha, o complicado do jogo são os travamentos, não dá crash mas trava quando salva e nos pontos de controle, isso é sempre, o loading dele é bem demorado, pra um jogo até pequeno achei demorado demais, tirando esses contras aí uma platina garantida em cerca de 20 horas e quem gosta de uma pegada The Evil Within misturado com Prototype vai curtir bastante o jogo!

  • Curtir 18

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, edhunter10 disse:

 

Obrigado.

 

O Tales já respondeu, é o Wolfenstein II: The New Colossus que tem tal troféu. 

 

Entre as platinas as quais postei anteriormente, a mais difícil é a do Homefront, que tem uma dificuldade mediana, além dos challenges do Wolfenstein: The Old Blood pra ser mais específico. O restante sim, é mais tranquilo, mas é claro, depende da habilidade do jogador para determinado gênero. O Tekken 7, por exemplo, pra quem joga bem jogos de luta, seria facilmente 1/10.

Beleza, valeu pela resposta.

Quem sabe quando sair uma coletânea com todos eu pegue. :1281332307_02Laugh:

  • Curtir 5

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Kingdom Hearts Final Mix

 

Jogo sensacional, fez parte da minha infância/adolescência e eu to loko pra jogar o 3, porém quero platinar o 2 antes hehe

Acho que até a Black Friday eu platino ele e pego o 3 numa promo hahaha [é esse o plano]

 

spacer.png

  • Curtir 17
  • Esplêndido 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, gabricj disse:

Beleza, valeu pela resposta.

Quem sabe quando sair uma coletânea com todos eu pegue. :1281332307_02Laugh:

 

Tem uma coletânea em mídia física com os dois primeiros, e o 2 você acha por menos de 40 reais.

 

Quando comprei eles, paguei cerca de 100 reais nos 3 jogos juntos.

  • Curtir 2

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

spacer.png

 

 

 

# RESIDENT EVIL REVELATIONS

 

 

 

 

que jogo maravilhoso, tá mais difícil de platinar no PS4 pq a CAPCOM acrescentou mais level no navio fantasma e um boss Norman mais forte, agora vou terminar o do PS3 que comecei em 2013....

  • Curtir 17

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Platina #289 - AereA - :platinum: Tutti

 

full-trophy_0.png

 

Trata-se de um Action RPG, com mecânicas bem simples, porém, é assim que eu curto, já que não sou muito chegado nos mais complexos. Todavia, claramente temos um jogo incompleto, inacabado, extremamente desequilibrado, e que precisa urgentemente de correções. Nem vale a pena listar aqui seus inúmeros problemas. Se não possuísse nenhum problema técnico ou quase nenhum, até diria que seria um jogo satisfatório. De qualquer forma, vale a pena destacar a temática musical que é proposta pelo jogo, incluindo a boa trilha sonora, a arte bem feita e a riqueza de detalhes do mapa principal.

 

Em relação à platina, muito fácil. Precisamos completar todas as sidequests, alcançar level 50, pegar todos os livros, além de vários troféus relacionados à história. Um grind no final é necessário para coletar moedas suficientes e, consequentemente, realizar os upgrades das skills de todos os personagens.

 

Nota do jogo: 2/10
Dificuldade da platina: 1/10
Tempo: 25-30 horas
Aprovado? Não. Bem ruim.

  • Curtir 17

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Platina #290 - Rayman: Legends - :platinum: Legendary

 

full-trophy_0.png

 

O jogo é maravilhoso! Temos um mundo de fantasia repleto de cenários bonitos, coloridos e diversificados, com uma boa jogabilidade, bons efeitos sonoros e uma trilha sonora magnífica. O enrendo, por sua vez, é sempre aquele enredo bobinho neste tipo de jogo, mas não deixa de entreter. O que mais me agradou, foram as fases musicais, nas quais jogamos no ritmo da música. É um jogo altamente criativo.

 

A platina possui uma dificuldade mediana, levando em consideração a campanha, visto que o online é somente demorado. Basicamente, temos que salvar todos os Teensies e obter todas as taças de diamante em todos os mundos, além de uns troféus específicos de combate e fases. O mais complicado, no entanto, é completar as fases Invasion, pois temos que terminá-las em 40 segundos, e são difíceis. Vale destacar que existem as fases do Rayman: Origins, as quais também são necessárias finalizarmos para os troféus.

 

Existe um modo online do qual é baseado em desafios diários e semanais. Para o troféu de alcançar o maior level, precisamos obter 6000 pontos, sendo que 1816 deles são obrigatórios obtê-los online, pois a campanha nos dá o restante. 

 

Para termos ideia: 1 ponto = bronze; 5 pontos = prata; 10 pontos = ouro; 50 pontos = diamante. Levando estas pontuações em consideração, consegui obter algo em torno de 400 pontos a cada 30 dias jogados, isto é, demorei de 4 a 5 meses para finalizar, mas claro, não joguei todos os dias seguidamente, inclusive deixei o jogo parado por alguns meses. Alguns desafios é bem possível obter o ouro, já outros, me dava por satisfeito um prata. O diamante, no entanto, era algo fora de cogitação pra mim, pois somente o 1% melhor colocado do ranking que o conquistava.

 

Nota do jogo: 9/10
Dificuldade da platina: 5/10
Tempo: 35 horas
Aprovado? Sim. Extremamente divertido.

  • Curtir 18

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites
Em 11/09/2019 em 11:20, WerneyPark disse:

#101 - Path of Exile

full-trophy_0.png

Tempo para platinar: 164 dias, 4:45:44 :tartaruga:

 

EEKFie5XkAEb5Rd?format=jpg&name=large


Um jogo ao estilo Diablo bem divertido, ao contrario do que uns falam por ai, a platina é relativamente fácil pra quem ja sabe o que tem que ser feito, e algum conhecimento do jogo, o que eu tinha bem ao meu lado, ja que meu irmão joga no PC dês de 2014, então tudo que eu tinha que fazer era virar pra ele e perguntar "esse item vale muito?".

 

Uma coisa muito importante de se ressaltar é que apesar de Free to Play, dificilmente você vai platinar esse jogo sem gastar nenhum centavo, o que ocorre é que de fato, o jogo não oferecem itens que melhorem os atributos do seu personagem por dinheiro real. porem toda a economia do jogo se baseia em trocas de itens, e até ai esta tudo certo, o problema começa quando nos níveis mais altos você precisa de itens específicos para a sua Build ficar forte, dificilmente você vai dropar o que precisa com facilidade, o que torna mais simples comprar, e é ai que entra a parte de gastar dinheiro, você pode dropar os itens monetários, mas os mais relevantes não caem com uma frequência muito grande, logo a alternativa é vender os itens que foram dropados mas não lhe servem, porem a aba de bau que permite a venda de itens é paga kkkk logo, ainda que seja plenamente possível jogar sem gastar nada, a platina é bem complicada de conseguir sem gastar nada, ainda mais que o jogo atualiza a cada 13 semanas, e se vc não completar nesse tempo, pode acontecer o que aconteceu comigo, um nerf em um item essencial para minha build, que fez com que eu upasse outro personagem, craftar os itens tbm pode ajudar bastante, assim não precisa comprar um item muito caro.

Jogar na Standard tbm não e uma boa opção no Playstation, os items são relativamente mais caros, e tem pouca opção, o ideal é terminar durante o período de uma liga mesmo, isso faz você economizar uns trocados.

Esqueceu de falar q te carreguei no mapa lá :kruemelmonsteryn0:

  • Haha 2

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

full-trophy_0.png

84# Bulletstorm: Full Clip Edition - Dead Echo

Momento da Platina:

Spoiler

TTkXMww.jpg

 

Um jogo que deixei passar no PS3, mas como veio na plus para o PS4 aproveitei para joga-lo. Como ele foca principalmente na ação o jogo se torna bem divertido. As mecânicas são boas, possui uma boa variação de armamento e um sistema de pontuação que funciona de acordo com o tipo de mortes brutais executadas.

 

Os troféus da campanha são bastante simples consistindo em colecionáveis, níveis de dificuldade, etc. O restante dos troféus é referente aos modos ecos e anarquia, incluindo ai alguns que necessitam de dois jogadores.

 

full-trophy_0.png

85# Red Faction - Faction Leader

Momento da Platina:

Spoiler

ULFGSsU.jpg

 

Um jogo de 2001 que não envelheceu muito bem, embora tenha algumas mecânicas bem interessantes pra época como a possibilidade de destruir os cenários.

 

O enredo ocorre em 2075 em marte, onde os mineradores passaram a sofrer com condições de trabalho praticamente escravo, devido a isso um grupo de mineradores formam a resistência chamada red faction. O protagonista é Parker um dos mineradores que se une a red faction.

 

A maioria dos troféus envolvem mortes com cada tipo de arma, terminar nos quatro níveis de dificuldade (cujo os troféus não empilham), embora a possibilidade de salvar o jogo a qualquer momento facilite fazer a dificuldade Impossible. O que deu mais trabalho é um troféu por zerar o jogo sem eliminar um único não combatente, dito troféu é bugado (no começo eu achei que ele poderia funcionar igual os de morte, onde mesmo voltando os checkpoint o requisito continuava contando, mas não foi o caso.) esse troféu resultou em sete jogadas ao invés de apenas quatro, sendo que nas ultimas eu fiz sem alterar nada de uma pra outra.

 

full-trophy_0.png

86# Phobos Vector Prime: The First Ring – GUNSTAR

Momento da Platina:

Spoiler

SlPPb0D.jpg

 

Um jogo de navinha bem divertido que pega inspiração nos jogos dos anos 80’s.

 

O jogo se passa em 2490 onde a humanidade já possui tecnologia pra explorar livremente o espaço, e iniciou-se uma guerra entre diferentes facções por conflitos de interesse.

 

A platina é extremamente fácil e pode ser conquistada em poucas horas, boa parte dos troféus é ganho durante a história ou concluindo algum requisito durante as missões, como destruir caixas de suprimento, ou destruir minas. Além disso, o jogo possui uma trilha sonora muito boa.

 

  • Curtir 15

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

full-trophy_0.png                                  full-trophy_0.png                       full-trophy_0.png

 

 

CONAN EXILES                                                                                ANGER FORCE RELOADED                                                                RATCHET AND CLANK

  • Curtir 12

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Darksiders 3

 

Tirando as quedas imundas de frame, o jogo é bem legal e desafiador.

 

spacer.png

  • Curtir 17

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites
Horizon: Chase Turbo

full-trophy_0.png 

 

É exatamente aquilo que eu esperava: um passatempo bem divertido, sem grandes desafios e com uma carga nostálgica para quem jogou Top Gear quando menor. O jogo é praticamente uma versão atualizada da franquia para a atual geração e contém, inclusive, o tema clássico. Um ótimo trabalho da Aquiris Game Studio, equipe brasileira que desenvolveu o jogo.

 

Quanto aos troféus, eu retiraria apenas os troféus de resistência, pois acabou se tornando maçante de fazer. Acho que tentaram recriar uma espécie de "Enduro" dentro do jogo e eu não gostei muito.

 

 

  • Curtir 19

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Platina #94 - :platinum: Call Of Duty Black OPS III

Depois de 3 anos (1377 dias), resolvi voltar e platinar esse COD que estava faltando na minha lista. Faltava 2 fases no veterano sem morrer, 8 desafios da campanha e 17 honrarias. Ajudei muita gente a platinar esse jogo, mas faltava a minha. Uns amigos que geralmente jogo junto esses jogos que tem COOP me "pertubaram" pra platinar e resolvi voltar. Hoje tenho a sensação que deveria ter platinado ele ha mais tempo, tenho certeza que o prazer seria melhor. O jogo tirando o veterano sem morrer nao e tão dificil, ele e chato. Precisa refazer as missões algumas vezes porque as honrarias nao da pra fazer tudo numa jogada, mas enfim, esta platinado e agora vou partir pro Assassins Creed Origins.

 

  • Curtir 15
  • Esplêndido 2

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

#106 Burnout Paradise Remastered (13 dias, 18:42:54)

 

full-trophy_0.png

 

D4mQvvGWkAAtiAf?format=jpg&name=large

 

Ainda colocando as minhas platinas em dia, mas vamos lá que uma hora eu termino.

 

Aproveitando uma promoção eu comprei esse jogo que todo mundo fala. E o jogo corresponde à reputação que tem. É muito divertido, trilha sonora que beira à perfeição e muitas batidas de carro.

 

Quanto à dificuldade, é um jogo bem tranquilo de se platinar. Estranhei um pouco no começo, ainda mais sem um medidor de velocidade, um GPS pouco intuitivo, mas me acostumei rápido.

  • Curtir 14
  • Esplêndido 2

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Platina #292 - Sniper Ghost Warrior 3 - :platinum: I Am More

 

full-trophy_0.png

 

Temos um jogo FPS focado no stealth. O enredo é bom, previsível, e com um final bosta. Jogabilidade boa, mas com demora no tempo de resposta de certos comandos. Belos gráficos, boa trilha sonora, porém ausente. Não havia a necessidade de torná-lo em mundo aberto, aos moldes de Far Cry, por exemplo, mas já que tornou, podemos destacar as várias possibilidades de avançarmos nas missões, o que é natural.

 

Os loadings de três minutos e meio quando vamos entrar no jogo ou quando existe a troca de mapas, é completamente ridículo. O jogo chegou a "crashar" duas vezes, mas, por via das dúvidas, estava frequentemente fazendo backup do save, além de um bug ou outro, como ficar preso entre rochas do cenário ou o personagem segurar a arma invisível. 

 

Em relação à platina, tudo é muito fácil. Temos que zerar o jogo, pegar todos os coletáveis, pegar/desbloquear todas as armas e comprá-las, completar todas as sidequests, eliminar todos os alvos da lista dos mais procurados, completar pontos de interesse, além de mais alguns troféus específicos de combate e outras ações. Tudo vem naturalmente quando iremos atrás do 100% dentro do jogo. Destaco, também, que nenhum troféu bugou pra mim, jogando na última atualização: 1.09, apenas tive que me preocupar com um dos troféus das sidequests, do qual tornou-se perdível com esta atualização.

 

Ainda aproveitei para jogar as duas DLCs do jogo, as quais não têm troféus. A primeira, The Escape of Lydia, na qual jogamos com ela própria, completamos em 30 minutos, uma vez que possui somente duas missões. A segunda, The Sabotage, já é mais bem feita, mas não chega nem a três horas de duração, possuindo cinco missões principais, duas secundárias e três novos alvos para a lista dos mais procurados. Nela jogamos com Robert, o irmão do Jon, e o enredo nos conta o ponto de vista dele, uma vez que fora capturado. Vale destacar que a dificuldade é maior que a do jogo base, mesmo jogando no normal. Também tentei me aventurar no multiplayer, mas não existe ninguém jogando.

 

Nota do jogo: 6.5/10
Dificuldade da platina: 2/10
Tempo: 23-25 horas
Aprovado? Sim. Bom jogo, mas claramente faltou um "algo a mais", coisa que o antecessor teve e que é, disparado, o melhor da trilogia.

  • Curtir 17

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

#71 - Blasphemous

 

full-trophy_0.png

 

Mais um metroidvania para a coleção de platinas! Esse com certeza está entre os melhores desse gênero que joguei recentemente, ficando atrás apenas de Hollow Knight. O jogo tem uma pixel art muito bem feita, os comandos são bem fluidos e o level design e temática são fantásticos!

Como todo metroidvania, a primeira vez que jogamos ficamos meio perdidos sem saber qual mapa visitar primeiro e o tempo de gameplay acaba sendo um pouco alto, mas depois se repetimos a jogatina o tempo acaba caindo pela metade. Diferente da maioria dos jogos desse estilo, aqui você não vai liberar habilidades para o personagem acessar novas áreas (nada de pulo duplo!), mas conseguirá relíquias que mudam algumas coisas nos mapas que te darão os acessos necessários. Todas estas relíquias são opcionais, você conseguirá zerar o jogo sem pegar nenhuma delas se quiser, mas não conseguirá a maioria das magias e acessórios que valem a pena, o que dificultará bastante sua vida.

Para a platina é necessária pelo menos uma jogada completa e uns 75% da segunda. Na primeira, o objetivo será completar o 100% do jogo e completar uma quest específica do jeito bom (esse é o único fator que pode impedir seu 100% caso a quest seja feita do jeito ruim, pois assim você não ganhará uma das preces necessárias para o 100% e terá que pegar em outra jogada), e na segunda serão feitos os troféu de speedrun até a metade do jogo e de fazer com que dois NPC's se encontrem em um ponto específico do mapa. Um outro fator que é bom observar é que, caso você faça os pré-requisitos para o final A, você bloqueia o final B, portanto é bom zerar o jogo com o final B, e então voltar do último checkpoint antes do chefe final e fazer o que falta para conseguir os dois finais na mesma jogada.

O jogo em si possui uma dificuldade bem equilibrada e um conteúdo bom, apesar de não ser tão comprido. Para os que adoram metroidvania assim como eu, com certeza vale a pena ter essa platina!

 

Nota Pessoal: 9/10

  • Curtir 13

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Bem, hora de voltar a postar as platinas que consegui nesse meio tempo! Para não fazer posts gigantescos, vou fazendo um jogo por vez, beleza?
Persona 5

full-trophy_0.png

Tinha o jogo físico há mais de um ano, mas com os rumores que viriam uma revisão do jogo (que acabou se tornando o Persona 5 Royal) resolvi correr e platinar o jogo que eu tinha na gaveta.
Foi meu primeiro Persona desde que desisti de jogar o remake do primeiro pro PSP e rapaz, que experiência! Não só como RPG, mas para qualquer um que tivesse curiosidade em conhecer a rotina urbana de Tokyo é o título definitivo. Eu nunca joguei um jogo tão ESTILOSO em tantos aspectos quanto esse. A história dele é incrível e todos os membros dos Phantom Thieves são muito interessantes. Ele não é só flores e mostra as facetas mais podres da sociedade japonesa sem medo de ser feliz. Joguei o jogo todo jogando na dificuldade Safe (praticamente não é possível morrer jogando nela) e fui bem tranquilo no geral.

Para platinar, ou você segue o guia do gamefaqs que há no Guia aqui do site, ou se prepare para catar o que deixar para trás no NG+. Eu fiquei com medo do quão pressionado pela passagem do tempo eu ficaria, mas foi até tranquilo.
O problema maior é que eu fiz cagada com os Requests do Mishima e deixei um passar. Conclusão? precisei rejogar o jogo inteiro ATÉ O MÊS DE DEZEMBRO para conseguir todos os requests e assim a platina.

Um jogo realmente incrível e mais do que recomendado. Procurem pegar a versão Royal assim que sair, mas eu com mais de 100 horas acho que já joguei o suficiente por hora.

  • Curtir 16

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

spacer.png

FarCry 5

#Platina37

 

Que saudade de postar nessa parte..de vez em quando apareço..e dessa vez para falar desse jogão da franquia que sempre me agradou..não tive a oportunidade de jogar alguns dos seus títulos..mas este posso dizer que foi bem feito hein ?! Se for colocar em ordem dos que mais gostei esse ficaria em primeiro junto ao 3, depois o 4 e o Blood Dragon..achei os gráficos muito bons..a história bem contada..os personagens foram na medida certa..a opção de armas de aluguel facilita muito aqui e foi uma ótima opção da Ubi..e jogar com o Hurk é top rsrs...o mapa não é tão grande..pra mim do tamanho certo..e separando por regiões dos bosses..não tem muito coletável graças a deus (5 coletáveis)..enfim muito legal pra quem ainda não teve a oportunidade..acho que superou o 3 no sentido dos gráficos, mecanismos etc..o que pega no 3 é o vilão..e acho que pegaram um pouco do Vaas aqui também..um boss meio doido e fanático ao mesmo tempo, e que faz de tudo pra levar os habitantes de Hope County para seu lado..sobre a platina é tranquila mas sempre tem um trofeuzinho que da trabalho..e não digo de dificuldade mas sim de tempo..cito aqui o modo Arcade mas que com boost ajuda..e na campanha fazer todas as caças e conseguir todas as varas de pesca..o resto é bem tranquilo mesmo..jogo muito bacana mas segue o mesmo estilo dos demais títulos com boas melhorias..deixo aqui meu agradecimento ao amigo @ph_neutro_keeler pelo empréstimo e paciência..pois permitiu que eu ficasse com o jogo até a platina que demorou exatamente 94 dias rsrsrsrsrs..e alguns pessoas pelo boost do Arcade e Missão em coop mas que não são daqui do fórum..e é isso..Nota 4/5

 

"Eu sou seu pai. E você é meu filho"

  • Curtir 16

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Visitante
Responder a este tópico

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


×
×
  • Criar Novo...