Ir para conteúdo

Elton_EDF

Trophy Hunter
  • Total de itens

    1.801
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

907 Platina

Sobre Elton_EDF

  • Rank
    Im not in Danger, I am the Danger

Informações Pessoais

  • Nome
    Elton D. Freitas
  • Idade
    Fortaleza - Ce

Últimos Visitantes

9.079 visualizações
  1. Completei todo o triunfo do ano 1, e até "ganhei" o direito de adquirir a camiseta (que é até bacana, mas com tá em dólar acaba saindo muito caro), mas esse ano 2 vou deixar passar, acredito que só volto pro Destiny 2 em setembro com a DLC nova.
  2. Bloodstained: Ritual of the Night Confesso que tava meio receoso quanto ao game, mas depois de jogar algumas horas já é possível constatar que o jogo é muito bom. Não tá no mesmo nível de SotN ou mesmo de Aria/Dawn of Sorrow, mas tá bem próximo disso e, sem dúvida, será o melhor e mais próximo que teremos de jogos nesse estilo. Bloodstained RotN conseguiu mesclar diversas mecânicas divertidas de jogos da franquia Castlevania, Miriam é capaz de absorver fragmentos com poderes dos inimigos (assim como Soma era capaz de absorver as almas dos inimigos), falho engano são 4 categorias de fragmentos e o destaque maior vai para os amarelos (passivos), pois uma vez que um fragmento passivo esteja completamente upado não será necessário que o mesmo fique equipado, já que ele será "englobado" as habilidades de Miriam, ou seja, ela é ainda mais OP do que o Soma! A protagonista tbm é capaz de executar movimentos especiais com cada tipo de arma que esteja equipado, assim como o Alucard (E o arsenal é bem grande: katanas, greatsword, chicotes, espada, lanças, botas, armas de fogo, etc.). O castelo é grande e diversas áreas são claramente inspiradas no castelo de SotN, assim como diversas músicas do OST de RotN. Quanto a lista de troféus, a platina é bem tranquila, acredito que existem apenas 2 troféus perdíveis (referente aos finais ruins), certamente os troféus mais trabalhos são: completar a lista de inimigos (tem um inimigo secreto no trem, inimigo 44), completar 100% do mapa (diferente de outros jogos não existe nenhuma passagem que exija algum truque para acessar, ou seja, basta quebrar as paredes) e completar 100% da lista de itens (Isso inclui: armas, consumíveis, fragmentos, armaduras, acessórios, etc.), esse último é o mais trabalhoso e que consumirá mais tempo. (Existem medalhas dentro do jogo por vencer cada boss sem tomar dano, graças aos céus essas medalhas não são necessárias para completar). Enfim, no geral o jogo é muito divertido e obrigatório para os fãs de Castlevania, mas o preço tá bem elevado, R$ 50 ou R$ 60 tá muito bem pago. Você levará de 12 à 15 horas para finalizar e de 20 à 30 horas para platinar.
  3. Acredito que esses trajes serão gratuitos, assim como outros que foram adicionados anteriormente. Pra falar a verdade, fora as 3 DLCs do passe, mais nenhum outro conteúdo pago foi anunciado para o game, e acho que nem vai. Sendo assim, já dá pra comprar numa promoção.
  4. Era o esperado, ano que vem vai ser o final do ano 3 de Destiny 2. Vamos vê como será um novo jogo sem qualquer influência da Activision. Quanto ao Destiny 2, seu lançamento foi melhor do que o primeiro, mas depois o negócio desandou. O principal problema de Destiny 2 são esses malditos Passes de Temporadas. A DLC Renegados é perfeita, tão boa quanto foi a TTK pro Destiny 1, mas as outras DLCs do passe não justificam o preço. Com essa nova DLC vai vir outro Passe de Temporada, sinceramente não acho ruim cobrar por uma DLC que adiciona bastante conteúdo (Como é o caso de Renegados e provavelmente vai ser o da Fortaleza das Sombras), mas a Bungie poderia esquecer esse lance de passe de temporada e lançar essas outras DLC menores de forma gratuita pra quem comprou a DLC principal, e pra compensar colocava nossos itens cosmésticos exclusivos no Eveverso e tentaria lucrar por lá.
  5. Platinei esses dias, ótimo jogo...apesar de não tá no mesmo nível de SotN ou Aria/Dawn of Sorrow, é o mais próximo que temos nessa geração. Curioso pra saber como será esse modo PvP.
  6. Esse Thronebreaker tá chamando minha atenção, mas ainda tá caro.
  7. Testei ele na BGS de 2015, falho engano. O visual já era bem parecido com o do trailer, mas a jogabilidade era um pouco travada, espero que tenha melhorado.
  8. Depois dessa versão "final" voltei a jogar esses dias, mas tinha jogado bastante no beta, quando ainda tinha 3 opções de posições para cada jogador colocar as cartas. Já iniciei esse novo Gwent com o último patch e diversos troféus básicos não tão desbloqueando =/
  9. Alguém mais tá tendo problema pra liberar diversos troféus? De cabeça lembro que os troféus de: chegar em determinado level, completar 3 partidas online, jogar uma partida rankeada, vencer uma partida online com 50 ou mais pontos, jogar o modo arena, ter 3 vitórias seguidas no modo online, vencer com duas cartas sobrando, enfim....deve ter mais, eles simplesmente não tão caindo pra mim, bem desanimador. Já tentei algumas coisas que vi nesse fórum gringo mas mesmo assim não serviu. A teve outros troféus que ganhei bem depois de ter cumprido o pre-requisito do mesmo, tá foda.
  10. Sei que não vai ter nessa primeira temporada, mas a pergunta que não quer calar: E o lance da casa de libra como é que fica? :nuss:
  11. Sinceramente fiquei impressionado do GoW ter vencido, longe de não ter curtido o jogo (muito pelo contrário, achei simplesmente sensacional), fora que também nem joguei o RDR2, mas quem acompanha sabe que o jogo fez e tá fazendo bastante sucesso. O lance todo é que essa premiação nunca foi muito coerente, fora que depois do TLoU ter perdido em 2013 pro GTA 5 e do Uncharted 4 ter perdido pro Overwatch em 2016, pra mim já era certo que RDR 2 levaria, enfim, foi uma grata surpresa.
  12. o troféu "Lest Ye Be Judged" já tá disponível novamente, basta ir falar com o Xûr :porque: Destiny 2 está oficialmente planitável!
  13. Castlevania Requiem: Symphony of the Night & Rondo of Blood Bem, os dois jogos dispensam apresentações. Esse collection é bem simples, basicamente emula os dois jogos, porém o que o torna tão único é que esses dois jogos estão certamente entre os cinco melhores jogos da franquia, na minha opinião. Se você (assim como eu) só jogou Dracula X, se prepare pois o Rondo of Blood é muito melhor. A versão do Symphony of the Night é um pouco diferente daquela versão mais conhecida do PS1, nesta versão temos os dois familiares extras que existiam na versão japonesa do jogo, a fada mais OP e o demônio com máscara. Além disso, temos que enfrentar a Maria como um dos bosses do jogo, ela testa a força de Alucard antes de entregar o Holy Glasses. Infelizmente a dublagem americana não é aquela clássica, tanto as vozes quanto os diálogos são diferentes, então se você esperava ouvir "Die monster, you don't belong in this world" pode desistir. No que diz respeito à lista de troféus não tenho do que reclamar, os troféus foram feitos para você aproveitar o máximo dos dois jogos, exigindo que você complete 100% do Rondo of Blood e 200.6% do SotN. Existe apenas um troféu perdível (No SotN, temos que matar Richter e fazer o final "falso") e não tem nenhum troféu sem noção ou exageradamente difícil, como por exemplo: terminar todo as fases do Rondo of Blood com o bônus "No Damage", embora o troféu de comprar o item duplicador no SotN possa demorar um pouco, já que temos que ter 500k de gold (e o glitch do familiar espada não funciona nesta versão). No geral, os troféus são bem de boa. Pra finalizar, o nome do troféu de platina não poderia ser melhor, simplesmente perfeito: A Miserable Little Pile of Secrets. Bem que poderia sair um collection nesse mesmo estilo com os jogos Aria of Sorrow e Dawn of Sorrow, seria um sonho.
  14. Não sei por quanto tempo o Powerpyx jogou, mas o cara é um platinador experiente, então se ele estimou 200h pros troféus offline, acho que será algo próximo disso (160h ou 180h, talvez). Fora que os troféus online ainda vão adicionar mais um tempinho ai.
  15. Ficou muito boa essa lista de troféus, vai dá pra curtir bastante os dois jogos.
×
×
  • Criar Novo...