Ir para conteúdo
FBanin

[PODE TER SPOILERS] Bate papo sobe a série Assassin's Creed

Recommended Posts

agora a minha teoria pra piorar o mindfuck.

desmond descende de ezio, altair e connor; connor talvez descenda de um cruzamento das linhagens dos outros 2... altair e ezio descendem de adao e eva (os que roubaram a maça e fugiram do paraiso. no jogo, é citado que adao era igual ao desmond).
isso explicaria porque ezio e altair tem a mesma face. ambos descendem dos filhos de adao e eva.

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Exato, mas era so para deixar isso bem claro porque muita gente pensa que o Altair e o Ezio estão ligados um ao outro. Eu mesmo pensava isso, mas so me apercebi quando comecei a jogar o Brotherhood.

 

FBanin, O Subject 16 era descendente do Ezio - http://assassinscreed.wikia.com/wiki/Clay_Kaczmarek  (a parte do Infiltrating Abstergo, 3ª paragrafo)

 

Juntamente com o que eu disse no post anterior, podemos dizer que o Clay era descendente do Ezio e do Altair. Pode nao ser do Connor, pois tal como tambem mencionei anteriormente, o Ezio teve outros filhos porque ele gostava muito de meninas, e apenas um dos descendentes do Ezio se cruzou com a familia Kenway. E como o Desmond é descendente do Altair, Ezio e Connor, eu penso que o Clay nao é descendente do Connor, apenas do Ezio e do Altair.

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

quanto ao 16, ele descende de ezio.
em AC2 mostra no animus a comparaçao do DNA dele com desmond e encontram um antepassado em comum: o ezio.
alem do mais, o proprio 16 (ou o programa que o representa) conta ao desmond em Revelations que os dois tem o ezio em comum

  • Curtir 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Segundo o que eu ouvi, o jogador é que vai ser o descendente no AC IV. Nao vao criar uma personagem especifica para viver as memorias no Animus.

 

Tia_Fenix, eu ja tinha mencionado que o Connor é fruto do cruzamento de alguem da linhagem Ezio e da linhagem do Altair. Citando-me a mim proprio:

 

O mesmo se aplica para a familia Kenway. Eles provavelmente nao sao descendentes nem do Ezio nem do Altair. A linhagem do Ezio + linhagem do Altair deve-se ter cruzado com a familia Kenway, e isso explica porque e que o Desmond esta relacionado com o Connor, o Haytham, etc.

 

 

 

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

bom vamos lá, cheguei no bonde andando. Primeiramente, bote expiatório seria um barco de espião? tipo submarino? :hehe:

:hehe:

 

Segundo o que eu ouvi, o jogador é que vai ser o descendente no AC IV. Nao vao criar uma personagem especifica para viver as memorias no Animus.

 

Tia_Fenix, eu ja tinha mencionado que o Connor é fruto do cruzamento de alguem da linhagem Ezio e da linhagem do Altair. Citando-me a mim proprio:

 

O mesmo se aplica para a familia Kenway. Eles provavelmente nao sao descendentes nem do Ezio nem do Altair. A linhagem do Ezio + linhagem do Altair deve-se ter cruzado com a familia Kenway, e isso explica porque e que o Desmond esta relacionado com o Connor, o Haytham, etc.

Vai ser estranho..... o.O.

 

Só se for algo do tipo... a história ser a mesma pra todos, e você poder customizar só o perfil, aí até vai!

Por mais desnecessário que eu ache isso.

  • Curtir 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Após dois dias fora do tópico voltei para comentar.

 

Vou fazer um resumo de tudo que foi dito, expressando o que penso de tudo que foi falado e esclarecendo mais algumas coisas aqui.

 

1ª Para mim não existe um jogo melhor que o outro, realizar uma análise de AC, deve ser feita de forma que não se misture as histórias. Cada personagem tem seu tempo. Comparar um jogo pelo progresso e evolução é uma coisa, a história deve ser analisada de forma separada. Pois comparar um jogo que saiu em 2007 com os demais que saíram 2009,2010,2011 e 2012 não faz sentido.

 

Minha opinião - Melhor da Série - AC Brother Hood

 

Minha opinião - Melhor História - AC II

 

Minha opinião - Melhor Desenvoltura - AC 2

 

Minha opinião - Melhor História - DLC The Lost Archive somada com Level 50 do Multi player do Revelations.

 

Minha opinião - Melhor Trilha Sonora - AC 2

 

Minha opinião - Melhores Gráficos - AC3 (Mesmo com bug's o jogo é muito bem forjado com a havok Engine)

 

Certo essa é minha opinião sobre a série.

 

2ª Personagens:

 

1ª Altaïr Ibn-La'Ahad - Não tem por onde começar a falar de Altair, Ele simplesmente é o primeiro assassino com que você tem contato, você volta no tempo na era das cruzadas, tema religioso super discutido que é cativante. Altair como citado acima foi o estopim da série, mostrando toda uma história por trás da cruzada. Altair para mim era um cara arrogante, mais com sua arrogância ele consegue conquistar a qualquer um, pois o modo como ele trata seus inimigos, o modo como conversa, mantendo sempre seu capuz e ignorando as coisas pequenas, tornam ele um personagem com carisma e te faz querer jogar mesmo sendo repetitivamente as mesmas coisas. Altair carregou muitos fardos na suas vida, primeiro entrar para irmandade tão cedo, segundo saber da morte de seu pai e ver o pai de seu melhor amigo se matar na sua frente pedindo desculpas por ter deixado seu pai morrer, a morte de seu filho progenitário, e logo em seguida da sua esposa, assumir a irmandade durante o caos da cruzada, ser banido da irmandade pelo seu amigo, retornar com os conhecimentos e reerguer a irmandade, pô se for ficar falando os feito e acontecimentos, não vai ter fim, Altair é um personagem muito marcante.

 

2ª Ezio Auditore da Firenze - Por onde começar, bom vamos pelo 2, playboy e estudante, vida fácil, dinheiro, namorada, diversões e tal'z. Um acontecimento trágico tira de uma vez seu pai e seus dois irmãos, sem experiência nenhuma recorre a várias pessoas que se dizem amigos de seus pais, cresce, aprende, se desenvolve, descobre coisas do passado de sua família e sua herança histórica. Parte em busca de vingança pela sua família e todos os lesados pela ignorância dos templários. Descobre que existem aliados fortes e se junta a todos para que o grande segredo do mundo não caia em mãos erradas. Derrotá seu maior inimigo possando um elemento na qual ainda não intende o seu poder e seu significado e fica sem entender o que acontece pois ainda não sabe que é só um profeta, e que apenas está ali para passar uma mensagem. Retorna para Forlí para ajudar sua amiga e acaba perdendo seu elemento poderoso. Volta para Florença, onde em meio ao caos perde sua amada. Se levanta pois com a ajuda de seus aliados consegue chegar ao malfeitor de tudo. Ao não deixar seu segundo inimigo morrer pelas chamas, mostra-se maduro e recita frases de expressão para o povo, mostrando que todos tem direito a tudo, mais nem tudo está disponível para todos.

 

ACB - Retomando de onde havia parado, inicia-se sem entender nada, volta para sua Villa, mostrando que tudo que conquistou durante sua maturidade valeu apena, reconhecimento de todos ao ver sua imagem em pessoa num lugar onde será muito bem recebido. Após momentos muito relevantes para história por não ter matado seu maior inimigo, não esperava que nada de ruim fosse acontecer, mais acontece e muito tragicamente, a perda de seu tio, seu mestre, o que lhe mostrou tudo o que ele não sabia, o deixa sem rumo. É levado para Roma, o verdadeiro ninho dos templários na era em questão, chega sabendo que não existem mais aliados, que a irmandade havia se desfeito, mais por ser um personagem que não liga para a situação, mostra que está disposto a reerguer tudo o que foi destruído pelos templários. Consegue reunir as partições e iniciar a quebra na estrutura da fonte templária. Com aliados antigos juntos, resolve trazer aqueles cidadãos que são punidos injustamente pela cidade para perto de si, mostrando que existe sim a possibilidade de crescer e se mostrar soberano sobre os templários. Por fim resolve estudar seu tão precioso elemento, que lhe mostrará segredos do seu passado e lhe ajudará a entender seu futuro. No auge da indecência religiosa da época vivida, derrota seu inimigo número um, mais ainda existe um perigo eminente na qual ainda não conseguiu realizar sua vingança pessoal. Parte para mais uma viajem na qual não sabe se voltará, mais traz com sigo toda a experiência de comandar e liderar toda uma irmandade e por fim derrota seu inimigo, não deixando espaço para a tirania dos templários. Retorna a Roma onde após muitos anos em posse do seu objeto precioso, resolve deixar escondido em um lugar onde ninguém mais poderá acessar, para que a humanidade não sofra mais.

 

ACR - Após muitos anos, Ezio resolve descobrir sobre o seu passado e parte para onde tudo começou, para entender o que realmente seu pai queria e para que realmente ele serve em toda essa história. Chegando ao local onde a irmandade se ergueu, percebe que não há mais ninguém além dele próprio. Mais descobre pista de chaves sobre uma biblioteca onde sue ancestral havia dito ter todo o conhecimento do mundo. Com as pista em mão parte para Constantinopla, que por sua vez tem suas irmandades espalhadas pela cidade. Com sua chegada muitos já esperavam mudanças em pouco tempo, e com toda sua experiência em combate, mostra-se mais uma vez o porque de ser considerado mestre assassino. Ezio consegue recuperar todas as chaves, mais vê todo o império bizantino atrás de si, por vez conhece uma mulher na qual acompanhará até o fim de sua vida. Volta para o centro da irmandade assassina e finalmente entende qual era seu propósito e transmite sua mensagem no tempo, para seu futuro astral. Após todos os acontecimentos, renuncia toda sua vida como assassino e retorna para sua cidade natal, onde vive até o final dos seus dias, deixando de herança para seus filhos toda a história de sua vida escrita em cartas.

 

AC3 - Connor Kenway - Filho de uma mistura de raças, nasce e cresce como um menino normal para sua tribo, vê sua mãe morrendo aos 5 anos de idade, e sem poder fazer nada. Cresce mais, desenvolve habilidades e sempre disposto a fazer o melhor para sua "Familía". Traz consigo as responsabilidades de sua tribo para manter sempre bem a todos que ali vivem. Mais sabe que ali não é seu lugar, pelo menos não mais. Então sai a procura do sentido que lhe foi proposto e descobre que não sabia nada sobre a vida e a maldade das pessoas. Aprende muito com seu mestre, e descobre que seu maior inimigo, é seu próprio pai. Por um tempo trabalham juntos mais quando descobre que tudo que está sendo feito é apenas para "Um Bem Maior" ele desiste e jura vingança a todos aqueles que o traíram. Partindo para sua jornada solo, conhece mais pessoas na qual ele ajudá e sabe que será ajudado posteriormente. Não tão bem representado pela irmandade assassina, mais com caráter de alguém que toma as decisões certas nos momentos certos.

 

Esses são meu pensamentos e passagens de algumas histórias decorrentes de seus personagens em cada tempo de cada jogo.

 

3ª Cronologia:

 

AC: Cruzadas

AC 2: Renascença

ACB: Revolução Papal

ACR: Imperialismo Otomano

AC3: Revolução Americana

 

Enfoque para os filmes "A Cruzada" e "O Patriota".

 

4ª Só alguns detalhes que vou acrescentar aqui relacionados a alguns temas citados acima.

 

Animus do AC - é o Animus 1.28, primitivo, mais já havia passado por 28 atualizações.

 

Altair e Maria - Se casaram e tiveram filhos

 

Ezio fez filhos no mundo inteiro - Mais se casou com Sofia e tiveram filhos.

 

Connor - Em conversas com a assassina de Ney York, tem um trecho onde ela diz se um dia ele pensa em casar, ele responde se um dia eu abandonar isso eu te avisarei.

 

Detalhes que possam ter passado despercebidos.

 

Filho de Altair, semelhança com Clay - Subject 16

 

AltairAndDarim.png

 

Então as linhagens se cruzavam a mais tempo do que possamos imaginar.

 

Se existiram 17 cobaias, possivelmente todos teriam descendência de alguma forma.

 

Acho que o que eu disse aqui vai gerar comentários para mais uns dois dias, kkk, mais vou estar presente.



Todas as dúvidas do Connor serão sanadas no próximo jogo, eu já o renegado e digo, muita coisa que está no livro não está no jogo.

  • Curtir 2

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Mas uma pergunta..... Os livros são dos produtores do jogo, ou apenas um escritor que quis fazer uma homenagem à série???

Porque se existem coisas nos livros que não estão no jogo, se forem canônicas beleza... senão leva a ter um pensamento errado sobre alguns eventos...

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

O livro é baseado no jogo, mais apenas os momentos históricos, nenhuma menção ao presente é feita nele.

 

Anton.jpg

 

Oliver Bowden pseudônimo de Anton Gill

 

Oliver Bowden escreveu várias adaptações literárias da série Assassin's Creed. Estudou em Chigwell Scholl e no Clare College, antes de tornar-se escritor, trabalhou em teatros, especialmente no Royal Cort Theatre em Londres, no Conselho de Artes e na emissora de televisão BBC. 

 

Possui uma vasta gama de obras publicadas no âmbito histórico e especializou-se em História Renascentista. 
 

É interessante notar que o nome de Oliver Bowden é um pseudônimo adotado pelo autor a fim de esconder sua verdadeira identidade, no entanto, sua profissão e localização são precisas.

De acordo com entrevista de Bowden com a UbiWorkshop, ele é um ávido jogador e ganha muito de sua inspiração para o desenvolvimento do personagem ao longo do processo de composição jogando a série Assassins Creed.

 

Quer dizer - Assassin's Creed os livros são um romance, baseado no jogo, só que sem a parte do presente.

  • Curtir 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Não tive tempo ainda, minha esposa me deu, vou ver se leio essa semana. Mais pode fazer seus devidos spoilers, já que aki é pra isso :)

  • Curtir 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Não tive tempo ainda, minha esposa me deu, vou ver se leio essa semana. Mais pode fazer seus devidos spoilers, já que aki é pra isso :)

 Na vdd eu também ainda não li.

Era mais curiosidade, pra saber o que achou.

Já que, pra mim, os 2 primeiros ( Renascença e Irmandade ) foram bem fracos, por ser o jogo narrado, já o Renegado e Cruzada Secreta, gostei bem mais, pois mesmo tendo a mesma característica que os outros 2, eles tem vários e até importantes detalhes a mais.

Já o Revelações me preocupa, pois tudo que o jogo tinha de revelações, tinha ve com o Altaïr ( que já foram contados no Cruzada Secreta ) e com o Desmond & cia, mas o mesmo nem aparece no livro, então, tenho receio de ele ser fraco, por que, possivelmente não terá nada de " Revelações ", portanto tenho a dúvida do que vão usar pra tapar esse " buraco " ( quem sabe, usar o AC Embers ), pro livro não fica com aquele tom de incompleto.

 

 

P.S.: Agora que você citou o diálogo com a assassina, sobre casamento.

Você me lembrou, que durante esses diálogos, geralmente tem algo interessante no meio!

Como isso, e também que um dos assassinos ( não lembro qual ), durante uma das conversas, ele revela que ele que era aquela criança do início do jogo, que ve o Haytham, logo após ele matar aquele cara na ópera ( e aquele cara, se bem me lembro era seu tio ).

  • Curtir 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Isso mesmo, ele era o garotinho no auditório.

 

Uma outra curiosidade que esqueci de mencionar.

 

O livro Revelações, não iria ser lançado no brasil, no caso a cruzada secreta seria seu substituto, porém devido a tantas queixas de leitores brasileiros (BURROS) resolverão fazer, estou com o mesmo medo que você, mais irei ler com o maior carinho pois até aqui gostei bastante da série, o Renegado é massa de mais com os spin off's dele. Acho que já é mais para contar as pontas soltas do AC3 que será feito com o Black Flag.

  • Curtir 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Isso mesmo, ele era o garotinho no auditório.

 

Uma outra curiosidade que esqueci de mencionar.

 

O livro Revelações, não iria ser lançado no brasil, no caso a cruzada secreta seria seu substituto, porém devido a tantas queixas de leitores brasileiros (BURROS) resolverão fazer, estou com o mesmo medo que você, mais irei ler com o maior carinho pois até aqui gostei bastante da série, o Renegado é massa de mais com os spin off's dele. Acho que já é mais para contar as pontas soltas do AC3 que será feito com o Black Flag.

Também irei ler por mais com meu pé atrás.

Acho mesmo sobre o Renegado.

Já sobre o Black Flag, o que me preocupa, é de como vão conseguir encaixar isso na " nova trama " que iniciou no final do AC3 e o por que de ele ser um que faz parte da cronologia, e ser numerado e ao mesmo tempo ter um subtítulo, e sobre esse rumor de " você " ser o protagonista do presente.

  • Curtir 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Vou falar o que penso a respeito dessa parte cronológica
 
Somente se terminou AC3:

 

Na minha opinião, acho que com a suposta morte de Desmond (para mim, que não aconteceu), eles mostrariam Subject 16 como o protagonista, nos tempos da Abstergo. Como no caso, a rede Abstergo conseguiu acessar algumas memórias sobre o templo, mais não conseguiram localizar a maçã. Mais isso é outro pensamento, pois a história pode ir para muitos lugares.

  • Curtir 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

 

Vou falar o que penso a respeito dessa parte cronológica

 

Somente se terminou AC3:

 

 

Na minha opinião, acho que com a suposta morte de Desmond (para mim, que não aconteceu), eles mostrariam Subject 16 como o protagonista, nos tempos da Abstergo. Como no caso, a rede Abstergo conseguiu acessar algumas memórias sobre o templo, mais não conseguiram localizar a maçã. Mais isso é outro pensamento, pois a história pode ir para muitos lugares.

 

Também acho que pode acontecer isso, mas:

 

 

 

Igual já disse num outro tópico:

" Como vão ligar essas memórias ao " grupinho " do pai do Desmond ( esqueci o nome hehe ), base de dados do Animus??? "

 

Além de como que a Juno vai agir? Será que vai dar " trégua " pra eles, dando chace de descobrir como derrota-la, visitando memórias?

 

E eu também quero acreditar que o Desmond tá vivo. Mas do jeito que Minerva e Juno falavam que aquilo o mataria, tenho minhas dúvidas se realmente sobreviveu! 

 

 

  • Curtir 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Vi essa imagem a algum tempo e salvei por salvar:


d36c71e19ec81b66e5aea992b0f271c4.jpg

Só refletindo um pouco, isso aqui, fiquei pensando e por mais que pareça insano, lembrei de Matrix. E o que aconteceu com o 16.

Conclui que Pode ser possível que ele esteja dentro do animus como Neo ficou preso dentro da Matrix, no caso como Clay ficou quando perdeu seu corpo.

 

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Eu acho que...

 

 

Desmond morreu mesmo... Depois daquilo, eu acho que era impossivel ele sobreviver. Eu tambem estou muito curioso de como Juno vai agir e como vamos derrota-la... A pergunta é, será que vamos destruir a Abstergo também? Será que é desta vez que os Templários sao extintos de uma vez por todas?

 

E se Assassinos e Abstergo se juntam para derrotar Juno? Acho que isso é improvavel, mas na série Assassins Creed tudo pode acontecer.

 

  • Curtir 3

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Espero que o pessoal não destrua a história da franquia...

Esta tudo virando um bolo gigantesco, cheio de perguntas...

Mas como o pessoal disse, pode ser que eles voltem atrás com a história, na época do Subject 16...

Esse esquema de você ser o protagonista, pode ser visto no Assassins do Vita, pois não existe personagem no presente... É como se a Abstergo vendesse as memórias para você poder vivê-las...

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Assassin's Creed: Revelations era suposto responder às nossas perguntas... Respondeu a algumas mas criou muitas outras :hehe:

Eu tenho a certeza que vão revelar muitas mais coisas no Black Flag.

  • Curtir 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Eu ainda acho que vão colocar a história na epoca que o Subject 16 estava sendo testado na Abstergo. Não teria sentido o jogo levar o IV na capa e ser igual ao Liberation, que foi como se vendesse a memória de Aveline para algum usuário qualquer.

 

Contar como cruzaram o Subject 16 com o Desmond.

  • Curtir 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

                                                                                                                       :popcorm1:

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Acho poderia pegar um novo jogo que irá sair chamado "Watch Dogs", após zerar o jogo, poderia ter uma DLC, com o protagonista do jogo hackiando a abistergo(acho que é assim que se escreve), e assim, trazendo alguns assassinos para o futuro dele, contra um mal em comum, seria foda!

 

Sempre é foda uma mistura de jogos!

Principalmente com grandes franquias!

  • Curtir 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Visitante
Responder a este tópico

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


×
×
  • Criar Novo...