Ir para conteúdo

campeonesOLEOLE

Trophy Hunter
  • Total de itens

    17
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

58 Prata

1 Seguidor

Sobre campeonesOLEOLE

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Um protótipo de melhorias de regras, por favor se alguém quiser comentar possíveis falhas fique à vontade: 7 - Compartilhamento É PROIBIDO O COMPARTILHAMENTO A FIM DE SE CONQUISTAR TROFÉUS. O MYPST CONSIDERA QUE A DISPUTA NO RANKING DEVE SER INDIVIDUALIZADA E EM UM CONSOLE POR VEZ. 7.1 - Como se caracteriza? Quando um usuário empresta sua conta para ser utilizada em outros Consoles PS com o objetivo de conquistar troféus mais rapidamente. São abarcados por essa regra os seguintes casos: A.O que é considerado infração? I. TROFÉUS INTERCALADOS: uma infração de Tipo I ocorre quando o usuário conquista em sequência 3 troféus em 3 jogos diferentes, distando menos de 15 minutos entre si Exemplo: Troféu do Jogo A cai neste instante. Depois de 12 minutos, obtém-se um troféu do Jogo B e após mais 9 minutos, obtém-se troféu do Jogo C. II. TROFÉUS "SANDUÍCHE": uma infração do Tipo II ocorre quando o usuário conquista um troféu entre dois troféus de um mesmo jogo diferente (JogoA -> JogoB -> JogoA), onde o tempo entre o primeiro e segundo troféus é menor que 15 minutos e o mesmo sendo verdadeiro para o tempo entre o segundo e terceiro troféus. Exemplo: Troféu do Jogo A cai neste instante. Depois de 14 minutos obtém-se um troféu do Jogo B e após mais 14 minutos, obtém-se troféu do Jogo C. III. TROFÉUS SEGUIDOS: uma infração do Tipo III é definida quando o usuário conquista dois troféus em seguida em dois jogos diferentes, onde o tempo entre eles é menor que 25 segundos. Exemplo: Troféu do Jogo A cai neste instante. Após 10 segundos obtém-se troféu no Jogo B. B. Quantas infrações são permitidas antes de ocorrer punição? Ao usuário é permitido que apenas 1% de sua conta, no máximo, seja constituída por infrações. Tal quantia de 1% é limitada pela quantia de 500 troféus. São considerados todos os troféus que compõem uma infração na contagem do 1%, ou seja, 3 troféus por infração de Tipos I e II e 2 troféus para infrações do Tipo III. 7.2 - Punição A. Usuário com mais de 1% dos troféus envolvidos em infrações até o limite máximo de 500 troféus: Adquire uma "Tarja Laranja" em seu perfil. Significando remoção do ranking pela regra de compartilhamento. Se a qualquer momento após obter a tarja laranja (ou seja mais de 1%), a porcentagem de troféus envolvidos em infrações cair para menos de 0,5%, o usuário é restaurado aos ranking com Tarja Azul novamente. Reincidir na regra do 1% implica em remoção definitiva sem chances de retorno, recebendo então Tarja Vermelha. Ao atingir a marca de 500 troféus afetados em infrações, a remoção é permanente e direta para a Tarja Vermelha, sem chance de reabilitação através da Tarja Laranja. B. Usuário com mais de 5% dos troféus envolvidos em infrações (com pelo menos 10 mil troféus no total em sua conta): Remoção definitiva dos rankings, sem apelação, direto para a tarja vermelha. C. Consequência de uma única infração, isoladamente: Uma infração de qualquer tipo remove o usuário da disputa dos respectivos ranking semanal, mensal e anual Exemplo: infração detectada em troféus pegos no dia 29/09/2021 implica que o usuário está removido do ranking desta semana em questão, do mês de Setembro de 2021 e também do ranking de 2021, para qualquer uma das modalidades. O usuário não será impedido de participar de rankings subsequentes, desde que não cometa novas infrações Exemplo: continuando o anterior, se uma infração foi pega em 29/09/2021, contanto que novas infrações não sejam cometidas, o usuário poderá participar do ranking semanal da semana subsequente; do mês de Outubro em diante; e do ano de 2022 em diante. Rankings anteriores (desde que livres de infrações) também não são afetados. 7.3 - Sobre exceções às regras A. Sincronização (crossplay/crossave) de troféus desde que todos os troféus do título caiam em sequencia. Quais quer outros casos serão tratados conforme a regra. Justificativas: - A base do que é considerado infração atualmente foi mantida (mas foi expandida, redigida de forma direta e mais clara e também exemplificada) - Tais regras não "liberam o compartilhamento", pelo contrário. Qualquer um que tentar compartilhar será pego com mais facilidade ainda, por conta da facilidade em automatizar tal sistema (eu basicamente já fiz isso com um script que puxa dados do PSNP - lento, para um caramba fazer isso - com acesso à API extra-oficial da PSN ou com um banco de dados como o mypst, é trivial esse tipo de coisa) - O 1% de limite dos troféus como afetados por infrações (até o máximo de 500) coíbe o compartilhamento e/ou jogar em dois consoles simultaneamente, tornando o ranking justo para jogadores individuais, como já é hoje. Ao mesmo tempo que não pune novos usuários que vieram de outros sites sem sequer imaginar que isso poderia ser um problema no mypst. (Um caçado que use save-hack ou CFW para pegar um troféu tem total consciência que está fazendo merda. Alguém que joga Vita durante loadings e matchmakings demorados jamais imaginaria que isso é um problema, isso pode ser testado ao trocar ideia com hunters gringos no PSNP, já citei casualmente essa questão da regra de compartilhamento do mypst com colegas de lá) - O limite de 500 troféus foi baseado no atual limite de 500 troféus com data inválida. Se tal margem já é aberta para troféus que podem potencialmente até mesmo ser frutos de hack, não vejo porque seria um "crime hediondo" ter 500 troféus que constituam uma das infrações acima em uma conta de 50 mil troféus. No final das contas (e no pior dos casos, onde o cara realmente é um compartilhador), qualquer possível vantagem obtida é desprezível e não contaminaria o ranking. - Tarja Laranja: possibilidade de um jogador entender a situação e revertê-la no futuro, parando de jogar simultaneamente em 2 de seus consoles. - Ban direto aos 5%: analisando IDs de figurões conhecidos por compartilhamento no PSNP, bem como outros players já banidos aqui do mypst que se vangloriam de terem vários consoles sobressalentes e botarem a família toda pra pegar troféu ao mesmo tempo, todos eles tinham ao menos 7% de infrações na conta. Hakoom passa dos 10% por muito. 5% é um número bastante restritivo para proteger a competitividade do ranking. - Remoção do usuário com infração dos rankings periódicos: obviamente o usuário não pode guardar uma gordurinha do seu 1% pra spammar com outros amigos e ganhar um ranking mensal com facilidade. Assim, essa remoção automática também protege os ranking periódicos (basta ao menos uma infração, super restritivo também). E no final VANTAGEM PRINCIPAL: - Tais regras não abrem margem para choradeira, ADMs podem focar em analisar questões mais graves como save-hack e correlatos, que com certeza requerem uma análise mais fina da situação e da justificativa do denunciado, pois tais regras acimas prevêm completa automatização do processo. Em nenhum momento seria necessária intervenção de ADM nem análise humana. Também provê maior transparência das razões pelas quais um usuário seria removido do ranking. Ele mesmo poderia acompanhar o estado atual de sua conta e ficar ciente do que NÃO fazer a partir de então.
  2. Creio que qualquer caçador de troféu tem a mínima noção disso. Se a justificativa foi essa, perderam o essencial da questão: coibir que times de caçadores se juntem numa conta à moda do Hakoom e sua trupe dos rankings mais altos mundiais. Mas tudo bem, provavelmente esse tipo de regra foi discutida em 2012, o mundo de hoje seria completamente alienígena nessa época, imagina o "mundo" dos troféus. Mas argumentar uma "desvantagem de poderio econômico" é meio sem noção, pois teríamos que caçar também quem faz autoboost com 2 consoles (imagine cortar um grind online de 100h para 50h, vantagem substancial também). Mas irrelevante, no final das contas. Uma coisa que as regras atuais do mypst fazem muito bem é manter timinhos (que querem aproveitar todos os slots de consoles possíveis para estarem farmando troféus simultaneamente para crescer no ranking artificialmente) fora. Uma coisa que elas fazem muito mal é que qualquer um com meia dúzia de troféus cruzados também será removido do ranking colateralmente. Vejo que você está enviesado pela sua função. Não o culpo, realmente deve ser difícil lidar com os "Gérsons" do mundo dos troféus, que querem crescer a qualquer custo, etc. Só pare de vez em quando para lembrar que não existem apenas hackers ou cheaters nesse nosso universo de caçadores de troféus. Na real, a minoria são. A maioria está aí para se divertir, se desafiar. Pelo menos na minha experiência de MUUUUUITOS boosts já feitos, a esmagadora maioria sempre foi amigável e prestativa. Esse é o verdadeiro mundo dos caçadores de troféus. Não as tretas de fóruns. Falsa simetria completa. Não dá para comparar outras eras dos jogos com hoje em dia por muitos fatores. Primeiro que na época do SNES muitos aqui do fórum eram pirralhos, mal tendo acesso a jogos e etc. Os próprios jogos tinham características diferentes (muitos insanamente difíceis para mascarar serem curtos, outros sem sequer um sistema de save). Fato é que hoje existem jogos mais diversos no que requerem aos jogadores e o sistema de troféus, mesmo bastante desprezado oficialmente (e pela maioria dos gamers da PSN), é relevante para muitos. Vários gamers que hoje são caçadores não fariam 100 mil kills na campanha de um jogo qualquer na era pré-troféu, mas a partir da era trofeleira, isto se torna um objetivo desejável. Caso o grind não seja muito recompensador e um tanto monótono, a tendência de automatização é alta. Então seria estranho questionar alguém que deixaria um controle turbo farmando 100 mil kills durante 100h afk, por estar jogando um Vita ao mesmo tempo (ou até um PS3/PS4/PS5). A ótica correta não é imaginar que é um dos "Gérsons" querendo levar vantagem em tudo. NÃO! Se alguém pensa assim, provavelmente foi contaminado pela função de julgador (é comum entre detetives/investigadores/juízes e afins). Enfim, o cara que farma afk é joga outra coisa simultaneamente simplesmente quer maximizar seu finito tempo de jogatina. Precisamos lembra que o tempo é o bem mais precioso no final das contas. Confesso já ter pagado 100 reais em micro-transações para cortar 100h de grind em um ou outro jogo online. Alguns irão achar um absurdo, outros entenderão que se você tem 100 pila sobrando e consegue produzir 100h adicionais com isso, seria um "no-brainer". Enfim, cada um é cada um. Bom você poderia ter citado tudo que escrevi nessa thread e identificar meu esforço para melhorar a comunidade, mas preferiu olhar o lado negativo da coisa (novamente o viés comum em julgadores). Tenho nada a ver com a situação, não estou banido e vim aqui defender mais um caso de ban, que na minha ótica pode ser otimizado. Mostrei dados completos, argumentei, justifiquei. Se isso não é uma proposta para melhorar a comunidade, não sei o que é. Não é esse o ponto proposto. Não há dificuldade em seguir regras, é simplesmente o fato que a maioria da comunidade de caçadores desconhece as regras do mypst a fundo (lembrem de pensar fora do próprio umbigo: o mypst não é nem de perto o site mais importante para os caçadores de troféus brasileiros). "Ah mas as regras estão lá, só ler". Já viu como são confusas? Durante essa minha jornada nos últimos dias, e discutindo melhorias com o @WerneyPark no privado, pude perceber que ninguém tem certeza do que é "troféu intercalado". O que é "troféu seguido"? O que é "abuso"? Por que as regras cospem 300 mil condições, quando todas podem ser simplificadas em poucas condições que abracem as 300 mil dentro de uma menor quantidade? Por que não há exemplos nas regras? "Exemplo: os 3 troféus abaixo, com tais timestamps configuram troféus intercalados". Outro ponto: na minha coleta de dados, quase metade do ranking do top 100 do ranking de PDM tem ao menos uma infração. Ainda não divulguei, mas terminei a coleta de dados do ranking geral, quase 80% tem ao menos uma infração. Seriam todos hackers? Seriam todos compartilhadores? Seriam todos Gérsons querendo levar vantagem em tudo? Ou será que em algum momento podemos simplesmente ter a humildade de reconhecer que talvez as regras não estejam bem ajustadas? "Ah mas já faz 10 anos que são assim". Pode ser que seja a primeira vez que alguém rodou um script em 10 anos, não importa. A partir de agora as falhas foram expostas (com dados e argumentos, nenhuma choradeira) por mim. Podemos usar essa oportunidade para aprendizado e buscar melhorias constantes, ou assumir que "tudo que tem hoje tá bom, deixa assim". Honestamente, com as regras atuais, seria bom ter mais umas 10 ou 20 pessoas para ajudar. Enfim, acho que já "resumi" bem boa parte da argumentação. Se isso for classificado como "choradeira" só tenho a lamentar que não cumpriu o potencial que poderia ter tido. Irei postar abaixo um protótipo de regra que eu elaborei e explicar suas vantagens e especificidades. As desvantagens do sistema atual já estão bem expostas aqui neste post e anteriores meus. Se quiserem posso tratar e divulgar publicamente aqui também as estatísticas do que encontrei no ranking Geral também, mas nem me sinto tão compelido, já seria bater num oponente nocauteado.
  3. Se precisarem de ajuda com qualquer dado que eu tenha coletado, pode me chamar no PV mesmo que eu envio. Além disso, os dados estão bem tratados e estruturados, se precisarem de qualquer consulta adicional, será bem simples e instantâneo de obter, me coloco à disposição.
  4. Creio que não foi alterado pois para a postagem anterior eu chequei as regras e o FAQ e ainda consta lá. Nem acho que deva ser alterado, seria mais bizarro ainda banir alguém que tem troféus com Missing Timestamps, pois pode ser tanto um hacker de fato ou alguém que joga na mesma conta desde 2008, tendo conectado na PSN só algum tempo depois. Agora vamos ao que interessa: Estatísticas do Top 100 do Ranking de PDM 97 usuários estão cadastrados no PSNP, enquanto 3 foram pediram para serem removidos. Sendo assim, irei analisar os 97 no total. Dos 97 usuários analisados, 46 possuem ao menos uma infração. Sim, se a regra for aplicada conforme hoje, quase metade do Top 100 poderia ser banido. Detalhes das infrações: 33 infrações: 1 usuário 26 infrações: 1 usuário 25 infrações: 1 usuário 21 infrações: 1 usuário 16 infrações: 2 usuários 12 infrações: 2 usuários 10 infrações: 1 usuário 9 infrações: 1 usuário 7 infrações: 2 usuários 6 infrações: 4 usuários 5 infrações: 2 usuários 4 infrações: 4 usuários 3 infrações: 4 usuários 2 infrações: 8 usuários 1 infrações: 12 usuários Temos duas opções então: 1 - O ranking está infestado de trapaceiros que nunca foram pegos 2 - As regras atuais são intransigentes e falham miseravelmente em entender o que de fato constitui compartilhamento (não se esquecer que esse é o ranking de PDM então possivelmente todos os usuários do top 100 já passaram por situações de farms calamitosos ou tempo de espera ridículos, que fez com que jogassem outro jogo ao mesmo tempo. A maioria desconhece que a regra de compartilhamento é tão intransigente por imaginar que imperaria o bom senso nesse tipo de situação). Se essas estatísticas não abrirem os olhos dos responsáveis por esse site, creio que nada mais o fará, só resta apagar a luz, pendurar o boné e esquecer de tudo. E o último que sair do site, não esqueça de apagar a luz, é importante no meio dessa crise hídrica toda! P.S.: Vai demorar mas irei checar o ranking dos garapeiros, digo, o geral. Estou curioso para as estatísticas lá.
  5. Cara, esse é o meu problema principal com a regra de compartilhamento do mypst. Ela é ineficaz pra coibir compartilhamento, pois quem realmente queira subir no ranking fazendo "timinho" não vai jogar ao mesmo tempo pois é muito fácil de cair 2 troféus ao mesmo tempo e ficar evidente demais, com o ban vindo a galope. Quem for burlar o ranking compartilhando de fato a conta vai provavelmente definir turnos, em que cada pessoa joga quando outra não puder (quando estiver no trabalho, viajando, etc). Além de ser completamente ineficiente e intransigente, ela força aqueles que não querem serem banidos a simplesmente não fazer nada enquanto se farma alguma coisa afk ou se espera em matchmakings demorados. Ano passado quando joguei Don't Even Think (8 minutos pra achar uma desgraça de partida como Lobisomem), fiquei jogando Microsoft Solitaire no celular pra ganhar achievement do Xbox, enquanto meus colegas gringos que estavam jogando comigo mandavam ver no Vitinha. O mypst, site de troféu de Playstation me forçando a pegar achievement de Xbox! Enfim, a hipotermia. Enfim, a conta do kinho-3000 é o exemplo primordial disso. 6 infrações de troféus intercalados dentro de 48 mil troféus. Bela vantagem injusta que ele levou competindo pelos rankings. Outra inconsistência que eu não compreendo sobre o ranking é o porquê de serem permitidos até 500 troféus com "Missing Timestamps" (desde que o usuário tenha mais de 2 mil troféus no total). Isso é um prato cheio para que alguém tenha 500 troféus hackeados na cara dura, sem que a timestamp esteja aí para que seja possível checar inconsistências nos troféus liberados. Se existe a leniência para Missing Timestamps, deveria existir uma para troféus cruzados, que coibisse compartilhamento de contas mas ainda assim abraçasse aqueles que foram banidos por simplesmente estarem jogando em outro console durante farms afk ou buscas demoradas por partidas. Minha proposta já falada em posts anteriores é algo como leniência de até 1% (poderia ser até mesmo 0,5% que não mudaria os resultados) dos troféus pegos sobre infração em relação ao total geral. No caso do kinho-3000, ele teria 6x3 = 18 troféus em infração, ou seja, 18/48964 = 0,04% dos troféus comprometidos. Tudo bem que por ele ter muitos troféus, a leniência seria muito alta (490 troféus), então também poderia ter um limite arbitrário similar aos Missing Timestamps, talvez 250 troféus sobre infração (cerca de 83 infrações). Resumo da ópera: eu entendo o desdém de muitos que passaram por essa thread, pois analisando seus perfis parecem caçadores mais casuais, obviamente para quem está só jogando umas garapinhas e os jogos AAAs de sempre, parece surreal alguém querer otimizar um farm afk ou espera demorada constante. Mas é evidente que caçadores como o AmazingNoeder que gerou essa discussão toda na thread ou o kinho-3000 são claramente dodóis da cabeça (e o sistema de troféu tá aí pra explorar a dopamina dos dodóis). Mostrei estatiscamente que a condição de ambos não constitui vantagem significativa para a disputa de ranking, então suas punições geram mais prejuízos do que benefício (são 2 caçadores bastante hardcore que estão fora da disputa que poderia deixar ela mais interessante). Hoje mais tarde (ou talvez amanhã, só preciso acabar de baixar timestamps com meu script), irei postar as estatísticas do top 100 do ranking de PDM (sem nomes, pra não varia baixaria como eu fiz a cagada de divulgar o do Fabrício, peço desculpas pelo vacilo, só achei curioso o dono do site ter infrações e ainda por cima numa conta tão casual). Entendo que provavelmente também não dará em nada, pois visto a falta de apelo comercial do site, tais danos colaterais não implicam em penalidade no faturamento do mesmo, sendo assim a necessidade de se tornar um site inclusivo se esvai facilmente. Posso estar equivocado mas hoje vejo o mypst como uma espécie de clube em que ou você se adequa ao código interno ou não fará falta. Lembrando do mypst lá para os idos de 2013, vejo que o interesse do público de caçadores de troféus BR era maior.
  6. Obrigado pelos esclarecimentos. Sempre pensei que a regra se referia ao tempo entre cada um dos troféus intercalados. Mas segundo isso que você falou, seria o tempo entre o primeiro e o último troféu intercalado? Dá pra fazer ambas leituras com o item II. A sua leitura é a mesma usada pelos mods de denúncia? A seção V é uma desgraça para interpretar, precisa de ajustes urgentes (seria interessante que as regras de compartilhamento dessem exemplos para ficar bem claro). "Caso constatado abuso". O que é um "abuso"? Fica a cargo da subjetividade de quem julga? Outra questão: 7.4 - Visual Novels Nenhuma exceção às regras é fornecida a essa gênero ou qualquer outro. Mesmo diante de suas listas de troféus permitirem conquistar a platina sem estar efetivamente jogando ou sequer prestando atenção no título. Essa seção leva a entender que nenhum jogo tem tratamento diferenciado por suas características. Como ficam autopops como o AC Valhalla? Onde o autopop é um tanto bugado e inconsistente e a única forma de garantir as duas platinas jogando apenas uma vez é abusando do cross-save e trocando de versão com frequência. Exemplo do guia: https://psnprofiles.com/guide/12039-assassins-creed-valhalla-cross-save-trophy-guide Seguir esse guia levaria a um inevitável ban no formato das regras atuais, se seguidas à risca.
  7. Então as regras são mais incompreensíveis do que eu imaginava. Os dois casos da conta do Fabrício são troféus intercalados entre Vita e outra plataforma, sendo o tempo inferior a 15 minutos. "II. Troféus intercalados em jogos diferentes conquistados com intervalo igual ou superior a 60 segundos até intervalos de 900 segundos (15 min), independente das plataformas, poderão ser analisadas pela Central de Banimento e receber as sanções que prevê a regra." Por que não se enquadra nesse quesito e qual seria a exceção? (Pergunta séria, não estou querendo ninguém banido a mais, só compreender as confusas regras de compartilhamento e ver se uma luz divina ilumina os ADMs para perceberem como elas PRECISAM ser ajustadas) Pois ao meu ver, as duas infrações do Fabrício são similares às 6 que baniram o AmazingNoeder. Enfim, isso tudo continua sem fazer o menor sentido e só vejo razão para se apegar e manter tais regras por comodismo mesmo, o próprio PSNP sempre ajustou as suas arestas conforme boas sugestões iam aparecendo (alguém lembra da desgraça que eram as porcentagens dos troféus de DLC? No início, toda DLC era ultra-rara pois considerava os donos totais de um jogo, depois passaram a considerar como "dono" quem tivesse ao menos 1 troféu naquela DLC. Pronto, todas DLCs agora eram super comuns. Até que um belo dia mostraram que o cálculo com média geométrica entre donos totais do jogo e quantos conquistaram o troféu de DLC equalizava essas distorções). Estou no momento colhendo estatísticas do top 100 do ranking de PDM. Novamente, ninguém será exposto. Essa regra de compartilhamento é completamente intransigente e ninguém deveria ser banido por isso, a não ser que o compartilhamento fosse evidente (Hakoom tem 2075 infrações numa conta com 113 mil troféus, ou seja, cerca de 5,5% da conta compartilhada. Nesse caso é auto-evidente sem sequer precisar analisar casos individuais da conta dele). Meu intuito é usar meu script para apenas apresentar as estatísticas. Infelizmente demora um pouco a mineração de dados pois estou puxando do trophy log do PSNP.
  8. Vou mostrar alguns números pra gente se basear: Definindo uma infração como: 3 troféus em seguida, em que o primeiro e terceiro troféus são do mesmo jogo, e o segundo troféu entre eles é de um jogo diferente. Sendo a diferença de tempo entre o primeiro e segundo e o segundo e terceiro menor ou igual a 15 minutos (se quiserem que eu reajuste é super simples no meu script, parte mais chata - demorada - é baixar o log inteiro dos caras). AmazingNoeder -> No perfil dele eu vejo 6 infrações. Não vou me atentar ao mérito de cada troféu ou não (se é afk, etc). Mas uma infração são 3 troféus no meu script, ou seja 18 troféus "problemáticos". Ele tem 20691 troféus, ou seja, 0,08% dos troféus da sua conta afetados. Se formos analisar todos os jogos afetados: /trophies/4379-百花百狼戦国忍法帖/AmazingNoeder -> Total de 26 troféus no jogo SSX -> Total de 37 Super Wiloo Demake -> Total de 19 The American Dream -> Total de 34 Energy Cycle Edge -> Total de 21 Realm Royale -> Total 21 FIFA 14 (PS3) -> Total 42 FIFA Football -> 40 The Witcher 3 -> 79 Marvel Super Heroes (Vita) -> 53 No total são 372 troféus que poderiam ter sido feitos enquanto compartilhando a conta. Isto representa 1,8% da conta dele, no PIOR CASO. Outros usuários que comentaram nesse fórum sobre seus bans: kinho-3000: possui 6 infrações (18 troféus) Com 48878 troféus Suas infrações representam 0,03% da conta (não vou calcular os jogos como do AmazingNoeder porque isso ainda não automatizei rs). fabriciols: duas infrações (6 troféus) Com 6590 troféus 0,09% da conta tranquilu: aqui as coisas começam a ficar mais significativas e propensas a uma análise mais detalhada Ele possui 339 infrações, ou seja, 1017 troféus Cerca de 2% da conta. Não vou fazer manualmente mas teria que checar essas 339 infrações e ver quantos jogos são, somando a quantidade total de troféus. Agora, o pior caso com mais infrações seria da ID carlospnd (que imagino já ter sido banido há tempos do site, porque olhando o trophy log dele é evidente o compartilhamento com outras pessoas mesmo sem a ajuda do script). São 753 infrações, 2259 troféus. Nada mais nada menos que 5,4% da conta toda! Se for usar a metodologia de contar a totalidade de troféus por jogo afetado, nem faço ideia de quanto daria, tranquilamente mais de 20%. Bom, são esses os dados para discutirmos em cima. Se quiserem posso colher mais amostras para ter maior significância. Vejo que a vantagem de adotar um sistema de % é que tornaria a identificação automática pelo sistema e os mods não precisariam ter trabalho com muita discussão em cima disso. Talvez o limiar adequado poderia ser 1 ou 2% da conta afetada.
  9. Comprovar é uma coisa bastante difícil e sujeita demais à subjetividade. Penso que uma solução boa seria um limiar de ocorrências, ou seja, se tantos % dos troféus de uma conta não são compartilhados, essa pessoa estaria livre do ban do ranking por possuir uma quantidade desprezível de troféus que de nada afetaria o ranking em si. Gostei da sugestão do @WerneyPark da remoção de pessoas do ranking semanal/mensal/anual, pois assim evita que alguém com apenas 1% dos troféus compartilhados no geral em sua conta, tenha feito isso em uma semana específica (realmente compartilhando com outra pessoas) apenas para conseguir um semanal na mamata. Alguma solução nessa linha minimizaria muito o dano colateral de banir "inocentes" e não afetaria rankings de tiro curto como o semanal (como disse anteriormente, o semanal pode/deve ter tolerância zero se for possível programar uma verificação). Estou terminando de colher alguns dados com meus scripts, daqui a pouco envio uma análise de perfis afetados, bem como suas %, etc.
  10. Pois é eu postei sem querer do meu usuário padrão do Chrome em horário de expediente rs. Mas pode ver que a única postagem não foi feita de má-fé com intuito de fazer "boost" de concordância entre as contas.
  11. Excelente ponto sobre colocar um sistema de advertência. Até no PSNP os caras perdoam 2 "hacks" (isso eu já acho até ser bonzinho demais). Estendendo minha proposta: Se houver um limite (digamos de 100 troféus cruzados), a pessoa poderia tomar uma advertência se constatado que não houve abuso (no sentido claro da conta do cara ser compartilhada e não meras ocorrências esporádicas). A pessoa advertida passa a não poder mais ter troféus cruzados sob pena de tomar um ban/advertência em caso de reincidência. Um amigo acima falou que apenas 3% dos usuários são banidos por compartilhamento, ou seja, há embasamento estatístico para acreditar que isso não é tão relevante sob o ponto de vista de realmente punir "trapaceiros." Pelo contrário, vemos aqui que tem muita gente "inocente" sendo banida como o tal do "dano colateral". Não venha com argumentos de "regra é regra". Tal regra existe para proibir compartilhamento e devemos analisar sua eficácia para o fim pretendido e não a ilusão do que propõe. Existem 4 opções para um banimento por tal regra: 1 - Banimento acertado -> o usuário realmente tem zilhões de troféus feitos ao mesmo tempo, claramente jogando em time. Decisão acertada, a regra cumpriu seu papel 2 - Não-banimento acertado -> o usuário não tem troféus cruzados, ou seja, dificilmente compartilha a conta (se compartilha não é ao mesmo tempo, fora do escopo da regra e novamente cumpriu seu papel). 3 - Falso Negativo -> o usuário provavelmente joga em mais de um console ao mesmo mas toma cuidado de troféus não caírem juntos. Pela regra seria passível de ban, mas se nunca cruzar troféus, nunca será punido pela regra. 4 - Falso Positivo -> o usuário tem troféus cruzados mas não compartilha a conta com ninguém, apenas jogou ao mesmo tempo dois de seus consoles. Devemos sempre analisar uma "política de negócio" de acordo com sua adequação aos itens 01 e 02 (que não são difíceis de serem avaliados por esta regra ou qualquer outra) mas também avaliando o risco de mitigar Falsos Negativos e Falsos Positivos. Esta regra (e nenhuma outra) é capaz de fazer nada sobre Falsos Negativos descritos acima, então ignoremos. Agora avaliemos os Falsos Positivos: a taxa é enorme e significativa por tudo mostrado acima. Por produzir muitos Falsos Positivos (onde o cenário de compartilhamento é apenas 3% do total de usuários banidos), podemos ver matematicamente que essa regra precisa de ajustes. Não é ELIMINAR a regra, pois de nada adianta reduzir Falsos Positivos reduzindo a quantidade de Banimentos Acertados (vide PSNP, onde conta compartilhada é lei no topo do ranking). Devemos propor ajustes. Eu gosto do mypst, o ranking de PDM é muito bem feito, parabéns a quem inventou aquela fórmula, foi cirúrgica. Detestaria ter que me afastar desse site um dia por conta de um ban que cai no Falso Positivo. Poxa, gente reflitam um pouco. O próprio dono do site poderia ser banido por conta de duas ocorrências de troféu cruzado em 2012 e 2013, respectivamente. Analisem a conta dele, certamente não é um "timinho compartilhado". P.S.: Não sei quão complicado é o back-end do site (pode ser que seja um monolitão das trevas, aí é foda), mas penso que seria interessante instituir tolerância zero de para o ranking semanal. Uma ou duas para o ranking mensal. 5 para o anual, etc. Pois mesmo se o cara que compartilhou dois, três jogos ali para um ranking mensal ou anual, dificilmente isso seria significativo para o todo. Eu sempre serei do lado da presunção de inocência, ou seja, melhor deixar vários culpados impunes, do que punir um único inocente
  12. O próprio dono do site tem problemas na conta dele: AFFECTED GAMES Game: /trophies/1741-far-cry-3/fabriciols Trophy: /trophy/1741-far-cry-3/35-needle-exchange Date: 2013-03-09 18:07:14 Page on trophy log: 29 Game: /trophies/1340-wipeout-2048/fabriciols Trophy: /trophy/1340-wipeout-2048/33-uplift-champion Date: 2013-03-09 18:02:50 Page on trophy log: 29 Game: /trophies/1741-far-cry-3/fabriciols Trophy: /trophy/1741-far-cry-3/13-what-a-trip Date: 2013-03-09 17:50:43 Page on trophy log: 29 AFFECTED GAMES Game: /trophies/1372-lego-harry-potter-years-5-7/fabriciols Trophy: /trophy/1372-lego-harry-potter-years-5-7/35-the-enemy-within Date: 2012-06-11 22:47:49 Page on trophy log: 55 Game: /trophies/1098-ratchet-clank-all-4-one/fabriciols Trophy: /trophy/1098-ratchet-clank-all-4-one/42-waiting-room Date: 2012-06-11 22:42:37 Page on trophy log: 55 Game: /trophies/1372-lego-harry-potter-years-5-7/fabriciols Trophy: /trophy/1372-lego-harry-potter-years-5-7/21-i-said-bow Date: 2012-06-11 22:38:53 Page on trophy log: 55 Problems found: 2
  13. Sugestão: (bem prototipal ainda, com certeza tem falhas) Assim como falaram numa das primeiras páginas desse tópico, uma solução possível seria deixar aplicar a regra atual para os rankings semanais/mensais/anuais. Se a pessoa tiver troféus cruzados no período de um ranking (dentro dos 15 minutos), ela está fora da disputa por esse ranking. Já para o ranking geral e de PDM, poderia haver um limite de troféus cruzados, assim como há para "Missing Timestamps". Hoje o mypst não assume que alguém com timestamps faltantes é instantaneamente hacker, mas sim que provavelmente joguei lá nas antigas com sua conta antes de conectar à internet (era muito comum em 2008, por aí). Assim como muitos não sabem que é possível ser banido por troféu cruzado (seria muito natural pensar que enquanto você espera em outro jogo, puxar seu Vita e continuar jogando). Poderia haver um limite de [X] troféus cruzados que não constituiria flag. Conferindo o perfil do top 10 do ranking geral e de PDM com um script, já deveria ter vários jogadores ali banidos injustamente por essa regra, em média cada um tem de 10 a 20 ocorrências de 3 troféus com menos de 15 minutos entre si. Portanto, haver um limite de 50 a 100 ocorrências seria talvez bom o bastante para coibir timinhos compartilhados. Afinal, 100 ocorrênciaa não constituem vantagem significativa a longo prazo para uma "conta em equipe" - estamos falando de 300 troféus, e seria muito difícil um jogador normal ser banido por estar em 2 consoles ao mesmo tempo.
  14. Regra que nunca foi clara e ainda por cima "anti-natural". Muitos (como eu) passaram anos caçando troféu até entrar no mypst e quando se depararam havia uma regra impossível de cumprir, especialmente quando você está jogando no Vita e outro console. (Ou dois consoles de mesa mesmo, em casos afk). Regras estão sempre propensas a serem discutidas e a discussão desse tópico é se a regra de "compartilhamento" está funcionando mesmo, pois já apareceram várias pessoas com o mesmo caso do OP. Ninguém aqui pediu para liberar geral que nem no PSNP, apenas que a gente pense e tente melhorar o que já existe.
×
×
  • Criar Novo...