Ir para conteúdo
Tio_Maluco

[Meio Bit] Apple troca OpenGL por Metal no macOS Mojave e preocupa os desenvolvedores de games.

Recommended Posts

20180607macos-mojave.jpg
 
O macOS 10.14 Mojave, anunciado nesta segunda-feira (04) no Keynote da WWDC 2018 não veio sem polêmica: a Apple quer que os desenvolvedores adotem o Metal como a única API em suas aplicações e como forma de força-los a isso, a OpenGL será depreciada e poderá não mais funcionar corretamente.

A decisão da maçã de priorizar sua solução proprietária em detrimento da API de código aberto foi explicada nas informações detalhadas do macOS Mojave. Trocando em miúdos, a Apple considera o OpenGL uma “tecnologia legadaâ€, que continuarão a funcionar a partir da próxima atualização mas não oferecerá suporte; assim, apps desenvolvidos nessa plataforma poderão ter um comportamento errático, apresentando diversos problemas ou simplesmente deixarem de funcionar.

A Apple recomenda a todos os desenvolvedores, especialmente os de games a migrarem seus produtos do OpenGL para o Metal, bem como aplicações de grande poder computacional são recomendadas a partir de agora abrirem mão da linguagem OpenCL, também depreciada e adotarem o Metal. De certa forma a companhia está forçando o fim da antiga API, e embora muitos usuários e desenvolvedores estejam preocupados existem hoje vários frameworks e motores gráficos compatíveis, como Unreal Engine, Unity e Amazon Lumberyard; as proprietárias da maçã SpriteKit, SceneKit e Core Image também seriam opções. Além disso, a morte do OpenGL levaria tempo.

De certa forma a Apple tem razão, o OpenGL foi criado em 1992 e já deu tudo o que tinha que dar, mas o que muitos desenvolvedores alegam é que a empresa deveria ao invés de forçar a adoção de uma plataforma proprietária, muito melhor seria dar suporte à legítima API aberta que o Khronos Group desenvolveu para suceder a antiga tecnologia, chamada Vulkan.

20180607spock.jpg
 
Tendo como base a tecnologia Mantle da AMD, o Vulkan também é uma API de baixo nível que otimiza os recursos dos componentes ao máximo, permitindo ao programador escrever um código que converse mais diretamente com processador, RAM e principalmente GPU. Por ser de código aberto e diretamente ligada ao OpenGL e OpenGL SE, ele é multiplataforma e voltada especificamente para facilitar a migração.

O problema: a Apple finge que a nova API do Khronos Group não existe e não oferece compatibilidade (há o wrapper MoltenVK, mas ele não é oficial), e pelo visto não pretende fazê-lo. Em 2017 a empresa propôs a criação de um novo padrão 3D para a web, algo que o Vulkan já é capaz de fornecer. O novo formato .USDZ, ainda que aberto não ajuda em nada o cenário pois ao invés de fortalecer um produto voltado para suceder o OpenGL, acabou por introduzir outro padrão.

Não é surpresa portanto que os desenvolvedores estejam fulos nas calças com a Apple, já que enquanto o OpenGL oferece portabilidade entre sistemas, o Metal é fechado e demanda maior tempo, investimento e dinheiro gasto apenas para lançar uma versão de um game para o macOS. Rami Ismail, do estúdio indie Vlambeer (Ridiculous FishingLuftrausersNuclear Throne) diz que enquanto o Metal seja uma boa API, ela sofre do mesmo problema do DirectX/Direct3D na Microsoft: é uma tecnologia proprietária e dessa forma, exige a criação de versões distintas para um lançamento multiplataforma de um título. Com o OpenGL hoje e Vulkan no futuro, basta apenas uma.

Já o programador Alex Austin diz que hoje todo o seu código é facilmente portável do Windows para macOS, mesmo com o suporte capenga do OpenGL (apenas as versões 2.0 ou 3.3) e que a decisão da Apple pode ser um tiro no pé, principalmente porque os desenvolvedores de games concluirão que a fatia de consumidores que usam iMacs e MacBooks para jogar é ínfima. Assim, a exigência do Metal pode levar a uma debandada de estúdios médios e independentes que continuarão trabalhando com Windows, e portando seus games via OpenGL/Vulkan para o Linux pela praticidade (o que pode acabar beneficiando o pinguim nesse aspecto).

A Apple não deu detalhes de quando pretende encerrar o suporte ao OpenGL; hoje grandes títulos como DotA 2 Rise of the Tomb Raider já rodam no Metal, e apenas quem estiver realmente disposto a trabalhar com a API proprietária em paralelo deverá continuar lançando games para o macOS; os demais provavelmente vão aderir ao Vulkan e manter seus games no Windows.
 
Fonte Meio Bit

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um membro para fazer um comentário.

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...