Ir para conteúdo
jfrl1991

Diário de bordo: Saga Assassin's Creed

Recommended Posts

"O diabo mora nos detalhes" - Essa expressão caiu como uma luva agora. Os erros do jogo começaram a aparecer. Para ser mais preciso, já vinham aparecendo, mas como não eram tão frequentes eu não dei a devida atenção. Por diversas vezes, enquanto cavalgo, o jogo dá pequenas travadas, como se fosse uma partida online com lag. Porém isso ocorre no single player! Imaginem que legal: No ápice da ação, enquanto estou fugindo dos inimigos a galope, o jogo trava por 1 ou 2 segundos, mostra alguns frames e volta a travar. E fica assim enquanto eu estiver me deslocando a uma alta velocidade em qualquer ponto do mapa que tenha muitas coisas acontecendo. Igual acontecia enquanto eu pilotava a máquina voadora do Leonardo no jogo anterior. Algo frustrante e que dá a impressão de que o jogo não recebeu uma revisão antes de ser lançado. Não é problema do meu PS3 pois nunca aconteceu isso com outros jogos. E já achei relatos idênticos na internet. Ou seja, para mim, a Ubisoft cometeu um relaxo tremendo deixando algo tão chato (e que nunca vi em nenhum outro jogo) acontecer. 

 

As falhas pontuais (porém incrivelmente frustrantes) parecem ser uma marca da saga: No primeiro jogo, foram os controles que de repente ficaram horríveis na hora de pular as palafitas, no segundo foi na hora de pilotar a máquina voadora e nesse, enquanto cavalgo. São poucos erros, pequenos detalhes. Mas que estragam a diversão de uma saga que tinha de tudo para ser ótima. :(

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Terminei a sequência 6 e 7. A 6 foi muito legal, com direito a matar vários soldados de forma furtiva e a usar a armadura de um soldado francês. Gostaria que nos próximos jogos o Ezio tivesse a possibilidade de trocar de roupas. Assim ele poderia se infiltrar melhor nos lugares.  :duvida:

 

Já a sequência 7... Bem, a sequência 7 foi incrivelmente frustrante. Tive que perseguir o infame condottierro Micheletto Corella. A ideia da sequência foi legal, mas perseguir a galope foi um saco: Como já dito, o jogo dá pequenas travadas quando me desloco rapidamente, o que acaba com qualquer traço de fluidez. Como se não bastasse, meu cavalo, Pé de Pano, é burro e teimoso. Por diversas vezes ele não respondia aos meus comandos, o que fazia com que eu perdesse a sequência e tivesse que começá-la de novo. Acho que o Pé de Pano é um jumento e não um cavalo. :face6:  Ao menos essa sequência foi curta.  :hehe:

 

Infelizmente, algo muito chato aconteceu comigo: O glitch dos troféus aconteceu.  :okay:  Terminei a sequência 6 e o troféu não pipocou. Joguei uma missão novamente e o troféu "Déjà Vu" também não veio (apesar de eu ter conseguido a conquista da Uplay em relação ao mesmo). Li no playstation trophies que para corrigir esse glitch, eu teria que deletar alguns arquivos do jogo e começá-lo de novo. Jogar de forma rápida até a sequência 6 novamente não seria algo muito demorado e nem chato. O problema é que eu  já tenho quase 34 horas de jogo e várias missões com 100% de sincronização. Como pretendo, posteriormente, jogar o DLC "The Da Vinci Disappearance", terei que jogar tudo de novo para ganhar 100% nas missões e assim ganhar o troféu "Il Principe". Por ora, decidi prosseguir com a história principal (já que não falta muita coisa mesmo) e depois voltar e começar um novo jogo fazendo tudo 100%.  Nem preciso falar que achei um desrespeito imenso da Ubisoft não ter lançado um patch corrigindo o glitch dos troféus. Estamos falando de um jogo de 2010, já passou (e muito!) da hora da Ubisoft tomar vergonha na cara e arrumar isso.  :fuuu:

  • Curtir 2

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Terminei a história principal. As 2 últimas sequências são curtas e muito legais. Achei bem legal como os fatos históricos da infame família Bórgia foram misturados com a ficção da saga. As últimas batalhas também foram bem legais e com animações muito boas. Senti o que é atravessar um campo de batalha enquanto sou perseguido por balas de canhões e flechas. Gostaria que mais jogos tivessem partes tão empolgantes assim.

 

Agora vou ver se arrumo o glitch dos troféus. Segundo o que li no playstationtrophies, isso acontece quando o jogador abre o multiplayer e em seguida joga a campanha single player. Não vi muito sentido nisso, mas de fato eu estava jogando multiplayer e voltei ao single player. E os troféus da sequência 6 e déjà vu não pipocaram na tela. Lá também é mostrada uma solução: Deletar os arquivos de dados do jogo e jogar novamente em um novo arquivo. E é isso que vou fazer. Se alguém passou por esse glitch, por favor, manifeste-se aqui para ajudar a todos que venham a ler esse tópico. Pretendo jogar a DLC The Da Vinci Disappearence posteriormente e nela há um troféu onde devo pegar 100% de sincronização em todas as missões, sejam da DLC ou do jogo normal.  Vou começar um novo jogo buscando fazer 100% nas missões e fazer aquilo que não fiz nessa jogada (alguns assassinatos, pegar os coletáveis e várias missões secundárias). Será algo mais rápido porque agora eu sei o que devo fazer e como fazer. Não vejo necessidade de comentar novamente sobre sequências que já comentei aqui, portanto minhas postagens se tornarão mais escassas. Caso eu faça alguma missão que não comentei ainda e a ache interessante eu comentarei aqui. Nessa jogada, vou jogar com o jogo em italiano e ver como é a dublagem nella lingua dell'amore.  :)

  • Curtir 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Fiz como disse (deletei o "game data utility"), iniciei um novo jogo (num novo slot) e fui jogando até que eu pudesse reprisar uma memória. E o troféu déjà vu pipocou na tela! Estou feliz da vida! o/ Espero que o da sequência 6 também pipoque.

 

Como dito, estou jogando em italiano agora. As vozes de alguns personagens são ligeiramente diferentes mas a do Shaun é completamente diferente. A principal vantagem que vi na dublagem italiana foi no que tange ao realismo do que é dito pelos personagens civis do jogo: Médicos, vendedores e até mesmo as fofoqueiras de Roma têm um repertório de falas mais extenso e detalhado do que na dublagem em inglês.

  • Curtir 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Cara, li só agora o problema que vc teve... Que meleca... Mas são alguns realmente os games que apresentam bugs nos troféus quando o player migra de multiplayer para single player e vice-versa... Meu conselho é sempre fazer por etapas, e se possível sair e entrar novamente no jogo....

 

O diário está muito bom, a próxima parada será o Revelations, e vc verá que realmente muita coisa será revelada... 

 

Boa sorte assassino...

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

A missão do tanque é a mais difícil pra fazer 100% mesmo, mas tem um glitch que facilita.

 

Está descrito nas dicas do troféu e/oou no guia.

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

O troféu da sequência 6 pipocou!  :fuck:  Agora estou fazendo o jogo por partes, pegando 100% em cada um dos segmentos das missões secundárias. Já explorei todas as tumbas do Rômulo (o que me rendeu a melhor armadura do jogo) e matei todos os agentes templários. Tem todo tipo de tranqueira que vocês possam imaginar dentre esses agentes: Trapaceadores de corrida, espancadores de esposas e matadores de putas (como alguém pode matar uma puta? Uma profissional que só traz alegria à sociedade!  :hehe:  ) Todos os agentes templários estão mostrados como personagens jogáveis na parte multiplayer, Apenas senti falta da belíssima Fiora Cavazza...  :nuss:

 

Comecei também a fazer algumas missões do Leonardo. Já fiz aquela da maldita máquina voadora (como um homem tão inteligente quanto Leonardo Da Vinci não fez algo fácil de se dirigir?) e a missão do barco com canhão acoplado. Vou terminar as missões do Leonardo e depois vou partir para os contratos de assassinatos. :)

  • Curtir 2

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Terminei as missões do Leonardo e fiz algumas dos ladrões. De fato, a missão do tanque vai ser um inferno para pegar 100%  :fuuu: . A exigência para os 100% não é tão absurda, o problema está no fato de que para se chegar à parte do tanque, deve-se passar por uma longa e chata parte. Deveria haver a opção "voltar ao último checkpoint" e a missão voltar a ter chances de se conseguir os 100%.

 

Paralelamente, venho treinando meus assassinos para tê-los logo à disposição para qualquer luta difícil. Estou treinando apenas mulheres dessa vez.  :nuss:  Já tenho 6 matadoras no nível máximo e com isso já completei todos os desafios da guilda dos assassinos. Ah, também já fiz todos os desafios dos mercenários, das putas e quase todos dos ladrões. Sempre que completo os desafios ganho algo de grande utilidade no jogo.

  • Curtir 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Terminei as missões do Leonardo e fiz algumas dos ladrões. De fato, a missão do tanque vai ser um inferno para pegar 100%  :fuuu: . A exigência para os 100% não é tão absurda, o problema está no fato de que para se chegar à parte do tanque, deve-se passar por uma longa e chata parte. Deveria haver a opção "voltar ao último checkpoint" e a missão voltar a ter chances de se conseguir os 100%.

 

Paralelamente, venho treinando meus assassinos para tê-los logo à disposição para qualquer luta difícil. Estou treinando apenas mulheres dessa vez.  :nuss:  Já tenho 6 matadoras no nível máximo e com isso já completei todos os desafios da guilda dos assassinos. Ah, também já fiz todos os desafios dos mercenários, das putas e quase todos dos ladrões. Sempre que completo os desafios ganho algo de grande utilidade no jogo.

 

 

tu sabe que tem o bug na missão do tanque né?

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

tu sabe que tem o bug na missão do tanque né?

 

Que bug?

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

se tu toma dano, é só dar start e trocar de roupa lol

 

Fiz e deu certo, peguei os 100%!  :fuck:  Obrigado.

  • Curtir 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Demais esse bug da roupa.

 

Não sabia quando fiz meus 100%. Usei a tática de ficar antes o portão matando o primeiro tanque.

  • Curtir 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Terminei os contratos de assassinatos e passei a me dedicar à caçada de glifos e resolução dos puzzles. Já achei todos os glifos e resolvi 9 dos 10 puzzles. Assim como no jogo anterior, os puzzles são muito legais, mostrando fatos antigos e recentes misturados com ficção. Se nos primeiros puzzles eu estava fascinado pelo fato de que a história passava a mostrar algo mais familiar (ditaduras sul americanas do século XX), nesses últimos a história volta a tomar contornos de conspiração global. Para terem uma ideia, George Bush e Vladimir Putin já deram as caras.

 

Agora vou partir para as missões das putas e caçar uma bandeira aqui, outra acolá...

  • Curtir 2

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Novamente, parabéns pelos posts e por manter o tópico vivo.

 

Pretende fazer 100% nos demais AC?

 

Pelo andar da carruagem, sim. E no Brotherhood ainda falta bastante coisa: As missões das putas, da Cristina, as bandeiras e a DLC.

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Terminei os puzzles, as missões da Cristina e das putas. Ao contrário do jogo anterior, The Truth não liberou um vídeo, mas sim uma sequência de escalada, muito tediosa, diga-se de passagem. Ao final de tal sequência uma importante revelação foi mostrada. Ela em si seria mais uma interrogação na saga, mas se somarmos o final do jogo mais o final de The Truth temos algo que explica muita coisa que ficou em aberto desde o primeiro Assassin's Creed: O papel da Lucy. Infelizmente, aquilo que eu gostaria de saber (o que aconteceu antes, durante e depois do vídeo The Truth do AC II) não foi mostrado. Espero que isso seja mostrado no Revelations.

 

Só me resta agora pegar algumas bandeiras e fazer 100% em uma tumba do Rômulo e finalmente, a platina e os 100% serão meus. :)

  • Curtir 2

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Completei todas as missões das lojas. O mais importante item liberado foi o "veneno rápido", que, como o nome diz, acelera a morte das vítimas em comparação com o veneno comum. Cheguei naquela parte do jogo na qual falta muito pouco para acabar, mas dá uma preguiça de pegar os coletáveis...  :hehe:

 

Uma cena embaraçante foi mostrada no pós-jogo: Fui falar com o Leonardo e ele mesmo fez um comentário, diria, comprometedor:

 

 

Depois dessa cena, na hora lembrei disso:

 

https://www.youtube.com/watch?v=-8689NJir7o 

 

Já me disseram que todos os gênios têm graves defeitos. Fazer o quê né.

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Platinei o Brotherhood.  :fuck: Uma platina de troféus bugados e com alguns (online, como sempre) bem demorados e chatos. No entanto, como eu joguei sem pressa (foi a minha platina mais demorada até hoje) quase não senti estresse com esse jogo.

 

Meu veredito:

 

Assassin's Creed Brotherhood mantém o estilo e alta qualidade do jogo anterior e adiciona coisas que aumentam bastante a vida útil do jogo. Essa ideia que a Ubisoft teve de colocar objetivos secundários para que se ganhe 100% em cada missão foi algo muito legal e desafiante. Reparei que o jogo, como um todo, possui missões mais diversificadas que o jogo anterior mas que no final das contas a quantidade de missões se manteve a mesma. A inovação que mais gostei foi a relacionada aos assassinos: No primeiro jogo Altaïr lutava sozinho o tempo todo; no segundo Ezio tinha a ajuda das 3 facções italianas e no terceiro o Ezio tem sua própria facção. O multiplayer do jogo é legal, o problema está nos troféus do mesmo: Demandam muito tempo e "Abstergo employee of The Month" é incrivelmente difícil.

 

O jogo, infelizmente, apresenta também partes que podem ser comparadas aos piores jogos já lançados. São poucas partes ruins mas que são péssimas. Assassin's Creed não é um jogo para se jogar correndo igual a um louco: A câmera não acompanha a virada de direção na mesma velocidade que o Ezio vira, correr com R1 e X e virar a câmera é algo impossível de se fazer (a não ser que eu tivesse 2 polegares na mesma mão) e as próprias partes de escaladas (principalmente na descida) não são fluídas ao ponto de se fazer com maestria em alta velocidade. Tal problema está presente desde o primeiro jogo da saga, mas nunca foi nada preocupante pelo fato de que fazer objetivos em um curto espaço de tempo nunca tinha sido exigido antes. Aquelas missões de terminar tal tumba em 8 minutos, fazer tal coisa em 2 minutos e coisas do tipo são incrivelmente frustrantes. Espero não vê-las nos jogos seguintes ou, no caso de vê-las, que tais problemas com a câmera estejam sanados. Nem preciso citar os bugs dos troféus e da corrida com os cavalos (onde a imagem trava por várias vezes). Isso foi uma das piores coisas que já vi em jogos.

 

É isso. O jogo é num geral muito bom e com alguns problemas graves. Agora entendo porque muitas pessoas reclamam que Assassin's Creed se tornou algo anual. Acredito que se o jogo fosse lançado de 1,5 a 2 anos, a Ubisoft teria mais tempo para arrumar essas tosquices que o jogo tem.

 

Em breve estarei de volta com minhas impressões da DLC "The Da Vinci Disappearence". Até lá. :) 

  • Curtir 3

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Boa man... Parabéns pela platina... Eu mesmo desisti do online do Brotherhood.... kkkkk Eu conseguia jogar muito pouco, e ainda alterava sessões online de 2 a 3 horas para subir poucos levels... Deixei pra lá.... kkkk

 

E agora, após o DLC, bora pro Revelations....

  • Curtir 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

DLC: The Da Vinci Disappearance

 

Comecei e terminei o capítulo extra do jogo. Esse capítulo mais parece um filme do que um jogo: O ritmo é rápido, as missões são fáceis e a história é bem contada. Nela é mostrada a infeliz relação que teve Da Vinci com uma sociedade secreta de cientistas. Algo que se assemelha muito às histórias retratadas nos livros do Dan Brown.

 

As missões são bem desafiantes e legais (escalar castelos sem ser percebido, lutar contra dezenas de inimigos sem tomar golpes e coisas do tipo). No começo achei que seria um capítulo curto, mas até que não. Foram 8 missões e ainda ganhei acesso a 2 tumbas dos templários. Tais tumbas foram legais para se explorar, mas meio decepcionantes quanto ao prêmio por terminá-las: Florins. Já tinha restaurado tudo em Roma (o que me dava uma receita passiva de mais de 20k a cada 20 minutos), comprado tudo que eu precisava e tinha quase 1 milhão de florins no bolso. Dinheiro para quê? A recompensa da tumba poderia ser um puzzle, uma armadura ou um upgrade nas armas. Falando em puzzle, em uma das missões resolvi um puzzle bem legal que se assemelha àqueles vistos em The Truth. 

 

Os troféus também não são muito complicados. O único que achei chato foi o Clowning Around, onde tive que descer a porrada em 5 arlequins. O chato foi ir atrás desses caras... Já estou calejado desse negócio de coletáveis ou correr atrás de alvos distantes. Quanto ao troféu Il Principe (que exige que eu ganhe 100% de sincronização em todo o jogo), foi moleza. As partes mais difíceis já tinham sido feitas. Ah, uma coisa curiosa que notei é que as 2 tumbas que ganhei acesso não contaram para o troféu. Eu ganhei o troféu antes de entrar nelas. Não sei se isso foi um bug ou foi de propósito.

 

Bem, é isso. Fiz absolutamente tudo que eu poderia ter feito no Assassin's Creed Brotherhood. Logo mais postarei minhas estatísticas. Obrigado a quem acompanhou até aqui. :)

  • Curtir 5

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Aos que gostam de números:

 

SINCRONIZAÇÃO: 100%

TEMPO JOGADO: 39 horas, 14 minutos e 38 segundos

DISTÂNCIA PERCORRIDA: 366,266 KM

MORTES: 12

ARMA FAVORITA: "Hidden Blade"

INIMIGOS MORTOS EM COMBATE: 2165

ALTURA ESCALADA: 12,706 KM

DINHEIRO: 1863006  :champion:

DINHEIRO GASTO: 921913

CORTESÃS CONTRATADAS: 21  :nuss:

MERCENÃRIOS CONTRATADOS: 11  :fuck:

LADRÕES CONTRATADOS: 12  :hehe:

QUANTIDADE DE VEZES QUE CHAMEI OS ASSASSINOS: 186  :awyea:

INIMIGOS MORTOS PELOS ASSASSINOS: 690  :legal:

 

Já comecei o Revelations. Vou avançar um pouco mais no jogo e posto aqui o que eu for achando dele. :)

  • Curtir 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Capítulo 4 - Assassin's Creed Revelations

 

E, finalmente, comecei o Revelations! Assim como no jogo anterior resolvi começar pela parte multiplayer do jogo. Tal parte melhorou imensamente se for comparada ao multiplayer do Brotherhood: O jogo está num ritmo bem mais rápido, há mais modos de jogo e o sistema de pontuação melhorou bastante. Se eu morrer, o personagem volta rapidamente ao jogo. Se eu me defender ao mesmo tempo em que for morto, ganho pontos por honorable death. Em suma, vários fatores que faziam do multiplayer do Brotherhood estressante foram melhorados nesse jogo, transformando a jogatina online do Revelations em algo viciante. Gostei bastante também dos novos modos de jogo, corruption especialmente. A impressão que tenho é que a Ubisoft ouviu as reclamações dos jogadores e caprichou na modalidade online do Revelations. Eu resumo em uma palavra a parte multiplayer do Revelations: Prazerosa. Já ganhei todos os troféus e ainda assim tenho vontade de jogar mais. Pretendo avançar pelo ranking até que eu desbloqueie alguns vídeos da Abstergo que são liberados à medida que subo de nível no online. Aproveitei e ganhei os troféus da parte online da DLC (quando terminar o modo história posto uma breve opinião sobre a DLC. Mas já vou adiantando que a DLC não é lá grandes coisas). Tais troféus são muito detalhados e como muita gente não joga os mapas da DLC foi meio complicado de ganhá-los. No entanto, nada que um boost entre amigos para resolver. Conheci um pessoal da Nova Zelândia, fizemos o boost e assim, ganhamos os troféus online da DLC. Como diria aquela música, with a little help from my friends. :)

  • Curtir 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

 

Capítulo 4 - Assassin's Creed Revelations

 

 DLC 

 

Pergunta: Você conseguiu as dlc's em Disco ou na PSN? (não sei se tem versão em BD com as dlc's)

 

Eu queria as dlc's mas não gosto de ficar comprando pela PSN.

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Visitante
Responder a este tópico

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


×
×
  • Criar Novo...