Ir para conteúdo
marcelotell

[PS4] Qual Sua Última Platina?

Recommended Posts

170 - Days Gone + 100%

One Percenter

 

full-trophy_0.png

 

Já havia platinado á uma semana mas esperei sair o 100% para postar. 

O jogo me surpreendeu muito, sempre ouvi que o jogo tem seus lados bons e ruins, então minha expectativa para o jogo estava neutra, mas até fiquei empolgado com aquele trailer com gameplay dele na E3. Achei a jogabilidade dele muito boa, tudo muito fluído e também muito fácil de se mexer na roda de armas, fabricar e equipar outros itens, e etc, porém, não curti tanto a estória do jogo, achei ela bem mediana, mas nada muito ruim. A ambientação do jogo é fantástica, mesmo se passando em um ''apocalipse de zumbis", o jogo é bem vivo, aparecendo muitos frenéticos nas rodovias, casas e prédios. Um outro ponto que vale ressaltar são os inúmeros bugs e quedas de fps, sofri com muitos bugs com a moto, ao tentar abrir capôs e carros e etc, e as quedas de fps eram corriqueiras, principalmente na parte sul do mapa. 

A platina do game não é nem um pouco complicada, ao ir fazendo as missões principais já aproveitei para ir pegando todos os upgrades de saúde, foco e energia, e também ir fazendo as side-quests específicas de alguns troféus. O grande problema aqui é o 100%, o jogo possui 3 dlc's com troféus, sendo uma a mais difícil delas, a dos desafios. No geral, não tive problemas com os desafios, alguns realmente são mais difíceis na primeira tentativa, se isto for o caso, faça os outros tentando pegar pelo menos rank bronze em cada um, pois assim liberará os patches, que ajudam MUITO nos desafios, os anéis também ajudam então sempre upe eles no máximo. Assim, com a ajuda de alguns vídeos e dicas consegui o rank ouro em todos os desafios. As outras 2 dlc's requerem um NG+ e uma zerada na dificuldade Sobrevivente, como zerei pela primeira vez no normal, fiz o NG+ na Sobrevivente II e achei muito mais fácil e rápido que dá primeira vez, pois estava totalmente upado e já manjava de todas as missões. Enfim, recomendo demais o game!

 

Nota do jogo: 9/10
 

  • Curtir 12

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

171 - My Name is Mayo 2

My Name is Mayo - The Second!

 

full-trophy_0.png

 

Infelizmente não joguei o primeiro game então perdi muito da história dele (rs). De qualquer forma, é só apertar X, X, X, X...

 

 

172 - Chickens on the Road

Platinum Chicken

 

full-trophy_0.png

 

Dos mesmos criadores de Road Buslte, outra garapinha bem doce e rápida. 

 

 

173 - Vampyr

Time is on my side

 

full-trophy_0.png

 

Comecei este jogo quando ele saiu na plus, não curti muito e deixei ele de lado para jogar novamente depois. Recentemente voltei a jogá-lo e zerei ele rapidamente (cerca de 15h) e tenho alguns pontos para falar sobre o jogo. Primeiramente o game mais me irritou do que agradou. São infinitos bugs que atrapalham e muito a gameplay, loadings em todos os locais que você vai, apesar de alguns serem rápidos (coisa de 5/7 segundos) eles são corriqueiros e broxantes. Além disso, por conta de um troféu de não matar nenhum civil durante o game, você não ganha tanto XP quando deveria tornando o jogo muito mais difícil do que ele é, mesmo na dificuldade normal em que eu estava jogando. Apanhei muito de bosses e de inimigos normais por conta disso, parecia que estava jogando um jogo da série Souls. Talvez o único ponto em que o game me agradou foi na questão dos civis, curá-los, transformar eles em vampiros ou até matál-los para obter XP é um mecanimso bem bacana e me agradou bastante, principalmente no final quando fui matando todos os civis (rs). A estória do jogo é bacana, apesar de ser bem clichê em alguns momentos, o fato do game te dar a opção de decidir o futuro de alguns personagens é bem legal. 

No primeiro momento, a platina do jogo parece fácil e rápida, e até é, porém por conta do troféu de não matar nenhum civil o jogo se torna um pouco mais demorado que ele é. Ao chegar no 6° capítulo fiz um backup save como descrito em todos os guias de troféus que acompanhei para futura obtenção dos coletáveis. Recomendo fortemente que leia muito bem os guias de coletáveis, me peguei em vários momentos perdido e com medo de algum NPC ter morrido, pois caso isto acontecesse teria que começar o game do zero. No final das contas deu tudo certo e platina subiu agora pouco. 

 

Nota do jogo: 7/10

  • Curtir 12

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

full-trophy_0.png

 

#66 - Titanfall 2

Mark of the Advocate

 

Na moral, que jogo foda. Eu tinha pego na PS Plus ano retrasado e só fui inventar de jogar agora. Melhor jogo de FPS da geração. Vamos ver se Modern Warfare 2019 faz eu morder minha língua. Mas como vai demorar pra eu pegar, afirmo por hora ser o melhor FPS da oitava geração. O único troféu que deu dor de cabeça foi o do time trial. Mais especificamente de ficar no top 3. Sábado fiquei mais de 5 horas tentando e até xinguei mentalmente Vince Zampella por isso. A propósito, vai tomar no cu Vince Zampella. Onde já se viu prender jogadores num time trial que define a dificuldade de jogo? E o pior é que veio isso desde os tempos dele na Infinity Ward com COD 4 Modern Warfare. Mas enfim, jogo muito bom. Quando zerei ele bateu uma bad pelo BT-7274. Não vou falar o que é, só recomendo quem ainda não jogou, jogue. 

  • Curtir 11

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

#132 - full-trophy_0.pngfull-icon.png

 

Sabe aquele jogo que é ruim, mas é bom? Então eis DBZ Kakarot, um mundo nada inovador, totalmente desinteressante, com umas quests secundárias irrelevantes, nada ali se destaca, mas apesar disso eu curti o jogo, quando ia jogar ficava horas, primeiro pela única mecânica (Além das batalhas) Que eu curti que era um sistemas de emblemas que por mais sem graça que fosse explorar o mundo e fazer as secundárias, liberava personagens que vc vai combinando em diferentes categorias pra subir % de atributos extras e isso me prendeu demais e me instigava a liberar sempre mais emblemas o segundo ponto e pra mim o principal que me fez gostar do jogo foi a história, "Ah! Mas todo mundo conhece a história de DBZ" Eu não, quer dizer eu assistia quando criança, mas não acompanhava a história, então muita coisa ali eu não sabia, nem entendia, só achava massa as porradinhas e gritos kkkk.... E graças ao jogo eu pude juntar os fragmentos de história que vi na infância e entender toda a narrativa vindo lá do Vegeta e terminando no Boo e isso foi muito satisfatório, Por isso por mais que o jogo fosse meio ruinzinho eu pude ter uma boa experiência.

 

Quanto a platina, bem tranquila, sem perdível, só chatinha por ter que fazer minha coisa, mas em torno de 40h já mata.

 

Momento da conquista:

 

 

 

EuSf9U-XcAYhbWA?format=jpg&name=small

 

Os brindes

rpgSilver.pngpoder_gold.png 

 

 

  • Curtir 11

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

275-  Assassin's Creed: Syndicate

 

spacer.png

 

 

Acredito ser o 2° pior AC que joguei perdendo apenas para o AC 3.

A história é totalmente fraca, mal prestava atenção, no futuro então nem se fale, todos os AC tem movimentação no futuro esse alem de não ter, tem umas três cenas rápidas e sem graça, só para falar que tem mesmo. A escalada é inexistente devido o gancho, não tem graça escalar no entanto devido a altura dos prédios a adição do gancho foi bem vinda pois iria demorar escalar as coisas. Os personagens são sem graças, quando não estão brigando tão falando besteiras, sem graça alguma. Acho que outro fator também para não gostar foi jogar os AC Origins e Odyssey antes deste, muda demais em tudo.

Em relação a platina é bem tranquila, requer feitos específicos no combate e coletavel, estes por sinais são muitos mas como aparecem tudo no mapa é tranquilo. O mais chato é o troféu de quebrar 5000 mil coisas enquanto pilota a carruagem, o que requer ficar o jogo todo andando igual idiota na calçada quebrando tudo e botando o terror.

 

Fiz também a DLC e é bem melhor que o jogo base. Só é bem curta e fácil, a Evie ficou muito feia nela, pois envelheceu um pouco. Os troféu da dlc é praticamente a mesma do jogo base, onde alguns fazem parte da história, outros de ações específicas e coletavel, só demora um pouco pois tem um troféu de fazer 100% em tudo da DLC.

  • Curtir 11
  • Triste 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

spacer.png

Concrete Genie

#Platina47

 

O que falar desse jogo ? Veio na plus e nem tinha intenção de jogá-lo agora, porém vi muitos comentários sobre o mesmo e animei. Não me arrependi não. Joguinho super simples com uma mensagem bacana bem fluído. Para crianças deve ser ainda mais um prato cheio com suas cores vivas, diálogos direto e a interação com os gênios que você mesmo desenha. Que proposta bacana. Gostei muito e não é um jogo que tenha dificuldades. Mais mesmo pegar os coletáveis, mas a maioria pega pelo caminho do jogo e no final sobram poucos. Recomendo o jogo à todos e pra quem tem filho pra jogarem juntos que devem gostar dessas cores, gênios e mexer o controle para pintar as paredes. Me lembrou um pouco o RIME, acho que por ser curto e ter uma história simples porém objetiva. Minha nota para esse vai ser alta 4.5/5.

  • Curtir 15

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

full-trophy_0.png

 

#67 - Concrete Genie

The Artist of Denska

 

Sabe aquele tipo de jogo que serve pra relaxar, que não te estressa? Esse é o caso de Concrete Genie. Graficamente pode não impressionar muitos, mas os efeitos de luz são o destaque. Melhor Plus essa de fevereiro até agora de 2021. 

  • Curtir 11

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

full-trophy_0.png

242 - Marvel's Spider Man: Miles Morales

Excelente game do novo miranha. Espetacular!

Nota: 10/10

Dificuldade: 2/10

full-trophy_0.png

243 - Flatland Prologue

Jogo plataforma legalzinho e super curto.

Nota: 6/10

Dificuldade: 2/10

full-trophy_0.png

244 - Moving Out

Nele vc trabalha em uma empresa de mudanças. Dá pra jogar solo ou em coop nas 30 fases+algumas extras. Não tem o brilho de Overcooked mas diverte sim.

Nota: 8/10

Dificuldade: 3/10

 

  • Curtir 10

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

174 -  Concrete Genie

The Artitst of Denska

 

full-trophy_0.png

 

Um joguete bem bacana que saiu na plus esse mês e tá todo mundo platinando rs.

Infelizmente o jogo não me prendeu tanto apesar de eu ter gostado da mecânica dele e do visual, apesar disso levei cerca de uns 4 dias jogando 2:30 h por dia para platiná-lo. Enfim, não vou falar muito sobre ele porque tá todo mundo cansado de ouvir deste game já rs.

 

Nota do jogo: 8/10

  • Curtir 12

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

full-trophy_0.png

245 - Sundered

Pra quem curte um bom metroidvania esse é um prato cheio, o jogo tem um estilo gráfico belíssimo, uma trilha sonora muito bonita, jogabilidade bem fluída, o mapa do jogo é fácil de entender e navegar e essa é uma das coisas mais importantes em jogos desse estilo. Além disso, tem bons personagens principais e um sistema de evolução bem simples. Conta com 3 finais diferentes, de acordo com o que vc faz com os 7 cristais anciãos, inclusive esses são os únicos troféus perdíveis do jogo, recomendo pegar todos e salvar na nuvem ou pendrive pra fazer tudo em uma jogada que leva em média 10 horas e não tem troféu de dificuldade.

Nota: 9/10

Dificuldade: 3/10

  • Curtir 11

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

#224 - Wolfenstein: The Old Blood

 

NeTC84x.png

 

Esse jogo foi lançado em 2015, mas só fui jogar agora. xD 
Wolfenstein: The Old Blood é um jogo de FPS. A campanha do jogo dura cerca de 4~6 horas dependendo da dificuldade escolhida e do jogador.
O jogo conta com troféus de dificuldade, coletáveis, desafios e troféus específicos dentro da campanha.
Basicamente é uma platina tranquila, a parte mais difícil é passar todos os 10 desafios do jogo com medalha de ouro, mas é uma questão de ficar tentando até conseguir. Dificuldade da platina: 4/10.

 

Eu gravei toda a jogatina enquanto buscava a platina, quem quiser dar uma olhada é só conferir aqui e também fiz um vídeo passando algumas dicas e explicando os diferentes tipos de troféus do game para quem tiver interesse em platinar no futuro.

  • Curtir 14

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

175 - Control + 100%

Director of the FBC

 

full-trophy_0.png

 

Acho que é a primeira vez que platino os 2 jogos da plus no mesmo mês que foram disponibilizados.

Desde o lançamento desse game fiquei com vontade de jogá-lo por conta dos poderes da Jesse e o game me satisfez muito nesse quesito. Achei a gameplay incrível e isso foi oque mais me agradou no jogo todo. A estória é um tanto quanto confusa, porém, se você prestar bastante atenção ela tem seus pontos altos e o plot é bem maneiro. Só uma coisa me incomodou durante a jogatina, que foi um certo lag após sair do menu de pausa do jogo, fora isso tudo tranquilo.

A platina do game é tranquila e não tem muito mistério, há vários guias que irão ajudar, ainda mais agora que o game saiu na plus. Vale ressaltar que habilitar as assistências não desabilita os troféus, ativei elas após zerar o game para progredir de forma mais rápida no endgame e nas DLC's, que aliás são bem legais e adicionam muito conteúdo ao jogo.. Enfim, recomendadíssimo! 

 

Nota do jogo: 8/10

  • Curtir 13

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

176 - We Were Here

The Curse of Castle Rock

 

full-trophy_0.png

 

Jogo que ficou de grátis até esses dias e eu estva esperando algum parceiro para poder começa-lo. A platina á muito rápida, fizemos em 45 minutos, mas além disso, a gameplay e o objetivo do jogo são muito legais, enquanto o explorador tem de executar as ações, o bibliotecário tem de ajudar a solucionar os puzzles do outro lado, uma ideia bem legal onde a comunicação entre os 2 personagens é feita através de um walkie-talkie. Enfim, o game é bem bacana porém bem curto, pretendo jogar as continuações futuramente.

Agradecimentos ao jogador StarCrusherKO pela parceria no game, Valeu!

 

Nota do joog: 8/10

  • Curtir 10

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

full-trophy_0.png

246 - Shiny

Jogo de plataforma bem básico e simples mas divertido.

Nota: 6,5/10

Dificuldade: 2/10

full-trophy_0.png

247 - Vosaria: Lair of the Forgotten

Jogo de plataforma com um visual bem simples, mas com uma gameplay bem diferente. Vc deve alternar entre o chão e o teto para evitar inimigos, formar estratégias de combate e encontrar itens e armas. Achei curto e sem muitos desafios, mas com certeza valeu a pena.

Nota:8/10

Dificuldade: 4/10

  • Curtir 9

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

177 - Middle-earth: Shadow of War + 100%

The Bright Lord

 

full-trophy_0.png

 

Gostei muito dessa sequência direta do Shadow of Mordor, a gameplay segue os mesmos moldes do primeiro jogo e é aprimorada em algumas questões, de qualquer forma, a jogabilidade continua fluida e boa de se jogar. Também gostei muito da campanha desse jogo, para mim superou a do primeiro em todos os quesitos. Uma evolução muito boa em relação ao primeiro game, espero que um dia possamos ter uma trilogia.

Não achei uma plátina difícil, na verdade ela é de um nível muito similar a do primeiro. Ainda há os troféus relacionados aos capitães, coletáveis e outros como o Shadow of Mordor. De acordo com alguns guias de troféus o troféu mais difícil do jogo está na segunda dlc, você precisa terminar a dlc com um rank ouro, tem 2 troféus muito similares nas 2 dlcs do primeiro jogo, porém este é muito mais fácil e tranquilo do que as do jogo anterior, recomenda-se que faça na segunda jogada da dlc, mas dá pra fazer de primeiro tranquilo, terminei com 1:42 h e da pra pegar todos os troféus em uma única jogada tbm, além disso, recomendo que vá fazendo o upload dos saves para a nuvem caso morra e também para manter um controle do tempo.

Enfim, jogo recomendadíssimo!

Agradecimentos ao usuário Devellopper pelo empréstimo da conta com o jogo, valeu!

 

Nota do jogo: 9/10

  • Curtir 10

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

spacer.png

 

RESIDENT EVIL RESISTANCE

 

consegui na raça, tem uns troféus encardidos, o mais chato é o meddling kids, de derrotar 3 vezes numa partida uma BOW.

sem organização e jogando com aleatórios é muito dificil.

 

a capcom quis um multiplayer tipo o dead by daylight pra fazer dinheiro com cosméticos e impulso de XP mas falhou miseravelmente

 

ela até ja abandonou o jogo  e nao vai ter mais atualização, enquanto o DBD foi lançado em 2016 e tem de 3 a 4 atualizações por ano

  • Curtir 10

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

280- The Last of Us Parte II

 

spacer.png

 

Antes de iniciar, agradeço o Margove pelo empréstimo do jogo, obrigado pela confiança parceiro.

 

Sou sonysta assumido, mas não entendi porque este jogo ganhou o goty. Não é ruim longe disso, no entanto o 1 é muito melhor.

Para mim a história não é ruim o que fode é do jeito que é contada, muito longa e algumas partes desnecessárias.

Não ligo para a lacração pois quem jogou a dlc da Ellie no 1 já sabia disso.

A gameplay é fantástica, mas não tem diferença entre a Ellie e Abby somente as armas tem algum impacto de resto é quase igual, isso deixou um pouco a desejar. Bom os gráficos não tem o que falar a Naughty Dog arrebenta em todos os jogos, estão praticamente perfeitos igual a vida real kkk.

A platina é bem fácil, pois trata-se apenas de coletavel, não tem nada que faça parte da história além do troféu de zerar o jogo. Já o 100% iria dar trabalho se não fosse o glitch de usar os modificadores de jogo, com o glitch fica bem facil, só habilitar morte com 1 tiro e munição infinita pronto feito o 100%

 

Abaixo o porque acho a história mal contada.

 

Primeiro já que controlar a Abby não tem muita diferença, poderia focar mais na Ellie indo para Santa Barbara ao invés de dar aquele rolê todo com a Abby, claro que ver a versão dela é bom para entender o motivo, mas se estica diversas vezes as indas e vindas para o aquário. As partes com as crianças cicatrizes para mim ficou muito forçado. Ficou meio que: vou ajudar eles pq me ajudaram e fodaC. Não vi motivo para ajudar eles depois que colocaram no posto de controle, ainda mais pq a Abby era a campeã de matar cicatriz.

 


Achei que o jogo iria terminar com a Ellie indo para Santa Barbara para justificar um 3 game, mas do nada se teletransporta para lá e fodaC já que o caminho é longo acredito pecaram nessa parte.

Agora não vejo mais motivo para um 3 game a não ser que seja uma busca da Ellie pela Abby afim de realizar o planejamento dos vagalumes do 1 jogo para ser feito a vacina, seria bacana um 3 game nesses moldes.

É isso se não fosse essa enrolação toda da história seria muito melhor.

 

  • Curtir 9
  • Esplêndido 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

full-trophy_0.png

117# Arcade Game Series: Ms. Pac-Man - Retro Gamer


Praticamente o mesmo padrão do Arcade Game Series: Pac-Man, e assim como os outros jogos do arcade game series é possível fazer backup do salve para caso falhar, facilitando diversos troféus.

full-trophy_0.png

118# Arcade Game Series: Galaga - Retro Gamer


Outro clássico bacanudo, e assim como os outros arcade game series é bem fácil de platinar.

 

full-trophy_0.png

119# Sniper Elite V2 Remastered - Platinum Remastered


O Jogo se passa em 1945 na Alemanha ao final da segunda guerra mundial, onde o atirador Karl Fairburne tem a missão de impedir o projeto V2, enfrentando nazistas e soviéticos pelo caminho.


A lista de troféus é quase a mesma do PS3, inclusive mantendo os troféus online, e adicionando cerca de seis novos troféus, que são por missões que eram DLC no PS3. Os online da pra fazer facilmente com um amigo; os troféus por mortes podem ser feitos em qualquer modo, e o único demorado é por pegar inimigos em movimento; enquanto que terminar na maior dificuldade é bem mais fácil de fazer do que em seu sucessor, visto que mantem os checkpoints. Tem também um troféu por não ser detectado na missão de Saint Pierre que pode dar algum trabalho, devido a não poder usar o rifle.
 

  • Curtir 8

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites
 

280- The Last of Us Parte II

 

spacer.png

 

Sou sonysta assumido, mas não entendi porque este jogo ganhou o goty. Não é ruim longe disso, no entanto o 1 é muito melhor.

R: Só olhar os concorrentes de cada ano, 2020 quem poderia tirar prêmio dele seria o FF7 mas por ser feito como um remake talvez isso tenha pesado contra, 2013 Last não ganhou pq tinha GTA no páreo, goste ou não mas 7 anos depois continua sempre entre os mais vendidos e jogados. Fora isso olha a perfeição técnica do Last 2, a mixagem de som, a reação aos tiros que vc recebe e que dá nos inimigos as expressões faciais das mortes, tu pode criticar a história e tem pontos a serem criticados msm, mas tecnicamente Last 2 é impecável. 

 

Para mim a história não é ruim o que fode é do jeito que é contada, muito longa e algumas partes desnecessárias.

Não ligo para a lacração pois quem jogou a dlc da Ellie no 1 já sabia disso.

A gameplay é fantástica, mas não tem diferença entre a Ellie e Abby somente as armas tem algum impacto de resto é quase igual, isso deixou um pouco a desejar.

Então, tem até uma diferença considerável nas duas, lembrando que são duas humanas ngm aqui tem poder pra se diferenciar muito de um para o outro. Mas por exemplo A Ellie é magra, fraca e ágil o estilo de play dela é stealth, sair na mão com a Ellie mesmo com canivete era uma bosta, Já a Abby é forte, grande e mais lenta ela tanka mais e por diversas vezes eu pude sair na mão só no soco com mais de um inimigo ao mesmo tempo que a Abby se virava, daí a diferenciação das armas uma sendo mais stealth e outra mais soldado msm.

 

Bom os gráficos não tem o que falar a Naughty Dog arrebenta em todos os jogos, estão praticamente perfeitos igual a vida real kkk.

Mais um ponto pra reforçar o GOTY

A platina é bem fácil, pois trata-se apenas de coletavel, não tem nada que faça parte da história além do troféu de zerar o jogo. Já o 100% iria dar trabalho se não fosse o glitch de usar os modificadores de jogo, com o glitch fica bem facil, só habilitar morte com 1 tiro e munição infinita pronto feito o 100%

 

Abaixo o porque acho a história mal contada.

 

 

 

  • Curtir 2

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

#133 - full-trophy_0.pngfull-icon.png

 

Gostei das mudanças que foram aplicadas e toda a pegada RPG, jogabilidade, exploração e combate, ponto fraco pra mim foi a história que dá uma engatada no fim mas até lá eu já estava desinteressado pelo desfecho. A platina é fácil mas um pórre ter que vasculhar mais de 300 locais, tornou bem repetitivo e massante me lembrou Mad Max. 

 

Momento da conquista: 

9k__(1920%C3%971080)_-_Google_Chrome.jpg

  • Curtir 9

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites
 

 

 

Claro, compreendo seu ponto de vista e claro que quase tudo é impecável. 

Esse ponto de diferença de gameplay da Ellie e Abby que vc citou eu não senti diferença principalmente jogando no Hard que foi onde eu comecei, tentei fazer quase tudo no stealth.

 

Sobre o remorso da Abby. Não me desceu ainda, o que ela fez para sentir remorso? Se foi a atitude no início do jogo, não precisava até pq não se arrependeu. Mas se foi outros pontos ao longo da história eu não percebi.

 

 

Não joguei RDR2 mas eu acredito pelo que vi pra mim talvez seja melhor que o tlou2, mais divertido e sem 'enrolação'. Aquelas indas e vinda no Aquário e Teatro foi o que mais me desanimou.

  • Curtir 2

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites
 

Aquelas indas e vinda no Aquário e Teatro foi o que mais me desanimou.

Nossa um porre mesmo essa parte pqp..

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites
 

Claro, compreendo seu ponto de vista e claro que quase tudo é impecável. 

Esse ponto de diferença de gameplay da Ellie e Abby que vc citou eu não senti diferença principalmente jogando no Hard que foi onde eu comecei, tentei fazer quase tudo no stealth.

Sim, como falei a diferença não é tão grande pq são duas humanas e ngm tem poder pra diferenciar muito, mas a Abby é mais tank e aguenta bem mais na porrada.

 

Sobre o remorso da Abby. Não me desceu ainda, o que ela fez para sentir remorso? Se foi a atitude no início do jogo, não precisava até pq não se arrependeu. Mas se foi outros pontos ao longo da história eu não percebi.

Perfeita colocação, remorso e arrependimento são coisas diferentes e em nenhuma momento ela se arrependeu msm. Remorso implica em uma tristeza e sentimento de culpa de algum ato, não necessariamente você se arrepende dele. Exemplo: Tô na selva com fome matei um animal com minhas próprias mãos pra poder comer, eu posso ter remorso por esse ato, mas me arrependo? Não. Tendeu? Agora, vamos para o spoiler.

Vou dar uma aprofundada por isso o spoiler, ela não se arrependeu pelo que fez com Joel, mas notavelmente sente culpa por isso, antes o monstro e vilão era ele, só que ao ter aquela atitude ela passou a ser o monstro, na cabeça dela, basta ver como ela se comporta ao tocar no assunto, em nenhum momento ela bate no peito e se orgulha, pelo contrário ao falar com Owen é sempre em tom de lamentação, de que é tarde demais (Porque ela cruzou a linha e agora ela é o monstro), quando a grávida confronta ela, ela só abaixa a cabeça e concorda, pq? Culpa e remorso. Fora isso ela não é uma pessoa má, ela gosta de doguinhos huehue... Mas enfim você nota pelos flashbacks que ela não era nada fodana e sem sentimentos, era bem ingênua e até aprendeu com o pai a salvar zebras indefesas. E olha só! Na noite da transa no sonho, no lugar do pai dela quem ela viu sendo morto? As crianças. "Ah, mas ela já matou vários cicatrizes, ficou forçado, ela não é assim"... De fato, ela matou mas tbm continuou a matar normalmente, o que mudou? Fora que foi mostrado o recorte de 3 dias dela adulta, não dá pra deduzir se ela é racional ou não, pelo contrário a julgar pelo pouco que vi ela é bem mais emotiva até mesmo que a Ellie. E pelos recordes do passado dela, acho que seria mais propensa a ajudar que dizer foda-se. Junte isso ao fato de estar se sentido culpada, e um mostro, temos ações não tão racionais sendo feitas pra ajudar pessoas que acabamos de conhecer. 

 

Não joguei RDR2 mas eu acredito pelo que vi pra mim talvez seja melhor que o tlou2, mais divertido e sem 'enrolação'. Aquelas idas e vinda no Aquário e Teatro foi o que mais me desanimou.

 

  • Curtir 2

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Visitante
Responder a este tópico

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


×
×
  • Criar Novo...