Ir para conteúdo
richardgunner

[Arena] Procuramos entender o preço de R$ 3999 do PlayStation 4

Recommended Posts

O PlayStation 4 é caro , isso ninguém discute. E sabemos sobre como a carga tributária de nosso País faz com que diversos produtos tenham um valor mais elevado por aqui, mostrando uma grande discrepância mesmo quando comparados aos nossos países vizinhos . Mesmo assim, quando a Sony afirmou que 60% a 70% do preço de seu próximo console é devido a taxas, muitos chacoalharam a cabeça, sem acreditarem que a alteração poderia ser tanta.

 

No entanto, há mais fatores incidindo em toda a operação necessária para trazer o PlayStation 4 até o País, que explicariam o alto valor do console. Se fôssemos levar em consideração apenas os impostos, como explicou o advogado tributarista Fernando Vaisman, a conta não bateria. De acordo com os cálculos de Vaisman, a carga total seria de 138%. Essa porcentagem, aplicada ao valor de US$ 399 cobrado no console nos EUA (que já conta com o lucro do lojista de lá) levaria o valor total a pouco mais de R$ 2 mil, longe dos R$ 4 mil anunciados pela Sony.

 

Só que existem diversos outros valores, ou difíceis de serem calculados ou que não são liberados pelas empresas, que somam e aumentam consideravelmente o preço final. "Sem saber a margem de revenda nunca vamos saber qual a carga tributária total," disse Vaisman, ao deixar claro que seu cálculo é uma aproximação baseada nas tributações que podemos aplicar ao tipo de produto dentro do qual consoles de videogames se encaixam.

 

O que costumeiramente não é levado em conta são os custos de operação e de logística que, além de serem vários, são também mais caros no Brasil do que em outros países. "Há o frete até o País, custo de transporte e armazenagem, que são maiores do que o de países vizinhos como Chile e Argentina," disse Felipe Quintas, despachante aduaneiro. Segundo Quintas, a razão dada pela Sony, de que até 70% dos R$ 4 mil são provenientes de taxas, é plausível.

 

Há também o lucro dos lojistas brasileiros (cujo valor exato para consoles não é divulgado, porém é menor do que os cerca de  30% de lucro bruto  para jogos) e o fato do PlayStation 4 já vir pronto para o Brasil. Quintas disse que se um produto é trazido para cá até 70% pronto, ele é considerado como peças e partes, o que diminui o imposto cobrado em cima dele. A assessoria da Sony nos disse que os consoles virão para o Brasil já montados, fazendo com que as taxas sejam ainda mais altas (qualquer produto que venha 80% finalizado é considerado pronto).

 

Outro tipo de custo que normalmente não consideramos é aquele causado pelas dificuldades envolvidas na logística. "Duvido que alguém saiba tudo do direito tributário no Brasil", afirmou  Francisco Zavascki, também advogado tributarista. Segundo Zavascki, a própria complicação e burocracia de nossa área tributária fazem com que os gastos de logística aumentem. Exemplifica, "um estudo mostrou que uma montadora da Suécia precisava de duas pessoas no setor tributário para operar. Uma montadora da mesma empresa, no Brasil, requer 200 pessoas na área".

 

Após a aplicação de todos os tributos, que são incididos em imposto sobre imposto (ou em cascata), Quintas calcula que podemos considerar quase 200% de tributos sobre o preço original. Depois disso ainda há a aplicação do ICMS, que varia de Estado para Estado e é pago em cima do preço já alterado por outros impostos, e do lucro dos lojistas. Soma-se a isso a cotação atualmente alta do dólar e beiramos os R$ 4 mil anunciados pela Sony.

 

Em 2010, antes do início da fabricação do Xbox 360 no Brasil , a Microsoft foi capaz de reduzir o preço de seu console (de R$ 1249 para R$ 999 no modelo arcade ) e deixá-lo abaixo do valor cobrado na época pelo PlayStation 3, sendo que ambos tinham preços equivalentes nos EUA. Isso foi possível porque, de acordo com Guilherme Camargo, ex-gerente de marketing do Xbox Brasil, em entrevista ao Gizmodo , havia uma subsidiação da Microsoft global, que vendia o Xbox 360 para o mercado brasileiro por um custo reduzido. Quando questionadas, tanto a Sony quanto a Microsoft não quiseram comentar se tal subsídio existirá para o PlayStation 4 e Xbox One.

 

Fonte: Arena IG

 

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Ué, então a RF brasileira tem que fazer algo em relação a Microsoft. Pq ela ta importando o console tbm e não esta cobrando tudo isso. Será que tão sonegando imposto?

 

 

Aaaaaah, me poupe! Esse preço é um roubo, é irreal e inviável. Se você acha que ele esta certo e é uma cobrança devida, eu acho que você tem algum probleminha....

  • Curti 2

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Temos q lembrar q a Microsoft é uma empresa com anos de mercado no Brasil, e q estes acordos por subsídios são muito comuns entre governos e grandes empresas. Portanto, não seria incomum se a Microsoft tenha entrado em acordo com o governo brasileiro para ter uma redução de impostos tributários e de importação que fariam o mercado dar preferência ao seu produto ao invés do da Microsoft.

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Por mais que se tenha uma grande cota de impostos a serem cobrados sobre o PS4, o valor final de 4k é absurdo. 

 

Até as pessoas com situação de vida melhor ($$$) certamente irão pensar 2 vezes no momento de comprar o aparelho....

 

Pessoalmente, não tenho as minimas condições de bancar um aparelho deste custo "/

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

O problema é que não existe essa desculpa dos impostos, SE existisse a Microsoft também teria que ter lançado o Xbox One nesse preço por aqui. E não galera, a M$ NÃO arcou com os impostos e ficou com o prejuízo, quem pensa isso é muito ingênuo e não conhece a M$...

A questão aqui é, a Sony encontrou uma forma de sugar grana do povo brasileiro gamer de uma forma, e provavelmente irão explorar isso (a não ser que o preço que deram seja uma jogada de marketing muito épica). Eu pessoalmente consigo comprar o aparelho por esse preço, mas eu me recuso. Tenho outras prioridades atualmente, e gastar 4k em um videogame não é uma dessas.

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Temos q lembrar q a Microsoft é uma empresa com anos de mercado no Brasil, e q estes acordos por subsídios são muito comuns entre governos e grandes empresas. Portanto, não seria incomum se a Microsoft tenha entrado em acordo com o governo brasileiro para ter uma redução de impostos tributários e de importação que fariam o mercado dar preferência ao seu produto ao invés do da Microsoft.

 

Ué, mas a Sony também é uma empresa com anos de mercado no Brasil, inclusive fabrica o PS2 na zona franca de Manaus desde 2010.

Ela poderia fazer o mesmo "acordo", se é que houve algum, com o governo brasileiro. :duvida:

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Depois que eu soube que o primeiro lote vai vim de fora tb ñ leio nem a segunda linha sobre quererem explicar esse roubo... ( pensando em vario palavrões agora)

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

O problema é que não existe essa desculpa dos impostos, SE existisse a Microsoft também teria que ter lançado o Xbox One nesse preço por aqui. E não galera, a M$ NÃO arcou com os impostos e ficou com o prejuízo, quem pensa isso é muito ingênuo e não conhece a M$...

A questão aqui é, a Sony encontrou uma forma de sugar grana do povo brasileiro gamer de uma forma, e provavelmente irão explorar isso (a não ser que o preço que deram seja uma jogada de marketing muito épica). Eu pessoalmente consigo comprar o aparelho por esse preço, mas eu me recuso. Tenho outras prioridades atualmente, e gastar 4k em um videogame não é uma dessas.

Como assim "jogada de marketing" épica?

Que tipo de jogada de marketing faz o público alvo declarar que vai desistir não só do console mas também da empresa?

E a galera que já se antecipou em procurar uma pré-venda do X-Box One porque não pode bancar o preço da Sony? Será que vão todos cancelar depois de anunciarem um novo preço?

 

Se for uma jogada de marketing mesmo, a única situação aonde a palavra "épica" pode ser aplicada é pra descrever a idiotice do departamento de marketing do PS4 aqui no Brasil.

  • Curti 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Queria que todos os brasileiros tivessem condições de ir ao exterior e comprar aquilo que desejam. Seria o fim dessas putarias.

  • Curti 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Bem, pelo o que entendi, PS4 já vem montado para o Brasil, o que o deixa bem mais caro que o Xbox One, que embora tenha as peças trazidas de fora, é montado aqui

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Como assim "jogada de marketing" épica?

Que tipo de jogada de marketing faz o público alvo declarar que vai desistir não só do console mas também da empresa?

E a galera que já se antecipou em procurar uma pré-venda do X-Box One porque não pode bancar o preço da Sony? Será que vão todos cancelar depois de anunciarem um novo preço?

 

Se for uma jogada de marketing mesmo, a única situação aonde a palavra "épica" pode ser aplicada é pra descrever a idiotice do departamento de marketing do PS4 aqui no Brasil.

 

Jovem, a Sony sabe que brasileiro é burro-pra-carvalho, o que eles fazem?

 

Anunciam um preço de 4K, depois baixam pra 2,5K e fica todo mundo feliz e corre pra comprar...é esse o efeito que essas coisas causam no consumidor.

  • Curti 2

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Jovem, a Sony sabe que brasileiro é burro-pra-carvalho, o que eles fazem?

 

Anunciam um preço de 4K, depois baixam pra 2,5K e fica todo mundo feliz e corre pra comprar...é esse o efeito que essas coisas causam no consumidor.

 

Se ela lançar o PS4 a 2,5k vai fazer muito doido comprar de imediato, quando sai mais barato ir comprar na terra do Tio Sam.

  • Curti 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Bem, pelo o que entendi, PS4 já vem montado para o Brasil, o que o deixa bem mais caro que o Xbox One, que embora tenha as peças trazidas de fora, é montado aqui

 

O Xbox One também já vem montado para o Brasil, pelo menos os primeiros lotes. 

 

Não sei da onde este despachante colocou 138% de imposto e o outro 200% de imposto, só se margem de lucro dos caras for de uns 100% sobre o que eles importam. Se for isso, melhor aposentar todos os importadores e começar a importar tudo como pessoal física que está mais barato... tipo, BEM mais barato (cerca de 100% de imposto). Até onde sei a ideia dos importadores é importar em grande número justamente para sair mais BARATO do que alguém que importe como pessoa física... mas Brasil os caras só pensam em lucro, lucro, lucro e foda-se qualquer qualidade de serviço.

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Lembrando que o lucro a SOny ja tem ao mandar o ps4 a 400 dolares pra cá. Estao querendo ter lucro sobre o lucro, mas brasileiro ja ta acostumado a pagar isso em tudo que consome


e quanto ao x1, vi uma entrevista que ele será totalmente importado. nao irao montar/fabricar aqui logo de cara

  • Curti 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Jovem, a Sony sabe que brasileiro é burro-pra-carvalho, o que eles fazem?

 

Anunciam um preço de 4K, depois baixam pra 2,5K e fica todo mundo feliz e corre pra comprar...é esse o efeito que essas coisas causam no consumidor.

Continua sendo uma estratégia de marketing burra.

Já tem muito lojista dizendo que os preços da Sony BR são impraticáveis. Nunca é interessante você fazer o consumidor declarar que não vai comprar seu produto. Os revendedores não vão pedir pra Sony mandar o console porque não tem ninguém pedindo na pré-venda.

 

Existe realmente essa parcela de brasileiros que está acostumada a pagar a metade do dobro na Black Friday, mas esse não é o público alvo da Sony. Concordo que vai ter uma galera que vai babar quando na vitrine do shopping aparecer "De R$3.999 para apenas R$2.499". Mas os problemas gerados pelo anúncio de R$3.999 podem ter sido irreversíveis.

 

O problema é que já teve uma gama de vídeos, imagens na internet ou links de sites de lojas mostrando que importando o console você paga algo em torno de R$1.900 - 2.100.

A partir do momento que você cria uma campanha de marketing pra um produto nacional que acaba divulgando que comprar um importado é mais barato, você falhou miseravelmente.

 

Outro problema é aquele consumidor que pegou a grana do PS4 e já pegou o XBox One na pré-venda.

Os gamers que tem dois consoles da mesma geração são minoria aqui no Brasil. A maioria opta por um só e vai com ele até o fim da geração.

 

Resumindo, esses são os 3 erros que eu acho que existem nessa estratégia de marketing:

 

  • Fazer com que consumidores declarem que não tem intenção de compra;
  • Gerar um cenário propício pras importadoras/exportadoras divulgarem seus preços;
  • Acabar jogando consumidores em potencial direto no colo da Microsoft.

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

 

Continua sendo uma estratégia de marketing burra.

Já tem muito lojista dizendo que os preços da Sony BR são impraticáveis. Nunca é interessante você fazer o consumidor declarar que não vai comprar seu produto. Os revendedores não vão pedir pra Sony mandar o console porque não tem ninguém pedindo na pré-venda.

 

Existe realmente essa parcela de brasileiros que está acostumada a pagar a metade do dobro na Black Friday, mas esse não é o público alvo da Sony. Concordo que vai ter uma galera que vai babar quando na vitrine do shopping aparecer "De R$3.999 para apenas R$2.499". Mas os problemas gerados pelo anúncio de R$3.999 podem ter sido irreversíveis.

 

O problema é que já teve uma gama de vídeos, imagens na internet ou links de sites de lojas mostrando que importando o console você paga algo em torno de R$1.900 - 2.100.

A partir do momento que você cria uma campanha de marketing pra um produto nacional que acaba divulgando que comprar um importado é mais barato, você falhou miseravelmente.

 

Outro problema é aquele consumidor que pegou a grana do PS4 e já pegou o XBox One na pré-venda.

Os gamers que tem dois consoles da mesma geração são minoria aqui no Brasil. A maioria opta por um só e vai com ele até o fim da geração.

 

Resumindo, esses são os 3 erros que eu acho que existem nessa estratégia de marketing:

 

  • Fazer com que consumidores declarem que não tem intenção de compra;
  • Gerar um cenário propício pras importadoras/exportadoras divulgarem seus preços;
  • Acabar jogando consumidores em potencial direto no colo da Microsoft.

 

Só digo uma coisa:

 

Todas as pessoas que mostraram intenção de comprar o Xbox One após o anúncio do preço da Sony vão comprar o PS4 depois do dia 24.

 

Fim.

  • Curti 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Confesso ... não li tudo, acho que me perdi logo no 2° parágrafo pelo fato de que o assunto já ta enxendo o saco :face6:

 

 

~Como o Soni disse, esse preço é um absurdo, extremamente não acessível ... acho que todo mundo esperava que seria um pouco caro pelo fato da "nova tecnologia" que o envolve e tudo mais !! Só que tenho uma pergunta ...

 

 

"Pra que público foi feito o console?"

 

 

 

Até quem tem dinheiro confessa que o valor é extremo !! Eu sou um dos que vai aguardar, assim como no PS3, lançarem um slim e esse caixotão virar um pouco mais acessível na média de umas 2mil Dilmas !! :champion:

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Acho muito precipitado o povo sair declarando que vai comprar o concorrente.... o certo era não comprar nenhum...

 

Agora os fiscais podem crescer os olhos para a importação por pessoa física... eles não taxam pelo valor do produto aqui no Brasil?

  • Curti 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Só digo uma coisa:

 

Todas as pessoas que mostraram intenção de comprar o Xbox One após o anúncio do preço da Sony vão comprar o PS4 depois do dia 24.

 

Fim.

Tá. Beleza, cara...

 

Vamos fingir que não tem um monte de gente já de saco cheio de como a Sony Brasil tratou os consumidores nessa geração. Vamos fingir que tá todo mundo satisfeito com a PSN nacional que pratica preços abusivos, não tem facilidade de pagamento, e não tem plano Plus. Vamos fingir também que ninguém foi lesado na compra do Beyond Two Souls aqui no Brasil. E vamos fingir que PS Vita "nacional" tá vendendo que nem sorvete no verão.

 

Você tá certinho! Ninguém tem motivos ou intenção de largar a Sony nessa próxima geração. O marketing da Sony foi épico! Não só pela genialidade, mas também pelo timming. É exatamente o momento certo de se fazer isso.

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Tá. Beleza, cara...

 

Vamos fingir que não tem um monte de gente já de saco cheio de como a Sony Brasil tratou os consumidores nessa geração. Vamos fingir que tá todo mundo satisfeito com a PSN nacional que pratica preços abusivos, não tem facilidade de pagamento, e não tem plano Plus. Vamos fingir também que ninguém foi lesado na compra do Beyond Two Souls aqui no Brasil. E vamos fingir que PS Vita "nacional" tá vendendo que nem sorvete no verão.

 

Você tá certinho! Ninguém tem motivos ou intenção de largar a Sony nessa próxima geração. O marketing da Sony foi épico! Não só pela genialidade, mas também pelo timming. É exatamente o momento certo de se fazer isso.

 

Brasileiro está acostumado com descaso.

 

Vamos fingir que temos uma educação boa.

 

Vamos fingir que temos governantes bons.

 

Vamos fingir que temos saúde pública de qualidade para o povo.

 

Vamos fingir que nosso país tem futuro.

 

O que a Sony fez foi só enxergar o lado cultural do nosso país, daqui um tempo ninguém vai mais estar reclamando dos preços, vê se alguém reclama do preço do iPhone ou do iPad? Itens inúteis apenas para aumentar o status, e que as pessoas fazem fila pra comprar. Com o PS4 vai ser a mesma coisa.

  • Curti 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Brasileiro está acostumado com descaso.

 

Vamos fingir que temos uma educação boa.

 

Vamos fingir que temos governantes bons.

 

Vamos fingir que temos saúde pública de qualidade para o povo.

 

Vamos fingir que nosso país tem futuro.

 

O que a Sony fez foi só enxergar o lado cultural do nosso país, daqui um tempo ninguém vai mais estar reclamando dos preços, vê se alguém reclama do preço do iPhone ou do iPad? Itens inúteis apenas para aumentar o status, e que as pessoas fazem fila pra comprar. Com o PS4 vai ser a mesma coisa.

Você só se esqueceu de que o consumidor brasileiro também gosta de levar vantagem.

E é ai que entra o fato do marketing épico ter criado espaço pra importadoras e XBox One. Não adianta simplesmente agora abaixar o preço pra R$2.500. O cara antes de comprar, vai pensar que pelo mesmo preço ele compra um Xbox One nacional com um ou dois jogos... Ou então importa um PS4 com um jogo e um controle extra.

E como o cara sabe disso?! Porque no meio desse falatório que a Sony BR criou, um monte de gente resolveu vender seu peixe.

 

É só olhar esse tópico: http://forum.mypst.com.br/index.php/topic/29464-gamegen-o-que-podemos-comprar-com-o-pre%C3%A7o-do-playstation-4-nacional/

 

Olha a última comparação e pensa se estratégia boa de marketing é aquela que cria a chance de um concorrente mostrar vantagem no produto dele.

 

Mas se você não quiser acreditar no que eu tô falando, pergunta pra alguém que estuda ou trabalha com publicidade e expõe esses fatos que eu mostrei nos meus comentários. Pergunta se, mesmo com o povo sendo tão ignorante como você diz que é, vale a pena manchar o nome e a imagem da empresa quando ela ainda não conseguiu implementar sua linha de produtos nacionais no mercado.

 

O objetivo da Sony BR é vender os produtos dela, e não fazer a galera importar.

 

Se hoje a Sony matriz resolvesse colocar trava de região nos consoles, ela perderia o mercado brasileiro fácil pra Microsoft! A imensa maioria dos jogos e consoles vendidos aqui, vieram do exterior.

A hora agora é de reformulação em algumas políticas da empresa, atender os pedidos dos consumidores tais como Plus BR e novos meios de pagamento na PSN. Não de jogadas de marketing "épicas".

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Você só se esqueceu de que o consumidor brasileiro também gosta de levar vantagem.

E é ai que entra o fato do marketing épico ter criado espaço pra importadoras e XBox One. Não adianta simplesmente agora abaixar o preço pra R$2.500. O cara antes de comprar, vai pensar que pelo mesmo preço ele compra um Xbox One nacional com um ou dois jogos... Ou então importa um PS4 com um jogo e um controle extra.

E como o cara sabe disso?! Porque no meio desse falatório que a Sony BR criou, um monte de gente resolveu vender seu peixe.

 

É só olhar esse tópico: http://forum.mypst.com.br/index.php/topic/29464-gamegen-o-que-podemos-comprar-com-o-pre%C3%A7o-do-playstation-4-nacional/

 

Olha a última comparação e pensa se estratégia boa de marketing é aquela que cria a chance de um concorrente mostrar vantagem no produto dele.

 

Mas se você não quiser acreditar no que eu tô falando, pergunta pra alguém que estuda ou trabalha com publicidade e expõe esses fatos que eu mostrei nos meus comentários. Pergunta se, mesmo com o povo sendo tão ignorante como você diz que é, vale a pena manchar o nome e a imagem da empresa quando ela ainda não conseguiu implementar sua linha de produtos nacionais no mercado.

 

O objetivo da Sony BR é vender os produtos dela, e não fazer a galera importar.

 

Se hoje a Sony matriz resolvesse colocar trava de região nos consoles, ela perderia o mercado brasileiro fácil pra Microsoft! A imensa maioria dos jogos e consoles vendidos aqui, vieram do exterior.

A hora agora é de reformulação em algumas políticas da empresa, atender os pedidos dos consumidores tais como Plus BR e novos meios de pagamento na PSN. Não de jogadas de marketing "épicas".

 

 

A cultura de levar vantagem do brasileiro é para adquirir o que ele quer com o menor preço possível, nem que pra isso ele tenha que importar.

 

E na boa, tu acha que a Sony se importa com a "imagem" dela aqui no Brasil? O que ela quer claramente é ganhar mercado onde ela perdeu na geração anterior: EUA. Na Ãsia e na Europa a Sony tem um ótimo mercado, e ótimos consumidores, mas o problema foi que na geração do PS3, quando o videogame começou a ficar relevante e começaram a aparecer games de qualidade, a Europa caiu em crise e a Sony perdeu um dinheiro bom ali com consoles encalhados. Ai só sobrou a Ãsia, sendo que os EUA já estavam dominados pela Microsoft. 

Eu concordo com seu ponto de vista cara, também concordo que a Sony deveria incentivar nós brasileiros a adquirir seus produtos da forma mais legal possível, e com um preço justo, mas o problema é que mesmo com todo o crescimento que o mercado brasileiro de games teve, a Sony não nos enxerga como relevante nessa "guerra" dos consoles, já a Microsoft foi mais esperta e foi além. E o problema é que a Sony nos últimos anos não teve prejuízos só no setor de games, em diversos outros também, como por exemplo na linha de TV's, a Samsung está dominando o mercado...a Sony precisa mesmo mudar suas políticas, mas orientais são conservadores, e eles só vão mudar quando estiverem à beira do abismo....ou viram uma nova "SEGA" da vida...

Das duas uma: ou a Sony nos surpreende de tal forma que vai conseguir dominar o mercado brasileiro, ou eles entregam tudo de bandeja nas mãos da Microsoft.

  • Curti 1

Compartilhe esta postagem


Link to post
Share on other sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um membro para fazer um comentário.

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...