Ir para conteúdo

washsou

Trophy Hunter
  • Total de itens

    1814
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que washsou postou

  1. washsou

    Novo Fórum mypst

    Na torcida aqui também Giba, pelo menos o fórum está aí, e isso com os guias já é grande coisa.
  2. É mais que certo que vai sair um Kill Zone novo e pelo final de HZD, uma continuação é obrigatórao. Cara, como me diverti nesse jogo... Muito interessante sua ideia hein?
  3. Já tenho o Detroit, mas realmente para geral, a troca foi boa. Esse mês a Sony mandou bem, seja por acidente ou não...
  4. Gostei desse Capcom Beat 'Em Up Bundle, já tá na mão.
  5. O que essa pesquisa mostra é o que todos já devem ter percebido, a Rockstargames é umas das empresas mais competentes da área, todos os seus jogos são excelentes e GTA V é a prova incontestável desse sucesso, tanto no single player como em seu suporte para a jogatina online. Incrível como um jogo de 6 anos ainda vende tão bem. E quando laçarem o GTA VI, é provavel que o jogo já esteja com seus 8 anos e seja só na próxima geração.
  6. No mês passado o governo Trump propôs um aumento em 25% as tarifas de produtos importados da China, reflexo da guerra comercial entre ambos países. Então, numa rara demonstração de união, os três gigantes dos games uniram forças, e publicaram uma carta aberta de 76 páginas contra o possível movimento, detalhando em números e argumentos, o porque do impacto ser altamente prejudicial ao setor. A seguir, alguns trechos em livre tradução podem ser lidas as seguintes declarações: "... Embora apreciemos os esforços do governo para proteger a propriedade intelectual dos EUA e preservar a liderança de alta tecnologia dos EUA, o dano desproporcional causado por essas tarifas aos consumidores e às empresas dos EUA prejudicará – e não protegerá – estes objetivos… Consequentemente solicitamos respeitosamente que a Administração remova da lista final de tarifas a subposição 9504.50.00 do HTSUS, que abrange os consoles, e evite assim a aplicação de tarifas sobre estes produtos..." "... Devido à profunda interdependência de consoles e software de jogos, e à sensibilidade de preços aos consumidores, as tarifas sobre consoles não apenas prejudicariam nossas empresas, consumidores e varejistas, mas também prejudicariam de forma desproporcional milhares de desenvolvedores de software e acessórios de pequeno e médio porte nos Estados Unidos..." "... Cada console é composto por dezenas de componentes complexos provenientes de vários países. Uma mudança em até mesmo um único fornecedor, deve ser avaliada cuidadosamente para reduzir os riscos de problemas de qualidade do produto, falta de confiabilidade e segurança ao consumidor. As tarifas perturbariam significativamente os negócios de nossas empresas e acrescentariam custos significativos que reduziriam as vendas de consoles, jogos e serviços que impulsionam a lucratividade desse segmento de mercado..." "... Assim, essas tarifas teriam um efeito cascata de danos que se estende por todo o ecossistema dos videogames...". Em meio a este cenário, ainda não esta claro se ou quando as novas tarifas entrarão em vigor. Os estratagemas comerciais entre os EUA e a China estão em andamento e ainda existe a possibilidade de dialogo. E então? É possível que essa parceria tenha força o suficiente para barrar essa possível taxação, ou o governo Trump irá ignorar taxando e tornando ainda mais salgados, os preços de nosso amado hobby? Fontes: Regulations.gov e Kotaku
  7. Horizon Chase eu estava de olho, já PES... Bem vou dar uma olhada nos troféus e ver se vale a pena tentar a platina. De qualquer forma não esta ruim. Mas fracamente ainda sinto falta dos joguinhos de PS3 e Vita.
  8. Com os novos consoles praticamente batendo as portas para entrar na briga da próxima geração, mas ainda sem informações oficiais detalhadas para o publico, muitos se perguntam: Haverá um "salto a distancia" como aconteceu com as gerações PS2 e PS3, ou será um "pula a fogueira, iaiá..." como foi as gerações PS3 e PS4? Em uma tradução livre do trecho de uma entrevista ao Telegraph, Alain Corre - diretor executivo da Ubisoft para os territórios EMEA (Europa, Oriente Médio e África), o mesmo se mostra positivo quanto a nova geração: Telegraph - Falando de consoles, no próximo ano verá o advento de uma nova geração de hardware. Você acha que essa será a última? Alain Corre - "[Pausa longa] Eu não sei! Eu realmente não sei. Nós não sabemos o que os fãs vão querer, nós não sabemos como o streaming vai aumentar... o que sabemos é que a próxima geração de consoles que foram anunciados será realmente um grande salto da geração atual, e para nós, criadores, é fantástico porque sempre nos empolgamos com o que a tecnologia de ponta que a tecnologia pode oferecer. Alain Corre - Os desenvolvedores querem surpreender o tempo todo, inovar - e a tecnologia nos permite entrar em territórios desconhecidos e trazer algo novo. Como em Watch Dogs por exemplo. Graças à IA que eles estão dominando agora, somos capazes de trazer uma nova jogabilidade. E se os fabricantes deste mundo continuarem inovando e ultrapassando as fronteiras das tecnologias, poderemos criar melhores jogos e convencer mais fãs e a indústria continuará crescendo". Telegraph: ... Qual será próxima mudança de paradigma no design de jogos em sua opinião? "Eu acho que o aspecto social nos jogos é algo que é cada vez mais importante. As novas tecnologias fornecerão novas maneiras para os fãs trocarem dados. E há muitos outros novos elementos para melhorar a qualidade dos jogos. A Microsoft falou sobre SSD [discos rígidos super rápidos] e o fato de que eles querem reduzir o tempo de carregamento - o que nós gostamos muito porque somos jogadores também! É um tópico muito importante e é uma revolução. No lado gráfico, ainda está melhorando porque você verá uma diferença de 4k a 8k. Há coisas que eles estão propondo que tornarão essas máquinas excitantes para os fãs aguardarem. Por outro lado, Atsushi Inaba, o diretor de estúdio da Platinum, diz achar difícil ficar empolgado com os planos da Microsoft e da Sony para os consoles da próxima geração, afirmando que o próximo hardware parece "mais do mesmo". Abaixo um trecho da entrevista na E3 que Inaba fez ao VGC: "Questionado sobre sua reação aos planos dos detentores da plataforma, Inaba disse: 'Tudo bem. E com isso quero dizer, tenho certeza de que as coisas vão se mover mais rápido, os gráficos serão melhores e talvez seja mais fácil com menos tempo de espera ... isso é bom para o consumidor. Mas é mais do mesmo, francamente, comparado às gerações anteriores. Não é nada que seja disruptivo ou super inovador, se você me perguntar. Ele acrescentou: 'O hardware de jogos costumava ser sobre chips personalizados que você não conseguia fazer em PCs. Agora você olha e eles estão apenas pegando coisas que já existem.' 'O Switch, por exemplo, é um Tegra que já existia e os outros consoles estão usando chips e placas gráficas muito semelhantes ao que você vê nos PCs, mas talvez um pouco atualizados. Nada disso parece mais exclusivo para esse hardware.' O chefe da Platinum disse que está mais empolgado com a "inovação" apresentada por plataformas de nuvem, como a Stadia, do Google. 'É difícil ficar empolgado com coisas que já existem, mas foram reaproveitadas até certo ponto', disse ele. 'É por isso que, para mim, coisas como plataformas na nuvem representam inovação e algo muito, muito diferente - elas são plataformas que me empolgam e onde eu sinto que há muito mais inovação acontecendo'. " E você? Acha que teremos mudanças realmente inovadoras e surpreendentes com os lançamentos das novas gerações ou será apenas uma geração mais rápida, bonita, mas sem grandes surpresas? Fontes: Telegraph, VGC
  9. É pouco provavel que os dois tenham grandes diferenças, fora um detalhe tecnológico ou outro. A era das criações de hardware originais parece que terminou, o que se tem hoje são componentes customizados. Mas são os que já existem ou serão lançado no mercador. Então o que realmente fará diferença, como já tem sido, serão os jogos single player. E talvez uma experiência online mais satisfatória conte mais alguns pontos.
  10. As notas estão boas. Parece que esta valendo a pena
  11. Reforçando a indicação da série Dark. A principio parece uma série comum de drama e suspense sobre desaparecimentos e assassinatos, mas vão evoluindo para algo muito mais sombrio, O roteiro é excelente e a atuação dos personagens é muito convincente. Contra indicação: Neon Genesis Evangelion. Querem uma boa historia? Leiam o manga. O anime é preguiçoso, mal executado e baixo orçamento. E todas as supostas viagens introspectivas, nada mais são do que uma enrolação mal feita por falta de verba. Para finalizar os personagens são em sua maioria mal dirigidos e largados pela metade. Indicação de animes semelhantes mas muito melhor construidos: Darling in the Franxx Eureka Seven
  12. S.o.S. Esse você tirou do báu. Não era aquele jogo baseado no filme "O Destino de Poseidon"? Lembro vagamente de ver notas baixas deste jogo em alguma revista de games. Acho que para esse tipo de jogo, algumas mecânicas de sobrevivência mais realista deveriam ser empregadas, busca de alimentos, água, abrigo. Pelo menos, não me veem de imediato, nenhum que tenha algo assim.
  13. Listinha que vou ficar de olho: Bloodstained: Ritual of the Night Samurai Shodown Death Stranding Shenmue III Persona 5 Royal Final Fantasy VII Remake
  14. Passando apenas para recomendar Persona 4 Golden. Se gosta de RPGs, e pelo avatar deve gostar, esse é simplesmente obrigatório. Poucos RPGs em veem a cabeça tão facilmente quanto este, seja pela historia, musica, sistema de combate e diversos detalhes que fazem memorável pelo jogo. Gostaria muito que o Persona 5 tivesse saído para o Vita, com certeza já estaria jogando. Mas como é console, tenha que planejar quando e como jogar RPG.
  15. Essas questões sobre os níveis e equipamentos não serão um problema. Há vários RPGs antigos por ai que tem continuações e essas aproveitam o conteúdo de um salve anterior, e quando é o caso da pessoa começar em um capitulo/continuação especifico ou uma versão regional diferente não compatível, o jogo entrega os personagens com um status/level/ pré definido com equipamentos padrão. Um exemplo é Legend of Heroes: Trails in the sky do PSP.
  16. FFVII Remake ser por episódios... O que poder dar errado? Os capítulos demorarem demais e os fãs mais veteranos morrerem antes, matando o hype. A historia ficar esticada e sem sentido, com conteúdo maçante e cansativo. O conteúdo geral da primeira parte do jogo ser vendido por preço cheio, não empolgar o suficiente e ser alvo massivo de criticas na sequencia, cancelando ou acelerando demais os restantes dos capítulos de forma a tornar todo o resto um trabalho porco. O que poder dar certo? Questões sociais, exploração do meio ambiente, repressão/totalitarismo, ideais levados as ultimas consequenciais e as tragédias causadas por todos os envolvidos e vitimas pegas no fogo cruzado destes, são temas, que se bem explorados , podem render conteúdos realmente relevantes e extensos. O enredo e roteiro refeitos e trazidos a nossa época, trazem grandes janelas de historias. Os romances, motivações e traumas de cada personagem principal e coadjuvante, podem ser tratados e explorados de forma mais realista e positiva. Todas as historias e jogos paralelos podem ser costurados ao jogo principal e colocados de forma a ficarem coerentes com todo o enredo. E ainda lançadas com janelas de tempo curtas, causando um hype totalmente administrável e lucrativo(para a empresa claro) garantido a finalização do projeto. Não sou a favor de jogos em episódios, acho que 90% das pessoas devem ter a mesma opinião. Realmente é muito chato esperar pelo menos meses para saber o que acontece quando determinada parte de jogo acabar e continuar a historia e pagar um valor muito maior por isso. Mas... dependendo do que a empresa esteja planejando e criando, esperar até que o jogo esteja totalmente pronto, do ponto de vista comercial, poderia não ser viável para a Square Enix. De qualquer forma, só poderemos saber que rumo levara essa arriscada saga, quando o primeiro capitulo chegar em nossas mãos. Estou na torcida que eles não errem.
  17. Detroit Become Human. Agora posso pensar em jogar Heavy Rain e Beyond Two Souls... se tiver tempo...
  18. Bem, historias desse universo tem de sobra. E criar uma continuação, apesar de aparentemente estar finalizado, não é impossível. Apesar que gostaria mesmo era dos capítulos 1 e 2 com essa qualidade do 3 no PS4 ou PS5.
  19. Somos dois, já estava achando que a NetFlix tinha dropado a série Umbrella academy, em minha opinião é excelente. Recomendo. Kakegurui - A historia é maluca e forçada, mas é divertido, vale dar uma conferida. Aggretsuko - Não se deixe enganar pela aparecia do anime, diferente da aparência fofa, os temas ali são bem adultos(nada pornográfico). Recomendo fortemente. Madoka Magica - Outro anime que facilmente engana pela aparência. Recomendo muito, mas tire as crianças da sala. Não esta na lista mas recomendo a série Boneca Russa, a historia é caótica e divertida.
  20. Então, TLOU eu tenho 100%. U2 creio que tenho os dois troféus online obrigatórios para o platina, mas as DLCs para 100%, falta tudo. U3 creio que tenho um dos dois troféus online obrigatórios para o platina, mas as DLCs para 100%, também falta tudo. Bom saber que da para fazer os troféus do U2 mais facilmente, vou tentar.
×
×
  • Criar Novo...