Ir para conteúdo


Foto

[IGN] Top 11 Games mais emocionantes da história [SPOILERS]


  • Por favor, faça o login para responder
59 respostas neste tópico

#21 Bim_Nessa

Postado 17 maro 2019 - 23:42

Poxa, cadê Heavy Rain? Mano, o que o protagonista passa o JOGO INTEIRO e nem aparecer na lista é osso.
Heavy Rain também surpreende nesse quesito

Nier 1
Tales of Phantasya
Suikoden 1, 2, 3 e 4

Para mim foram bem emocionantes, pois são jogos com algo em comum, os vilões não eram quem a gente pensava, e quando descobrimos a verdade, bate um arrependimento.

Agora os unicos jogo que me me emocionaram tanto a ponto de chorar foram brother tales of tho sons e Metal Gear Solid 4, no primeiro o final inesperado pega qualquer um de surpresa e da aquela apertado no coração até fazer as lagrimas escorrerem. já no metal gear, a luta dos irmãos no final, cara quem tem irmão e que viviam brigando quando criança consegue entender o desespero do Solid naquela luta maldita final.

Você não quer mais brigas, não quer machucar seu irmão, mas ele não para.. isso é terrivel



#22 Loflit

Postado 18 maro 2019 - 00:48

Lista:

 

11 - Life is Strange
10 - Tales of Xilia 2

9 - Final Fantasy 15

8 - Nier; Automata

7 - Metal Gear 3

6 - Crisys Core

5 - Spider-Man

4 - The Last of Us

3 - Brothers: A Tale of Two Sons

2 - To the Moon

1 - Final Fantasy 10

 

Daí tem o Nier A e MGS3 que são sucesso, o resto ou não joguei ou não liguei muito pro ponto da história
 


C>n
V>KHAll inOn, FC5 Gold, AC4, MvC3, GTAV, Sleeping Dogs, DBZ HD collection
Recomendações
 
Esperando Promoção:
Esperando Lançamento: Final Fantasy VII Remake
 
Loflit.png
Outros cards:

Spoiler

#23 solarwind12

Postado 18 maro 2019 - 03:38

sigh*
Então, eu quoto esse tipo de coisa frequentemente para brincar, tirando onda de coisas que eu gosto (final fantasy x) a coisas que eu não me importo (metal gear), mas se fosse algo que eu não tenho a menor ideia do que se trata "eu não comentaria", logo.
Tudo que você falou são retalhos de roteiros extremamente genéricos do ambito cinematográfico, do terrorista aos soldados fantoches, todos escritos por um japonês que retalha fragmentos de outras obras para a sua resultando em algo extremamente inconsistente e surreal, que em um minuto tenta soar realista, e no outro se torna estranhamente cartunesco e B, com homens aranhas disparando teias de sua bunda (e explodindo em milhões de flechas) para do nada ser atacado por algo metafórico, simbólico e cheio de arrogância em seu simbolismo de uma bola de fogo cruzando os céus gritando the end.
Eu me lembro de criticar MGS2 e 3 Severamente quando era adolescente, talvez por viver minha fase esnobe, de sua imbecilidade a arrogância, mas após anos vendo kojima dando entrevistas, conversas pessoais de outras pessoas com ele e etc, se tornou um pouco difícil de criticar o jogo deles negativamente por serem bonker, pq ele parece gostar de ser Bonkers e sem sentido, de seus clones a hilariantemente canastrona musica de 007 com uma mulher sussurrando "comedor de cobras" esporadicamente. Nenhum ser com dois neurônios funcionando permitiria uma dualidade tão grande do ridículo com o "yeah, poético" a menos que estivesse se divertindo com esse conceito.
 
Se você gostou e achou poético, maravilhoso, apegado ou simplesmente foi sua primeira experiência com esse tipo de narrativa (excluindo a insanidade, já que você a retirou da equação), eu não vou retirar isso de você e respeito sua opinião. Como disse antes, emoções são imensuráveis e cada obra tocará uma pessoa de forma singular, independente do seu conteúdo, por isso que eu sou a favor de jogos ainda tentarem rumar para a direção de Arte \8
Só não pense que eu não tenho ideia do que mgs3 se trata, eu eu não soubesse eu não teria feito a brincadeira do 007 quando quotei o matheus
 
PS: Não me senti enganado em mgs3, como deu pra ver, eu já esperava esse tipo de coisa, conheço a franquia e nunca me atrelei a nada devido ao quão desengonçada ela era.

Que isso cara kkkkkj, eu só tava explicando do porquê muita gente achar emocionante - tanto que o cara do vídeo tá lá chorando.

E sim, em questão de história a saga é bem oscilante, o Solid 2 e 4 por exemplo eu acho bem zuados, já o 3 apesar de eu não achar uma perfeição, é bem melhor escrito, se você acha um lixo, blz, mas muita gente discorda de ti. Aliás, qualquer pequeno resumo de determinada história/enredo pode ser taxado como "extremamente genérico" ; no final das contas, o importante não é saber a suma dos fatos, mas sim como a história é executado, e eu particularmente acho MGS 3 muito bem executado.

Aliás, mesmo se for genérico, edaí? Curtindo a Vida Adoidado por exemplo é um filme extremamente genérico e super divertido (além de ser um clássico do cinema), os filmes do John Wick são genéricos e canastrões e são legais, os filmes da Marvel são putamente genéricos e são bonzinhos de se ver, entre infinitos outros exemplos - Não que eu ache a saga Metal Gear genérica, na verdade acho o exato oposto disso, mas whatever.

 

Outra coisa, você fala que a franquia Metal Gear é "desengonçada", "insana", "inconsistente" porque tenta ser realista ao mesmo tempo que mistura personagens 'místicos', sim, isso é meio bizarro e você pode ter certa razão, porém, por outro lado, acho que você não entendeu bem sobre o que se trata a série. Por ser uma franquia com temas militares, por se passar nos submundos da espionagem e da política, consequentemente os jogos possuem vários elementos anômalos, tal qual nos imaginários do que se tem em bases militares como Hangar 18, HAARP, Base Naval de Guantánamo, Área 51 e afins.

 

Aliás, por fim, você tem aí o avatar de anime, deve conhecer Naruto, pois então, a história da The Boss é basicamente a mesma coisa do Itachi, e a luta do Snake contra Boss é basicamente a mesma carga dramática de Kakashi vs Obito (que aliás é uma puta luta). Você pode achar o que for, mas que existe uma carga sentimental ali (ao menos pra muita gente), é inegável

 

Spoiler


( ͡° ᴥ ͡°)

#24 NykyLeonHeart

Postado 18 maro 2019 - 03:51

  • Final Fantasy XIII 
  • Final Fantasy XIV: A Realm Reborn ( fiquei muito emocionado no ARR quando derrotei os 13 turnos do coil of bahamuth, ainda mais com aquela musica da answers tocando, foi uma retrospectiva de tudo o que passei pra chegar ate la ) Hoje em dia o jogo me deixa ancioso porem nada emocionado.
  • Final Fantasy X a saga porem o X-1 foi mais emocionante pra mim aquele drama melado com final triste. 
  • Final Fantasy XV 
  • The Walking Dead ( o primeiro do negão e da menina )
  • Final Fantasy IX 
  • NieR:Automata ( não sei se foi emoção, mas fiquei meio chocado com a historia confusa, acho que a trilha sonora fez mais impacto ) 
 

“Now! This is it! Now is the time to choose! Die and be free of pain, or live and fight your sorrow! Now is the time to shape your stories! Your fate is in your hands!”

 


#25 ToXi-Skull-

  •  Rafael_Alves96

Postado 18 maro 2019 - 05:21

Em Final Fantasy XV chorei em dois momentos (e não foi pouco). A morte de Luna, e o final do game. Foram 10 anos (na época) que valeram a pena a espera. Obrigado Hajime Tabata. Junto com Kingdom Hearts, é o game da minha vida.


Adorei o spoiler repentino :crazy:

:face1:

Recomendações

ToXi-Skull-.png

 

"O coração do sábio o inclina para a direita, mas o coração do tolo o inclina para a esquerda."
- Eclesiastes 10:2

 

A platina mais rara e mais deliciosa de todas!

Spoiler

#26 WhBlaze

Postado 18 maro 2019 - 08:15

 

  • Final Fantasy X a saga porem o X-1 foi mais emocionante pra mim aquele drama melado com final triste. 
  • NieR:Automata ( não sei se foi emoção, mas fiquei meio chocado com a historia confusa, acho que a trilha sonora fez mais impacto ) 

 

 

Shuyin na gaiola pra você, com thousand words sendo o único momento realmente humano e normal do jogo... e eu to do lado dele, pode explodir o mundo com seu órgão enquanto seu pai banana fica lhe xingando a distancia do lado de Auron que passou o primeiro jogo inteiro sem perceber que o nome de Tidus não era Shuyin u-u... malditos espiritos retardados que criaram um clone tapado de Shuyin sem se lembrar da personalidade ou nome do cara que eles queriam clonar u_u

 

galera foi babaca.

Sobre nier, eu tava olhando minha esposa jogar enquanto fazia outra coisa e o numero de wtfs proferidos era impressionante (parou no circo).

Fato de que ele é continuação direta de dois jogos confusos e abstratos (drakengard e o proprio Nier) não deve ajudar em porra nenhuma... Só jogo quando terminar tudo de Nier e começar drakengard 3 8X
 

Que isso cara kkkkkj, eu só tava explicando do porquê muita gente achar emocionante - tanto que o cara do vídeo tá lá chorando.

E sim, em questão de história a saga é bem oscilante, o Solid 2 e 4 por exemplo eu acho bem zuados, já o 3 apesar de eu não achar uma perfeição, é bem melhor escrito, se você acha um lixo, blz, mas muita gente discorda de ti. Aliás, qualquer pequeno resumo de determinada história/enredo pode ser taxado como "extremamente genérico" ; no final das contas, o importante não é saber a suma dos fatos, mas sim como a história é executado, e eu particularmente acho MGS 3 muito bem executado.

Aliás, mesmo se for genérico, edaí? Curtindo a Vida Adoidado por exemplo é um filme extremamente genérico e super divertido (além de ser um clássico do cinema), os filmes do John Wick são genéricos e canastrões e são legais, os filmes da Marvel são putamente genéricos e são bonzinhos de se ver, entre infinitos outros exemplos - Não que eu ache a saga Metal Gear genérica, na verdade acho o exato oposto disso, mas whatever.

 

Outra coisa, você fala que a franquia Metal Gear é "desengonçada", "insana", "inconsistente" porque tenta ser realista ao mesmo tempo que mistura personagens 'místicos', sim, isso é meio bizarro e você pode ter certa razão, porém, por outro lado, acho que você não entendeu bem sobre o que se trata a série. Por ser uma franquia com temas militares, por se passar nos submundos da espionagem e da política, consequentemente os jogos possuem vários elementos anômalos, tal qual nos imaginários do que se tem em bases militares como Hangar 18, HAARP, Base Naval de Guantánamo, Área 51 e afins.

 

 

Aliás, por fim, você tem aí o avatar de anime, deve conhecer Naruto, pois então, a história da The Boss é basicamente a mesma coisa do Itachi, e a luta do Snake contra Boss é basicamente a mesma carga dramática de Kakashi vs Obito (que aliás é uma puta luta). Você pode achar o que for, mas que existe uma carga sentimental ali (ao menos pra muita gente), é inegável

 

 

É que normalmente quando você me quota vem confusão, ai eu venho preparado para terminar a conversa com um post uhahuahua

Mas como não está tendo confusão eu vou explicar melhor meu pinto.

 

Tipo, eu não falei o inconsistente por tentar ser realista e logo em seguida ser místico, eu realmente quis dizer cartunesco e B.
Em um momento o jogo esta se levando exageradamente a serio, tentando estabelecer o seu mundo, sua ciência (mesmo que ela não faça sentido), suas regras, ou seja, ela esta me entregando o suspension of desbelief desse mundo, até que em certo ponto ele joga tudo isso pela janela e se transforma em uma caricatura de se mesmo, quase como uma parodia tirando onda de sua própria seriedade com ideias dignas de um filme B, perdão, não é nem B, é Z, parecendo algo saido diretamente da cabeça de Ed Wood.

Metal Gear Solid não sofre com isso, eu particularmente não sou um fã do jogo, desde criança eu o achava muito focado em diálogos passaveis, mas morosos e a sua gameplay era incapaz de me prender por muito tempo, porém, ele tinha noção do que queria ou fazia, logo, coisas como Psycho Mantis surgindo do nada e fazendo piada com o seu memory card são legitimamente bem integradas é uma piada interna que quebra a quarta dimensão em um roteiro, que soube tirar proveito disso, o mesmo pode ser dito para relativamente poéticos e simbólicos que evocam uma certa aura de misticismo sejam eles lobos uivando em um momento especifico ou ou os corvos de Raven que levaram seu corpo e alma. sim, olhando em retrospecto a sutileza do jogo é como uma bomba atômica, mas isso era um problema da época, quando narrativas ainda eram bem imaturas.

MGS2, 3 e 4 por outro lado, são escritos do mesmo jeito e não compartilham essa sutileza, serenidade, seriedade e consistência, ao contrario, o jogo parece achar que "complexo = bom",  sendo que na verdade, quando mais complexo, pior pode ser, para logo em seguida começar a se contradizer ciclicamente de 5 em 5 minutos, quase como se tivesse tirado proveito dessa complexidade para tirar onda consigo mesmo, com a cena mais icônica e surreal, sendo uma inteligencia artifial lhe provocando e dizendo que você já jogou demais, é tão desgraçado (na acepção da palavra) que beira o ridículo. Esse mesmo problema se alastra que começa com o trailer tirando onda com o próprio jogo, e mais uma vez ele é um retalho de múltiplos filmes e eventos que não necessariamente mesclam um com o outro, mas que novamente se levam a serio, até sermos atacados por criaturas ridiculas e incompreensiveis que explodem para virar algo "mágico" (não místico), para ter um "significado mais profundo" que não pertence a cena de um cara que diapara teia de aranha da bunda e consegue explodir se transformando em flechas,,, ou virar uma bola de fogo correndo atrás de você, remetendo a memorias de Tarzan (diretor da "Cela"), que fazia coisas inompreensiveis e sem nexo quase como se estivesse implorando por atenção, clamando para que você visse demais onde não existe ou perguntasse o simbolismo daquele momento.

para não ficar muito longo eu vou pular metal gear solid pois eu achoque meu ponto já foi feito sobre esse problema, exceto uma céna falado pelo tio que sempre me incomodou, a luta de Ocelot/Liquid vs Snake é um plagio sem vergonha de Kenshiro vs Raoh.

Ela foi tão cinica que me distraiu, pois única coisa que faltou foi Bat e Lyn narrando os acontecimentos e falando o quão violenta e desajeitada a luta era, lembrando duas crianças brigando por algo idiota, não existe técnica, são apenas dois irmãos trocando sopapos por culpa de uma divergencia de opiniões que causou mais mal do que bem. Não lembro se chegou ao ponto de ocelot dizer que ele não precisa de ajuda para morrer, pq naquele momento eu estava completamente exausto dos constantes plot twists sem sentido  e roubos de cenas daquele jogo.

Ponto de uma forma simples, não simplicidade ou falta de originalidade que vai tornar uma história ruim, dragon quest é a franquia mais consistente da industria de games, nunca tendo uma historia ruim e todas são simples, mas assustadoramente bem escritas, eu sou um fã assumido da Falcom e posso repetir o mesmo para Y's ou Legend of heroes, o que torna uma historia legitimamente ruim é você não saber conta-la e sem medo de soar nem um pouco popular ou evocar a irá dos outros: metal gear solid não sabe contrar uma historia, nunca soube e provavelmente nunca saberá

Ele é uma assustadora colcha de retalhos que captura pedaços de vários outros lugares para criar setpieces impactantes, e adora tirar plot twists e explicações cretinas do rabo de um gekko para justificar seu próximo movimento.

 

Agora, como eu disse antes: Eu não consigo criticar severamente MGS por um motivo bem simpels: Kojima parece saber disso... Mgs legitimamente tira sarro de suas estupidez frequentemente, existem diálogos legitimamente bem escritos e cômicos zoando coisas como o paradoxo, o próprio contexto do jogo e etc. Diferente do que muitos pensam, isso não bem humor japones, isso é Kojima tirando sarro da propria obra, metal gear solid parece ter virado o trabalho de um troll, avacalhando consigo mesmo o tempo inteiro por algum motivo é esquisito e cínico, mas é self aware, é como se eu tivesse revendo o filme do pneu assassino, eu legitimamente não sei como agir eu quero criticar, mas sempre que eu escuto Snake Eater eu começo a rir lembrando da cena e da letra canastrona com melodia roubada de 007, nenhuma pessoa sã aprovaria aquilo a menos que quisesse curtir o momento ou fizesse a menor ideia do que esta sendo proferido.

Mas admito que adorei quando Revengeance saiu, não só por ter abraçado o nome retardado, mas por ter chutado o balde da estupidez e finalmente curtir sem me distrair com filosofia de butequim que praticamente ninguém entende... e Mr president é o melhor vilão de metal gear. Não sei se foi "ordis" de Kojima pra chutar o balde ou se a platinum não pegou o memo de que deveria ser serio mas... hey, eu ri

 

Meu avatar não é de anime ^^

É Elwin (ou ERRRRwin como o pessoal traduzia antigamente) de langrisser, a primeira ou segunda (vejo como segunda) franquia mais importante e influente do gênero de rpg estratégico, a primeira a conseguir furar o bloquei de importação da coreia do sul e conseguir ser distribuída oficialemnte pela samsung na terra do K-pop. Se a masaya fizesse o favor de desencavar seus registros e dizer as vendas dos 5 primeiros jogos da serie mais fácil de mesurar o sucesso dela e se ela consegue ser mais bem sucedida que super robot taisen e seus mais de 30 jogos (tudo que sabemos é que todos os 5 venderam bem, são ridiculamente comuns e tem port pra caraleo...)

Sobre naruto... Eu não gosto de Naruto, eu li o manga até pouco depois do maravilhoso "A Wall" mas eu não me lembro direito do que lia, achava os personagens meh, a historia assustadoramente genérica e sem alma piorada por Kishimoto tragicamente não saber o que fazer pq tinha que continuar escrevendo sem roteiro, character design me distraia, o cenário em si não me agradava (o que é engraçado já que eu sou ocidental e o motivo de me distrair é pq isso era a coisa nipônica mais ocidental do japão) e a arte continua de Kishimoto é tão ruim quanto sua anatomia

 

Mas sobre a carga emocional, eu jamais critiquei ou questionei isso, qualquer coisa pode ter essa carga emocional, seja ela manipulativa ou sincera, tudo depende da pessoa e a circunstância, é como falar qual é o seu Filme/Anime/Jogo/Livro/Serie/manga/HQ favorito, você não o selecionou em meio a uma pilha listando os pros, contras, valores "artísticos"  e outras variáveis, você apenas esbarrou com ele na hora certa e ela mexeu com você pra sempre.


Imagem Postada

Spoiler


#27 holanda79

Postado 18 maro 2019 - 08:28

Life is strange foi o mais marcante pra mim
Apesar de que sendo leitor de HQ’s desde a minha infância, Spider-Man me conquistou de um jeito surreal

#28 NykyLeonHeart

Postado 18 maro 2019 - 08:37

 

 

 

MEEEEEEEEEEEEE blazzzzeeeee vc se supero no textao kkkkkkkk carai queria ter metado do seu empenho pra digita. 

 

5d61e7e9bbc125b86b32cf464e0b6571.jpg


“Now! This is it! Now is the time to choose! Die and be free of pain, or live and fight your sorrow! Now is the time to shape your stories! Your fate is in your hands!”

 


#29 WhBlaze

Postado 18 maro 2019 - 08:51

MEEEEEEEEEEEEE blazzzzeeeee vc se supero no textao kkkkkkkk carai queria ter metado do seu empenho pra digita. 

 

 

 

Por isso que você só devia ler a parte que foi endereçado a você, viu? u_u

HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA

 

Eu meio que tinha de explicar meus problemas com mgs e deixar claro porque não me dou bem com a serie, pessoal pode gostar a vontade mas ela simplesmente não desce, até o primeiro que é menos wtf não me apeteceu quando eu era guri (preferia jogar resident evil 2 e PE) ahuhauah

mas enfim, devia ter editado lá em cima pra dizer que não estou questionando o gosto de ninguém até pq eu gosto de FFX e posso avacalhar com a historia daquele jogo por dias uhahuahuahua


Imagem Postada

Spoiler


#30 MattheuusBr

  • Nome:Meu nome? Matheus

Postado 18 maro 2019 - 09:31

Lista:

11 - Life is Strange
10 - Tales of Xilia 2
9 - Final Fantasy 15
8 - Nier; Automata
7 - Metal Gear 3
6 - Crisys Core
5 - Spider-Man
4 - The Last of Us
3 - Brothers: A Tale of Two Sons
2 - To the Moon
1 - Final Fantasy 10


Valeu zoi por salvas os companheiros hehehehee

Essa lista parece bem pessoal mesmo

Editado por MattheuusBr, 18 maro 2019 - 09:33.

YXtv0u2.gif

"Memory is a curse more often than a blessing"

Meus Cards:
Spoiler

#31 jon86rodriguez

Postado 18 maro 2019 - 09:37

Pra mim tá sendo o Dragon Quest XI

 

Fazia tempo que não me emocionava tanto com um jogo... pqp! Sem dúvida é um dos melhores jogos que eu joguei em toda minha vida.


jon86rodriguez-jogo.png?0.791125952004

 

 

Recomendações: http://forum.mypst.c...ndpost&p=976393


#32 MattheuusBr

  • Nome:Meu nome? Matheus

Postado 18 maro 2019 - 09:40

MEEEEEEEEEEEEE blazzzzeeeee vc se supero no textao kkkkkkkk carai queria ter metado do seu empenho pra digita.

5d61e7e9bbc125b86b32cf464e0b6571.jpg


Relaxa ele tem funcionários, enquanto
ele fala os caras vão escrevendo heheueheueh

YXtv0u2.gif

"Memory is a curse more often than a blessing"

Meus Cards:
Spoiler

#33 jon86rodriguez

Postado 18 maro 2019 - 09:44

 

  • Final Fantasy XIII 
  • Final Fantasy XIV: A Realm Reborn ( fiquei muito emocionado no ARR quando derrotei os 13 turnos do coil of bahamuth, ainda mais com aquela musica da answers tocando, foi uma retrospectiva de tudo o que passei pra chegar ate la ) Hoje em dia o jogo me deixa ancioso porem nada emocionado.
  • Final Fantasy X a saga porem o X-1 foi mais emocionante pra mim aquele drama melado com final triste. 
  • Final Fantasy XV 
  • The Walking Dead ( o primeiro do negão e da menina )
  • Final Fantasy IX 
  • NieR:Automata ( não sei se foi emoção, mas fiquei meio chocado com a historia confusa, acho que a trilha sonora fez mais impacto ) 

 

 

Boa lista

 

Só acho que faltou um pouco de FF nela...  :duvida:


 

  • Final Fantasy XIII 
  • Final Fantasy XIV: A Realm Reborn ( fiquei muito emocionado no ARR quando derrotei os 13 turnos do coil of bahamuth, ainda mais com aquela musica da answers tocando, foi uma retrospectiva de tudo o que passei pra chegar ate la ) Hoje em dia o jogo me deixa ancioso porem nada emocionado.
  • Final Fantasy X a saga porem o X-1 foi mais emocionante pra mim aquele drama melado com final triste. 
  • Final Fantasy XV 
  • The Walking Dead ( o primeiro do negão e da menina )
  • Final Fantasy IX 
  • NieR:Automata ( não sei se foi emoção, mas fiquei meio chocado com a historia confusa, acho que a trilha sonora fez mais impacto ) 

 

 

Boa lista

 

Só acho que faltou um pouco de FF nela...  :duvida:


jon86rodriguez-jogo.png?0.791125952004

 

 

Recomendações: http://forum.mypst.c...ndpost&p=976393


#34 NykyLeonHeart

Postado 18 maro 2019 - 09:50

Boa lista

 

Só acho que faltou um pouco de FF nela...  :duvida:


 

Boa lista

 

Só acho que faltou um pouco de FF nela...  :duvida:

 

falto vc meu amor vem k agora eu to afim de relaxa


Por isso que você só devia ler a parte que foi endereçado a você, viu? u_u

HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA

 

Eu meio que tinha de explicar meus problemas com mgs e deixar claro porque não me dou bem com a serie, pessoal pode gostar a vontade mas ela simplesmente não desce, até o primeiro que é menos wtf não me apeteceu quando eu era guri (preferia jogar resident evil 2 e PE) ahuhauah

mas enfim, devia ter editado lá em cima pra dizer que não estou questionando o gosto de ninguém até pq eu gosto de FFX e posso avacalhar com a historia daquele jogo por dias uhahuahuahua

 

UHEAHUAEHUEA


“Now! This is it! Now is the time to choose! Die and be free of pain, or live and fight your sorrow! Now is the time to shape your stories! Your fate is in your hands!”

 


#35 jon86rodriguez

Postado 18 maro 2019 - 09:53

falto vc meu amor vem k agora eu to afim de relaxa


 

UHEAHUAEHUEA

sai fora viadao kkk


jon86rodriguez-jogo.png?0.791125952004

 

 

Recomendações: http://forum.mypst.c...ndpost&p=976393


#36 solarwind12

Postado 18 maro 2019 - 10:26

 

 

5S4RfCR_d.jpg?maxwidth=640&shape=thumb&f


( ͡° ᴥ ͡°)

#37 DarkKnightWolf7

Postado 18 maro 2019 - 14:44

Nier 1

Tales of Phantasya

Suikoden 1, 2, 3 e 4

 

Para mim foram bem emocionantes, pois são jogos com algo em comum, os vilões não eram quem a gente pensava, e quando descobrimos a verdade, bate um arrependimento.

 

Agora os unicos jogo que me me emocionaram tanto a ponto de chorar foram brother tales of tho sons e Metal Gear Solid 4, no primeiro o final inesperado pega qualquer um de surpresa e da aquela apertado no coração até fazer as lagrimas escorrerem. já no metal gear, a luta dos irmãos no final, cara quem tem irmão e que viviam brigando quando criança consegue entender o desespero do Solid naquela luta maldita final.

 

Você não quer mais brigas, não quer machucar seu irmão, mas ele não para.. isso é terrivel

 

O final do primeiro NieR (final D) é de chorar. A música pro momento dá um empurrãozinho pra lágrimas saírem.


Editado por DarkKnightWolf7, 18 maro 2019 - 15:17.

DarkKnightWolf7.png

 

DarkKnightWolf7-jogo.png


#38 talespagni

Postado 18 maro 2019 - 15:04

Inspirado pelos posts do WhBlaze, aqui vai a minha sucinta e concisa opinião sobre a lista:

 

Caros amigos, a mobilidade dos capitais internacionais aponta para a melhoria dos níveis de motivação departamental. Por outro lado, o comprometimento entre as equipes faz parte de um processo de gerenciamento do impacto na agilidade decisória. O empenho em analisar o fenômeno da Internet exige a precisão e a definição do sistema de participação geral. Assim mesmo, a estrutura atual da organização auxilia a preparação e a composição da gestão inovadora da qual fazemos parte.

Do mesmo modo, a adoção de políticas descentralizadoras desafia a capacidade de equalização do investimento em reciclagem técnica. A prática cotidiana prova que o julgamento imparcial das eventualidades causa impacto indireto na reavaliação das condições financeiras e administrativas exigidas. As experiências acumuladas demonstram que a constante divulgação das informações estende o alcance e a importância das diversas correntes de pensamento. Nunca é demais lembrar o peso e o significado destes problemas, uma vez que o entendimento das metas propostas obstaculiza a apreciação da importância das condições inegavelmente apropriadas. O incentivo ao avanço tecnológico, assim como o novo modelo estrutural aqui preconizado oferece uma interessante oportunidade para verificação das formas de ação.

No entanto, não podemos esquecer que o início da atividade geral de formação de atitudes nos obriga à análise do remanejamento dos quadros funcionais. É importante questionar o quanto a execução dos pontos do programa pode nos levar a considerar a reestruturação do retorno esperado a longo prazo. Todas estas questões, devidamente ponderadas, levantam dúvidas sobre se a complexidade dos estudos efetuados acarreta um processo de reformulação e modernização de todos os recursos funcionais envolvidos. Acima de tudo, é fundamental ressaltar que o desenvolvimento contínuo de distintas formas de atuação apresenta tendências no sentido de aprovar a manutenção dos procedimentos normalmente adotados.

A certificação de metodologias que nos auxiliam a lidar com a determinação clara de objetivos talvez venha a ressaltar a relatividade do sistema de formação de quadros que corresponde às necessidades. É claro que a expansão dos mercados mundiais maximiza as possibilidades por conta dos métodos utilizados na avaliação de resultados. Gostaria de enfatizar que a contínua expansão de nossa atividade assume importantes posições no estabelecimento das regras de conduta normativas. Não obstante, o surgimento do comércio virtual agrega valor ao estabelecimento das posturas dos órgãos dirigentes com relação às suas atribuições.

Pensando mais a longo prazo, a hegemonia do ambiente político possibilita uma melhor visão global do processo de comunicação como um todo. Neste sentido, a consolidação das estruturas cumpre um papel essencial na formulação dos paradigmas corporativos. Todavia, a crescente influência da mídia é uma das consequências dos modos de operação convencionais. O que temos que ter sempre em mente é que a revolução dos costumes afeta positivamente a correta previsão dos conhecimentos estratégicos para atingir a excelência.

No mundo atual, o acompanhamento das preferências de consumo garante a contribuição de um grupo importante na determinação do fluxo de informações. Ainda assim, existem dúvidas a respeito de como o desafiador cenário globalizado representa uma abertura para a melhoria do levantamento das variáveis envolvidas. Evidentemente, a necessidade de renovação processual promove a alavancagem dos índices pretendidos. Por conseguinte, a competitividade nas transações comerciais ainda não demonstrou convincentemente que vai participar na mudança das direções preferenciais no sentido do progresso.

Percebemos, cada vez mais, que a consulta aos diversos militantes estimula a padronização do orçamento setorial. A nível organizacional, a percepção das dificuldades prepara-nos para enfrentar situações atípicas decorrentes das novas proposições. Desta maneira, o consenso sobre a necessidade de qualificação facilita a criação de alternativas às soluções ortodoxas.

O cuidado em identificar pontos críticos na valorização de fatores subjetivos não pode mais se dissociar das diretrizes de desenvolvimento para o futuro. Podemos já vislumbrar o modo pelo qual o aumento do diálogo entre os diferentes setores produtivos deve passar por modificações independentemente dos relacionamentos verticais entre as hierarquias. As experiências acumuladas demonstram que a percepção das dificuldades auxilia a preparação e a composição do orçamento setorial. Por outro lado, o comprometimento entre as equipes oferece uma interessante oportunidade para verificação das condições inegavelmente apropriadas.

Percebemos, cada vez mais, que o fenômeno da Internet desafia a capacidade de equalização dos níveis de motivação departamental. Assim mesmo, a constante divulgação das informações nos obriga à análise das regras de conduta normativas. O cuidado em identificar pontos críticos na crescente influência da mídia cumpre um papel essencial na formulação do processo de comunicação como um todo. Caros amigos, o desenvolvimento contínuo de distintas formas de atuação facilita a criação das condições financeiras e administrativas exigidas.

A certificação de metodologias que nos auxiliam a lidar com a estrutura atual da organização estimula a padronização do investimento em reciclagem técnica. Podemos já vislumbrar o modo pelo qual o entendimento das metas propostas estende o alcance e a importância das diversas correntes de pensamento. O incentivo ao avanço tecnológico, assim como a consulta aos diversos militantes prepara-nos para enfrentar situações atípicas decorrentes dos métodos utilizados na avaliação de resultados. Todas estas questões, devidamente ponderadas, levantam dúvidas sobre se a complexidade dos estudos efetuados é uma das consequências dos conhecimentos estratégicos para atingir a excelência.

É importante questionar o quanto o desafiador cenário globalizado maximiza as possibilidades por conta do sistema de formação de quadros que corresponde às necessidades. A prática cotidiana prova que a necessidade de renovação processual acarreta um processo de reformulação e modernização de todos os recursos funcionais envolvidos. Acima de tudo, é fundamental ressaltar que o início da atividade geral de formação de atitudes apresenta tendências no sentido de aprovar a manutenção do fluxo de informações. No entanto, não podemos esquecer que o novo modelo estrutural aqui preconizado talvez venha a ressaltar a relatividade do retorno esperado a longo prazo.

É claro que a expansão dos mercados mundiais garante a contribuição de um grupo importante na determinação do impacto na agilidade decisória. Todavia, a contínua expansão de nossa atividade pode nos levar a considerar a reestruturação da gestão inovadora da qual fazemos parte. Por conseguinte, o surgimento do comércio virtual assume importantes posições no estabelecimento das posturas dos órgãos dirigentes com relação às suas atribuições. Neste sentido, a hegemonia do ambiente político possibilita uma melhor visão global do sistema de participação geral.

Do mesmo modo, o acompanhamento das preferências de consumo deve passar por modificações independentemente do remanejamento dos quadros funcionais. Gostaria de enfatizar que o aumento do diálogo entre os diferentes setores produtivos promove a alavancagem dos modos de operação convencionais. O que temos que ter sempre em mente é que a revolução dos costumes agrega valor ao estabelecimento das diretrizes de desenvolvimento para o futuro. No mundo atual, a determinação clara de objetivos afeta positivamente a correta previsão dos procedimentos normalmente adotados.

Ainda assim, existem dúvidas a respeito de como a valorização de fatores subjetivos representa uma abertura para a melhoria do levantamento das variáveis envolvidas. Não obstante, a consolidação das estruturas obstaculiza a apreciação da importância dos índices pretendidos. O empenho em analisar a competitividade nas transações comerciais ainda não demonstrou convincentemente que vai participar na mudança dos paradigmas corporativos. Evidentemente, o julgamento imparcial das eventualidades causa impacto indireto na reavaliação das formas de ação.

A nível organizacional, a mobilidade dos capitais internacionais aponta para a melhoria das novas proposições. Desta maneira, o consenso sobre a necessidade de qualificação faz parte de um processo de gerenciamento de alternativas às soluções ortodoxas. Nunca é demais lembrar o peso e o significado destes problemas, uma vez que a adoção de políticas descentralizadoras não pode mais se dissociar dos relacionamentos verticais entre as hierarquias. Pensando mais a longo prazo, a execução dos pontos do programa exige a precisão e a definição das direções preferenciais no sentido do progresso.

Ainda assim, existem dúvidas a respeito de como o acompanhamento das preferências de consumo auxilia a preparação e a composição do orçamento setorial. A nível organizacional, o início da atividade geral de formação de atitudes oferece uma interessante oportunidade para verificação das condições inegavelmente apropriadas. A certificação de metodologias que nos auxiliam a lidar com a crescente influência da mídia possibilita uma melhor visão global do fluxo de informações.

Assim mesmo, o desenvolvimento contínuo de distintas formas de atuação estende o alcance e a importância das regras de conduta normativas. O cuidado em identificar pontos críticos no fenômeno da Internet cumpre um papel essencial na formulação das condições financeiras e administrativas exigidas. Evidentemente, o comprometimento entre as equipes deve passar por modificações independentemente das diretrizes de desenvolvimento para o futuro. É claro que a contínua expansão de nossa atividade maximiza as possibilidades por conta dos paradigmas corporativos. Por outro lado, o entendimento das metas propostas desafia a capacidade de equalização das diversas correntes de pensamento.

No mundo atual, a hegemonia do ambiente político ainda não demonstrou convincentemente que vai participar na mudança dos métodos utilizados na avaliação de resultados. Acima de tudo, é fundamental ressaltar que a consulta aos diversos militantes é uma das consequências do remanejamento dos quadros funcionais. Desta maneira, o novo modelo estrutural aqui preconizado estimula a padronização de alternativas às soluções ortodoxas. Não obstante, a constante divulgação das informações apresenta tendências no sentido de aprovar a manutenção do investimento em reciclagem técnica. Todas estas questões, devidamente ponderadas, levantam dúvidas sobre se o aumento do diálogo entre os diferentes setores produtivos facilita a criação das novas proposições.

No entanto, não podemos esquecer que a execução dos pontos do programa talvez venha a ressaltar a relatividade do processo de comunicação como um todo. As experiências acumuladas demonstram que a necessidade de renovação processual assume importantes posições no estabelecimento das formas de ação. Todavia, o desafiador cenário globalizado pode nos levar a considerar a reestruturação do impacto na agilidade decisória. Neste sentido, o surgimento do comércio virtual não pode mais se dissociar de todos os recursos funcionais envolvidos.

Por conseguinte, a expansão dos mercados mundiais garante a contribuição de um grupo importante na determinação dos relacionamentos verticais entre as hierarquias. Caros amigos, a adoção de políticas descentralizadoras aponta para a melhoria dos conhecimentos estratégicos para atingir a excelência. Gostaria de enfatizar que a complexidade dos estudos efetuados exige a precisão e a definição do sistema de formação de quadros que corresponde às necessidades. O incentivo ao avanço tecnológico, assim como a determinação clara de objetivos agrega valor ao estabelecimento da gestão inovadora da qual fazemos parte.

Podemos já vislumbrar o modo pelo qual a revolução dos costumes acarreta um processo de reformulação e modernização das posturas dos órgãos dirigentes com relação às suas atribuições. A prática cotidiana prova que a valorização de fatores subjetivos representa uma abertura para a melhoria do levantamento das variáveis envolvidas. Do mesmo modo, a consolidação das estruturas obstaculiza a apreciação da importância dos índices pretendidos. O empenho em analisar a competitividade nas transações comerciais nos obriga à análise das direções preferenciais no sentido do progresso. O que temos que ter sempre em mente é que o julgamento imparcial das eventualidades faz parte de um processo de gerenciamento do retorno esperado a longo prazo.

Percebemos, cada vez mais, que o consenso sobre a necessidade de qualificação afeta positivamente a correta previsão dos níveis de motivação departamental. É importante questionar o quanto a mobilidade dos capitais internacionais causa impacto indireto na reavaliação dos modos de operação convencionais. Nunca é demais lembrar o peso e o significado destes problemas, uma vez que a estrutura atual da organização promove a alavancagem do sistema de participação geral.

Pensando mais a longo prazo, a percepção das dificuldades prepara-nos para enfrentar situações atípicas decorrentes dos procedimentos normalmente adotados. Assim mesmo, o entendimento das metas propostas auxilia a preparação e a composição do orçamento setorial. No entanto, não podemos esquecer que a contínua expansão de nossa atividade oferece uma interessante oportunidade para verificação da gestão inovadora da qual fazemos parte. A prática cotidiana prova que a execução dos pontos do programa agrega valor ao estabelecimento das condições inegavelmente apropriadas.

É importante questionar o quanto o desenvolvimento contínuo de distintas formas de atuação estende o alcance e a importância das regras de conduta normativas. O empenho em analisar a mobilidade dos capitais internacionais pode nos levar a considerar a reestruturação do fluxo de informações. A certificação de metodologias que nos auxiliam a lidar com a complexidade dos estudos efetuados ainda não demonstrou convincentemente que vai participar na mudança das diretrizes de desenvolvimento para o futuro.

Gostaria de enfatizar que a revolução dos costumes possibilita uma melhor visão global dos paradigmas corporativos. Por outro lado, a crescente influência da mídia deve passar por modificações independentemente das posturas dos órgãos dirigentes com relação às suas atribuições. O incentivo ao avanço tecnológico, assim como a expansão dos mercados mundiais exige a precisão e a definição dos métodos utilizados na avaliação de resultados. Ainda assim, existem dúvidas a respeito de como o aumento do diálogo entre os diferentes setores produtivos representa uma abertura para a melhoria do remanejamento dos quadros funcionais.

 

Spoiler


Editado por talespagni, 18 maro 2019 - 15:05.

talespagni.png

 

Os melhores jogos (que já joguei): PS3 e PS4


#39 ToXi-Skull-

  •  Rafael_Alves96

Postado 18 maro 2019 - 15:11

Relaxa ele tem funcionários, enquanto
ele fala os caras vão escrevendo heheueheueh


Suspeitei desde o princípio :face1:

Recomendações

ToXi-Skull-.png

 

"O coração do sábio o inclina para a direita, mas o coração do tolo o inclina para a esquerda."
- Eclesiastes 10:2

 

A platina mais rara e mais deliciosa de todas!

Spoiler

#40 WhBlaze

Postado 18 maro 2019 - 15:20

Relaxa ele tem funcionários, enquanto
ele fala os caras vão escrevendo heheueheueh

 

Quem dera...
Mas comicamente, escrever os que os outros ditavam já fez parte do meu trabalho AHUHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA


Imagem Postada

Spoiler





0 usuário(s) está(ão) lendo este tópico

0 membros, 0 visitantes, 0 membros anônimos