Ir para conteúdo


Foto
- - - - -

[The Enemy] Após declaração de Mourão, #SomosGamersNãoAssassinos viraliza no Twitter


  • Por favor, faça o login para responder
13 respostas neste tópico

#1 Renan-Adao

    http://forum.mypst.com.br/index.php/topic/49759-vamos-contar-at%




  • 3.228 posts
  • Perfil no Portal

Postado 14 maro 2019 - 12:32

Na última quarta (13), após a tragédia cidade de Suzano, São Paulo, o vice-presidente da República Hamilton Mourão citou a violência nos videogames como fator que levou dois assassinos a matar 8 pessoas na Escola Estadual Raul Brasil e tirarem suas próprias vidas.

 
"Tenho netos e os vejo muitas vezes mergulhados nisso daí", disse em entrevista. "A gente nunca gosta de falar 'no meu tempo', mas quando eu era criança, era adolescente, a gente jogava bola, soltava pipa, jogava bola de gude. Então é isso que a gente tem que estar preocupado. Lamento profundamente o que ocorreu."
 
A declaração de Mourão causou revolta nos jogadores brasileiros, por verem mais uma vez os videogames serem taxados como bode expiatório para a violência, falta de tratamento psicológico, e outros fatores que levaram à tragédia.
 
Em resposta, a hashtag #SomosGamersNãoCriminosos entrou para o Trending Topics Mundial na rede social Twitter, com 18,4 mil tweets até a publicação desta nota.
 
Fonte: TheEnemy

Renan-Adao-hall.png


Meus guias:
Spoiler


Hall de Platinas
Spoiler


Recomendações:
http://forum.mypst.c...ões-renan-adao/

#2 jon86rodriguez

Postado 14 maro 2019 - 15:05

"Tenho netos e os vejo muitas vezes mergulhados nisso daí"

 

Então é melhor ele cuidar da vida dos netos dele e não dar essas declarações sem pé nem cabeça... rs

 


Editado por jon86rodriguez, 14 maro 2019 - 15:06.


#3 WhBlaze

Postado 14 maro 2019 - 15:34

Alguém avise para excelentíssimo que um dos motivos das crianças não andarem mais em paz na rua não foi avanço tecnológico e vídeo games, mas sim protecionismo devido a violência da mesma.

 

Eu tenho 31 anos e faço parte da ultima geração que ainda pegou trave (ou montou com dois tijolos) na rua para jogar futebol, saindo sempre que um carro passava, mas mesmo eu ainda corria risco frequentemente ao ponto de ter um pedófilo que ligava pra cá pra casa atrás de mim quando era criança pequena (fato que eu nem me lembrava até minha mãe me avisar a pouco tempo atrás).

Se ele tem tanto louvor pela sua nostalgia e deseja ver crianças correndo na rua de novo cavando borroca para jogar peteca, então que arrumem uma forma de que as borrocas das mesmas não estejam em risco só por pisar na porta de casa sem supervisão ¬¬"

Dito essa boçalidade partida de um dinossauro sem tato que não tem contato com a realidade atual (Que surpreendentemente ainda não havia proferido nenhuma asneira, logo, essa é de menor porte), os dois únicos questionamentos a se levantar sobre esse incidente são

 

1- Sanidade mental dos envolvidos e se dava para evitar, seja os tratando a tempo ou percebendo os sinais de que algo estava errado antes dessa bomba relógio explodir.

 

2- Se corremos o risco de viver um cenário similar ao USA ao liberar armas;

Quer gostemos ou não, armas não são de fácil acesso no brasil, mesmo de forma ilegal não é tão comum como muitos pensam, por isso temos incidentes de pessoas invadindo casa para roubar, ou os mais comuns e assustadores, criminosos atacando policiais e guardas para roubar suas armas e poder cometer crimes.
E esse incidente mostrou isso, pois presenciamos os dois psicopatas correndo com apenas um revolver e contornando suas limitações com arco e flecha e besta, dois equipamentos para pratica de esporte ou camping que não proporcionam precisão e a velocidade de um revolver para esses indivíduos instáveis.

Logo, fica a pergunta e o questionamento: Se armas estivesse liberadas facilmente e tivéssemos uma cultura belica (ou seja: é fácil comprar balas e toda residência tem uma) o quão devastadora seria essa tragédia?

É sempre bom lembrar que qualquer positivo traz consigo um negativo...


Imagem Postada

Spoiler


#4 pipitchu_666

  • Nome:Paulo Henrique

Postado 14 maro 2019 - 15:48

Alguém avise para excelentíssimo que um dos motivos das crianças não andarem mais em paz na rua não foi avanço tecnológico e vídeo games, mas sim protecionismo devido a violência da mesma.

 

Eu tenho 31 anos e faço parte da ultima geração que ainda pegou trave (ou montou com dois tijolos) na rua para jogar futebol, saindo sempre que um carro passava, mas mesmo eu ainda corria risco frequentemente ao ponto de ter um pedófilo que ligava pra cá pra casa atrás de mim quando era criança pequena (fato que eu nem me lembrava até minha mãe me avisar a pouco tempo atrás).

Se ele tem tanto louvor pela sua nostalgia e deseja ver crianças correndo na rua de novo cavando borroca para jogar peteca, então que arrumem uma forma de que as borrocas das mesmas não estejam em risco só por pisar na porta de casa sem supervisão ¬¬"

Dito essa boçalidade partida de um dinossauro sem tato que não tem contato com a realidade atual (Que surpreendentemente ainda não havia proferido nenhuma asneira, logo, essa é de menor porte), os dois únicos questionamentos a se levantar sobre esse incidente são

 

1- Sanidade mental dos envolvidos e se dava para evitar, seja os tratando a tempo ou percebendo os sinais de que algo estava errado antes dessa bomba relógio explodir.

 

2- Se corremos o risco de viver um cenário similar ao USA ao liberar armas;

Quer gostemos ou não, armas não são de fácil acesso no brasil, mesmo de forma ilegal não é tão comum como muitos pensam, por isso temos incidentes de pessoas invadindo casa para roubar, ou os mais comuns e assustadores, criminosos atacando policiais e guardas para roubar suas armas e poder cometer crimes.
E esse incidente mostrou isso, pois presenciamos os dois psicopatas correndo com apenas um revolver e contornando suas limitações com arco e flecha e besta, dois equipamentos para pratica de esporte ou camping que não proporcionam precisão e a velocidade de um revolver para esses indivíduos instáveis.

Logo, fica a pergunta e o questionamento: Se armas estivesse liberadas facilmente e tivéssemos uma cultura belica (ou seja: é fácil comprar balas e toda residência tem uma) o quão devastadora seria essa tragédia?

É sempre bom lembrar que qualquer positivo traz consigo um negativo...

 

Não li, mas é isso ae....

 

#somosgamersnãoassasinos


Pipitchu_666-jogo.png?0.5345854503

 

Minhas humildes platinas e meus humildes psn 100%

Spoiler

 

Meus guias - Link direto para meus guias

Spoiler

 

Empréstimos / Recomendações

RyZamFe.png#VerdeÉaCorDaInveja


#5 WhBlaze

Postado 14 maro 2019 - 16:05

Não li, mas é isso ae....

 

#somosgamersnãoassasinos

 

e se eu for a favor desse comentário infeliz? :coolface:


Imagem Postada

Spoiler


#6 Evildead_br

Postado 14 maro 2019 - 16:12

Alguém avise para excelentíssimo que um dos motivos das crianças não andarem mais em paz na rua não foi avanço tecnológico e vídeo games, mas sim protecionismo devido a violência da mesma.

 

Eu tenho 31 anos e faço parte da ultima geração que ainda pegou trave (ou montou com dois tijolos) na rua para jogar futebol, saindo sempre que um carro passava, mas mesmo eu ainda corria risco frequentemente ao ponto de ter um pedófilo que ligava pra cá pra casa atrás de mim quando era criança pequena (fato que eu nem me lembrava até minha mãe me avisar a pouco tempo atrás).

Se ele tem tanto louvor pela sua nostalgia e deseja ver crianças correndo na rua de novo cavando borroca para jogar peteca, então que arrumem uma forma de que as borrocas das mesmas não estejam em risco só por pisar na porta de casa sem supervisão ¬¬"

Dito essa boçalidade partida de um dinossauro sem tato que não tem contato com a realidade atual (Que surpreendentemente ainda não havia proferido nenhuma asneira, logo, essa é de menor porte), os dois únicos questionamentos a se levantar sobre esse incidente são

 

1- Sanidade mental dos envolvidos e se dava para evitar, seja os tratando a tempo ou percebendo os sinais de que algo estava errado antes dessa bomba relógio explodir.

 

2- Se corremos o risco de viver um cenário similar ao USA ao liberar armas;

Quer gostemos ou não, armas não são de fácil acesso no brasil, mesmo de forma ilegal não é tão comum como muitos pensam, por isso temos incidentes de pessoas invadindo casa para roubar, ou os mais comuns e assustadores, criminosos atacando policiais e guardas para roubar suas armas e poder cometer crimes.
E esse incidente mostrou isso, pois presenciamos os dois psicopatas correndo com apenas um revolver e contornando suas limitações com arco e flecha e besta, dois equipamentos para pratica de esporte ou camping que não proporcionam precisão e a velocidade de um revolver para esses indivíduos instáveis.

Logo, fica a pergunta e o questionamento: Se armas estivesse liberadas facilmente e tivéssemos uma cultura belica (ou seja: é fácil comprar balas e toda residência tem uma) o quão devastadora seria essa tragédia?

É sempre bom lembrar que qualquer positivo traz consigo um negativo...

Duas pessoas perturbadas conseguem uma arma de fogo de forma ilegal, cometem uma atrocidade e a culpa recai sobre jogos eletrônicos. É Brasil... é o que temos por aqui.



#7 talespagni

Postado 14 maro 2019 - 16:27

O Mourão é tipo aquele tio que nas festas de fim de ano faz a piada do "é pavê ou pacomê" e acha que tá na crista da onda.


talespagni.png

 

Os melhores jogos (que já joguei): PS3 e PS4


#8 WhBlaze

Postado 14 maro 2019 - 16:28

Duas pessoas perturbadas conseguem uma arma de fogo de forma ilegal, cometem uma atrocidade e a culpa recai sobre jogos eletrônicos. É Brasil... é o que temos por aqui.

 

Quem dera ser só no brasil...

Mas é frustrante e decepcionante ver isso partindo do vice-presidente.
Mais ainda pq por mais que eu não fosse com a cara de mourão, eu andava perplexo com varias atitudes louváveis dele, inclusive não ter passado o papel triste de criticar o "autoexílio" de Jean Willis (não importa o quão antipático ele seja, o que aconteceu é um absurdo)... E ai vem um comentário infeliz desse em meio a uma senhora tragédia que remete a algo frequente não aqui, mas no USA.

 

Principalmente quando estamos debatendo a possibilidade de facilitar armas de fogo e o pais que acomete com esses casos debate retirar para não sofrer mais com isso...
horay... vamos desviar o assunto...


Imagem Postada

Spoiler


#9 Daniel20_Hunter

  •  daniel@bregadioli.com.br
  • Nome:Daniel Bregadioli

Postado 14 maro 2019 - 16:40

Alguém avise para excelentíssimo que um dos motivos das crianças não andarem mais em paz na rua não foi avanço tecnológico e vídeo games, mas sim protecionismo devido a violência da mesma.

 

Eu tenho 31 anos e faço parte da ultima geração que ainda pegou trave (ou montou com dois tijolos) na rua para jogar futebol, saindo sempre que um carro passava, mas mesmo eu ainda corria risco frequentemente ao ponto de ter um pedófilo que ligava pra cá pra casa atrás de mim quando era criança pequena (fato que eu nem me lembrava até minha mãe me avisar a pouco tempo atrás).

Se ele tem tanto louvor pela sua nostalgia e deseja ver crianças correndo na rua de novo cavando borroca para jogar peteca, então que arrumem uma forma de que as borrocas das mesmas não estejam em risco só por pisar na porta de casa sem supervisão ¬¬"

Dito essa boçalidade partida de um dinossauro sem tato que não tem contato com a realidade atual (Que surpreendentemente ainda não havia proferido nenhuma asneira, logo, essa é de menor porte), os dois únicos questionamentos a se levantar sobre esse incidente são

 

1- Sanidade mental dos envolvidos e se dava para evitar, seja os tratando a tempo ou percebendo os sinais de que algo estava errado antes dessa bomba relógio explodir.

 

2- Se corremos o risco de viver um cenário similar ao USA ao liberar armas;

Quer gostemos ou não, armas não são de fácil acesso no brasil, mesmo de forma ilegal não é tão comum como muitos pensam, por isso temos incidentes de pessoas invadindo casa para roubar, ou os mais comuns e assustadores, criminosos atacando policiais e guardas para roubar suas armas e poder cometer crimes.
E esse incidente mostrou isso, pois presenciamos os dois psicopatas correndo com apenas um revolver e contornando suas limitações com arco e flecha e besta, dois equipamentos para pratica de esporte ou camping que não proporcionam precisão e a velocidade de um revolver para esses indivíduos instáveis.

Logo, fica a pergunta e o questionamento: Se armas estivesse liberadas facilmente e tivéssemos uma cultura belica (ou seja: é fácil comprar balas e toda residência tem uma) o quão devastadora seria essa tragédia?

É sempre bom lembrar que qualquer positivo traz consigo um negativo...

 

Falou tudo...


Daniel20_Hunter.png

Daniel20_Hunter-jogo.png


#10 Yulhin

  • Nome:Marcos Paulo

Postado 14 maro 2019 - 16:47

Eu jogava Mario quando criança e hoje em dia fiquei rico dando cabeçada em tijolo e blocos de concreto, e quando vejo um cogumelo eu dou um chute nele, pois é um inimigo  :hehe:

 

É cada declaração ridícula que esse povo faz para se aparecer na mídia como se fossem os cultos e inteligentes que da desgosto de ler.

 

Esses dois assassinos no minimo tinham algum problema psicológico grave e devem ter passado algo que acarretou neste surto de atrocidades.

 

Mas claro, para a mídia é mais fácil culpar algo que está tirando a audiência deles vulgo games e consoles, do que fazer um estudo e realmente comprovar a ineficiência de segurança que existe nessa merda de Brasil.

 

O que acho engraçado que os filmes Gore e de Ação extrema não foram taxados como culpados desses atos maléficos.


Editado por Yulhin, 14 maro 2019 - 16:48.

Yulhin.png

 

Yulhin.png

 

    

Platinas  :platinum: e PSN 100%  :psn:

Spoiler

#11 MAXDAMAGE_BR

Postado 14 maro 2019 - 16:57

Duas pessoas perturbadas conseguem uma arma de fogo de forma ilegal, cometem uma atrocidade e a culpa recai sobre jogos eletrônicos. É Brasil... é o que temos por aqui.

 

concordo, lembro daquele episodio de columbine, a culpa foi atribuida  ao filme matrix.
 



#12 wildanimal86

Postado 14 maro 2019 - 20:42

Ainda bem que eu so desenvolvo nao jogo :P

send me a sign

give me a reason to carry on

send me a sign

give me the power to carry on
give me a reason to live

 


#13 Tio_Maluco

    A única coisa em que todos somos iguais…é na morte.



  • 6.008 posts
  • Perfil no Portal
  • Nome:Jeff Neves Bisotto

Postado 14 maro 2019 - 20:53

Para os brasileiros que se auto rotulam como gamer em vez de jogador, o Tio deixa essa musica.

 

 

 


All Hail the God PS4!!!

Tio_Maluco.png?0.349460984426s-l300.jpg


#14 Renan-Adao

    http://forum.mypst.com.br/index.php/topic/49759-vamos-contar-at%




  • 3.228 posts
  • Perfil no Portal

Postado 14 maro 2019 - 21:23

Para os brasileiros que se auto rotulam como gamer em vez de jogador, o Tio deixa essa musica.


Pode ser coisa da minha cabeça, mas quando penso em jogador só me vem a cabeça jogador de futebol. Não vem nem jogador de volei, baskate ou criquite.
Só vem na cabeça jogador de futebol. Eu falo gamer, por que não falo vídeo jogo.

Spoiler

Renan-Adao-hall.png


Meus guias:
Spoiler


Hall de Platinas
Spoiler


Recomendações:
http://forum.mypst.c...ões-renan-adao/




0 usuário(s) está(ão) lendo este tópico

0 membros, 0 visitantes, 0 membros anônimos