Ir para conteúdo


Foto

[Estadão] Se o dólar chegar a R$ 4, teremos de subir preços dos jogos, diz Ubisoft

PS4 Notícias

  • Por favor, faça o login para responder
33 respostas neste tópico

#1 eduhlopes

Postado 26 junho 2018 - 09:45

1528936311166.jpg

Bertrand Chaverot é vice-presidente da Ubisoft na América Latina

 

Com jogos como Assassin’s Creed Odyssey e The Division 2 programados para chegar ao mercado nos próximos meses, a francesa Ubisoft tem chances de conseguir boas vendas em breve. No Brasil, no entanto, o cenário pode ser mais complexo do que o imaginado pela empresa. “Se o dólar chegar a R$ 4, teremos de subir os preços dos jogos”, revela o francês Bertrand Chaverot, vice-presidente da Ubisoft na América Latina, em entrevista ao Estado durante a E3 2018, 24ª edição da maior feira de games do mundo, realizada nesta semana em Los Angeles.

 

A instabilidade da moeda americana, diz Chaverot, pode afetar os planos de sua empresa -- afinal, o preço dos jogos no Brasil é balizado pelo dólar. Normalmente, grandes lançamentos precisam ser vendidos em torno de US$ 60, valor padrão cobrado por um game nos Estados Unidos.

 

Hoje, a Ubisoft vende seus lançamentos em formato físico a R$ 250 nas lojas brasileiras. “O último ano foi bem difícil com a crise econômica e ainda há instabilidade a vista, com as eleições. A situação na América Latina nunca foi tão assustadora”, diz Chaverot, que está há dez anos na região.

 

Para ele, a principal saída para contornar os problemas do presente, bem como questões estruturais brasileiras, como dificuldades de logística e distribuição, é apostar na venda de jogos pela internet. “Quando vendemos um jogo pelo varejo, ficamos só com 25% do valor total do game. No digital, essa margem sobe para 70%”, explica o executivo. Dessa forma, diz ele, é que a Ubisoft pode cortar 20% do preço na venda dos lançamentos em formato digital, vendidos a R$ 200 no País.

 

“Com o digital, não preciso pensar em ICMS ou greve dos caminhoneiros”, diz. Além disso, o francês também tem investido pesado nos esportes eletrônicos (eSports) e na realização de eventos para atrair novos públicos para os videogames. A seguir, confira os principais trechos da entrevista.

 

Estado: Como a Ubisoft vê o atual cenário do mercado brasileiro?

Bertrand Chaverot: 2017 foi um ano super difícil para o mercado, com a crise econômica e do varejo. Para a Ubisoft, porém, foi um grande ano. Crescemos 25% em faturamento, tivemos boas vendas com Assassin’s Creed Origins e Far Cry 5. Além disso, os jogadores estão migrando dos discos físicos para os jogos vendidos digitalmente, o que nos dá um modelo novo de negócios. Quando vendemos um jogo pelo varejo, ficamos só com 25% do valor total do game. No digital, essa margem sobe para 70%. São quase três vezes mais. Além disso, não temos que enfrentar questões problemáticas no Brasil, como logística e distribuição. Com o digital, não preciso me preocupar com a greve dos caminhoneiros. No mundo, a maioria das nossas vendas já são pela internet. Esperamos que os próximos anos sejam cada vez mais digitais.

 

Nas últimas semanas, o dólar tem sofrido com instabilidade. É algo que impacta diretamente o mercado de games no Brasil. Os preços vão subir?

Por enquanto, vamos tentar aguentar. Videogame é um entretenimento barato se você considerar o custo-benefício, mas é um produto caro num País como o Brasil. Vamos tentar manter os preços a R$ 250, mesmo com o dólar subindo rapidamente. Se o dólar chegar a R$ 4,00, vamos ter que subir os preços dos jogos. Espero que o governo consiga manter a estabilidade da moeda: se eu pudesse, gostaria de ter o dólar a R$ 3,20, é um valor justo.

 

Como o sr. vê as eleições impactando o mercado de jogos?

Elas trazem mais incerteza. A situação da América Latina, nesse aspecto, nunca foi tão assustadora. Argentina e México estão indo para um lado mais populista. O que temos de força, porém, é que dependemos menos do varejo e que, em tempos de crise, as pessoas buscam um entretenimento com bom custo benefício -- e o videogame faz isso. Pense em quantas horas de diversão um jogo pode te dar.

 

Quais são as estratégias para contornar esses obstáculos?

O que vamos fazer é investir mais no nosso catálogo, relançando jogos recentes a R$ 130. Vamos ainda organizar eventos: teremos campeonatos do [jogo de tiro] Rainbow Six Siege e do [jogo de dança] Just Dance. Hoje, o Brasil é nossa principal audiência nas transmissões de partidas de Rainbow Six Siege -- o brasileiro pode não ter o melhor poder aquisitivo, mas ele tem interesse nos games. A audiência de hoje é o jogador de amanhã e o consumidor do futuro. Além disso, para muitos adolescentes, os eSports são muito mais interessantes que o futebol: o ritmo do esporte tradicional é muito lento. Rainbow Six Siege ou League of Legends são bem mais movimentados do que jogos com dois ou três gols em 90 minutos.

 

A Ubisoft trabalha lado a lado com Sony, Nintendo e Microsoft. Há diferença entre as três empresas?

A Nintendo tem um público mais jovem e mais familiar, mas muito fiel. Tem moleques de 30 anos que só querem saber da Nintendo. Já Sony e Microsoft fazem uma guerra particular, como Coca-Cola e Pepsi. É uma guerra boa para alavancar a indústria. Nós, na Ubisoft, trabalhamos com os três e tentamos trazer histórias mais aprofundadas, dimensão cultural. Nosso objetivo hoje não é criar personagens e heróis incríveis. É criar mundos profundos, nos quais os jogadores poderão ter experiências memoráveis.

 

Fonte: Estadão


Vendas - Recomendações - myPlatinas

 

Eduhlopes.png

:platinum: e :psn:

Spoiler

#2 gabricj

Postado 26 junho 2018 - 09:54

Parece desculpa da gasolina.

 

Quando estava perto de 2, por acaso baixaram os preços?

Óbvio que não.


Imagem Postada

#3 eduhlopes

Postado 26 junho 2018 - 10:16

Quero ver quando aumentarem o preço base dos jogos que atualmente é de 60 dólares.  

 

Não lembro ao certo quando foi, mas acho que foi no meio da geração anterior que aumentaram de 50 para 60 (algo entre 6 a 8 anos atrás). Aposto que na próxima geração essa valor será reajustado. Ai já viu né, 10 dólares de aumento no preço base é igual a 100 reais a mais nessa budega de país.

 

Infelizmente esse hobby está fincando caro :(


Vendas - Recomendações - myPlatinas

 

Eduhlopes.png

:platinum: e :psn:

Spoiler

#4 rafatsilva

  • Nome:Rafael Teixeira

Postado 26 junho 2018 - 10:25

"os jogadores estão migrando dos discos físicos para os jogos vendidos digitalmente, o que nos dá um modelo novo de negócios. Quando vendemos um jogo pelo varejo, ficamos só com 25% do valor total do game. No digital, essa margem sobe para 70%."

 

Então podiam baixar o preço pelo menos esses 45% que estão ganhando a mais, já que o digital não tem custo de transporte, importação, matéria prima, impressão e todas as frescuras. Só que isso eles não fazem, apenas pensam em aumentar o preço que já é um absurdo!

Eu achava 150 reais caro para um jogo, hoje em dia os jogos vem tudo por 300 reais. Impossível manter esse vício nos games.



#5 eversontomiello

  • Nome:Everson Tomiello

Postado 26 junho 2018 - 10:26

Ainda que estão cobrando menos que as outras, por suas Gold Edition. Enquanto isso Square Enix tá conseguindo ser mais careira que a Activision nos pacotes completos de seus jogos ultimamente.


EversonTomiello.png

EversonTomiello-jogo.png?0.841925235131

GUIAS

Diablo III: Reaper of Souls

 

---> Recomendações | Empréstimos <---

Spoiler

 

Orgulho de ser hetero


#6 Corujero

Postado 26 junho 2018 - 10:33

Pqp aumentar, já está caro, logo só sendo ryco pra pegar lançamento

#7 MamyBR

  • Nome:Renata

Postado 26 junho 2018 - 10:41

Pqp aumentar, já está caro, logo só sendo ryco pra pegar lançamento

 

Ou seja, só o senhor mesmo vai continuar comprando jogos no lançamento :P



#8 WerneyPark

  •  WerneyPark
  • Nome:It's my ID <3

Postado 26 junho 2018 - 10:42

O cara soltou os percentuais mesmo.

sabe esse jogo q tu ta comprando, to levando 70% pra casa  :jackie_chan:

o cara mais esperto sabe que ele tem coisa pra pagar, e q o liquido da menos, mas ainda assim n acho muito inteligente falar isso, pq o povão vai achar que é lucro free, mas ainda assim é muito dinheiro que sobra  :-D

 


AqpjE57MRye8yvp-jfdfyQ.png WerneyPark.png

Recomendações 22xD / Vendinha \0/ / Emprestimo/Lista de Desejos / MyAnimeList <3

"casualmente" ganhos #^_^#

Spoiler

#9 WhBlaze

Postado 26 junho 2018 - 11:05

Sigh... Ok, acho que não é nenhuma novidade que eu não me dou bem com a ubisoft.
Eu frequentemente critico todos os comentários bananas, decisões imbecis e jogos problemáticos.
Porém, existe uma coisa que eu sempre respeitei neles: o fato de que eles engoliam prejuízo para estabelecer dominio aqui. Sim, é puramente comercial em um mercado debilitado que adora olhar pro seu próprio umbigo sem entender como as coisas funcionam, mas pelo menos eles tentavam.
Logo, é um pouco difícil criticar eles quando o motivo deles serem forçados a mudar se chama economia ruim.

Mas eu ainda estou confuso com a margem de apenas 25%, pq bom, 25% é quase o que o pessoal do USA faz por jogos first party recém lançados (normalmente eles ficam com apenas 9 ou 12US$ por copia vendida), o que levanta a sobrancelha e faz você perguntar: dude, vc ta vendendo os jogos para atacado por quanto???? õ-o

 

 

Editt:

 

Quero ver quando aumentarem o preço base dos jogos que atualmente é de 60 dólares.  

 

Não lembro ao certo quando foi, mas acho que foi no meio da geração anterior que aumentaram de 50 para 60 (algo entre 6 a 8 anos atrás). Aposto que na próxima geração essa valor será reajustado. Ai já viu né, 10 dólares de aumento no preço base é igual a 100 reais a mais nessa budega de país.

 

Infelizmente esse hobby está fincando caro :(

 

Nem edu, jogos não sobem de preço a mais de 20 anos 8X
Deixa-me ser mais especifico, os jogos no USA são meio que tabelados (não oficialmente) em um teto máximo de 60US$ e sujeitos a algo que eles chamam de "minimum Resale price maintenence", onde eles estabeleceram um preço especifico para seus jogos, combinaram com as revendedoras e assim ficou. Existem vários motivos do porque isso aconteceu, como empresas que lançavam jogos com preços aleatórios enquanto controlavam mercado (oi nintendo \o) ou os famigerados jogos licenciados que tinham audacia de ser lançados por 150US$ (action 52 é um bom exemplo), mas graças a essas diretrizes, empresas meio que são forçadas a manter esse acordo verbal pelo simples fato de que se eles quebrarem, retailers não vão revender e eles estão meio que... fu...
Entretanto esses vários zeros acabam causando uma certa confusão na cabeça do pessoal, que em geral espalha informações pela metades ou fica encantado com algo que nem sempre é verdade.
vou dar um exemplo de um fenômeno que acontece o tempo inteiro nos cinemas.

 

 

Batman vs superman. custou 300 milhões de dolares e teve uns 250 de marketing, totalizando absurdos 550 milhões no seu orçamento.
Seu box office foi bem proximo de 873, um numero maior que 550 e "horray, o filme foi um sucesso"... correto? Não necessariamente.
O lucro do filme é fragmentado, e o único lugar do mundo que a bilheteria é 50/50 é o USA, onde ele tirou 330, logo, seu lucro foi de 165. NO resto do mundo, essa margem de lucro é ainda menor e mais fragmentada, o que faz com que batman vs superman talvez não tenha conseguido nem mesmo metade do orçamento gosta, sendo um belo de um fiasco para a WB que depende de brinquedos (que não tem), blurays (parabéns, vc vendeu bem) e acordos para exibir o filme em outro lugar, algo que nunca acontecerá pq a WB obviamente iria passar na HBO que é o canal dela.

Video games por sua vez são similares, em lojas o lucro de um jogo recém lançado gira em torno de 9~12US$ e depois que ele baixa o preço o negocio fica ainda mais nervoso. Como ate o pipoqueiro sofre com inflação, mas video games continuam a mesma coisa, muitas delas arrumam outras formas de recuperar seus gastos, como DLC, edições de colecionador e etc.
E sim, é por isso que empresas mais malacas e pequenas (e sem dinheiro para lidar com distribuição) forçam tanto a barra para midia digital, onde os lucros são maiores, porém, jogos digitais um dia somem e nos meio que podemos por todas elas no mesmo balaio de "escrota inescrupulosa que não reduz os preços para manter lucro máximo e pra piorar, ainda faz as mesmas praticas de maximizar lucros sem me entregar nada" 8X

PS: Isso não se aplica ao japão, preço normal lá é 7800Y, porém, é comum vc ver jogos de empresas menores sendo lançados a 8600, 9200 ou ate mesmo 14.
 


WhBlaze.png

WhBlaze-jogo.png


#10 UGO_HOT

Postado 26 junho 2018 - 11:08

"os jogadores estão migrando dos discos físicos para os jogos vendidos digitalmente, o que nos dá um modelo novo de negócios. Quando vendemos um jogo pelo varejo, ficamos só com 25% do valor total do game. No digital, essa margem sobe para 70%."

 

Então podiam baixar o preço pelo menos esses 45% que estão ganhando a mais, já que o digital não tem custo de transporte, importação, matéria prima, impressão e todas as frescuras. Só que isso eles não fazem, apenas pensam em aumentar o preço que já é um absurdo!

Eu achava 150 reais caro para um jogo, hoje em dia os jogos vem tudo por 300 reais. Impossível manter esse vício nos games.

 

 

O cara soltou os percentuais mesmo.

sabe esse jogo q tu ta comprando, to levando 70% pra casa  :jackie_chan:

o cara mais esperto sabe que ele tem coisa pra pagar, e q o liquido da menos, mas ainda assim n acho muito inteligente falar isso, pq o povão vai achar que é lucro free, mas ainda assim é muito dinheiro que sobra  :-D

 

Os numeros nao estao batendo pra mim.

Assassin's Creed Odyssey na psn esta 200 e na uplay 160.

Na loja deles o lucro e 100% ou muito próximo disso, pois e sabido que as lojas de app (psn/steam/live) recebem de 10-30% de comissao.


C410_m310-jogo.png?0.355436113139

C410_m310.png

Spoiler


Recomendacões


#11 ledancc

Postado 26 junho 2018 - 11:08

Parece desculpa da gasolina.

 

Quando estava perto de 2, por acaso baixaram os preços?

Óbvio que não.

 

pra subir é uma regra, pra baixar é outra (no caso a regra pra baixar é quando congelar o inferno ou algo do tipo)


leDanCC.png

 

 

leDanCC-jogo.png


#12 Mestrejuca

Postado 26 junho 2018 - 11:10

Daqui um tempo deixar o console so para exclusivo mesmo ja que sempre é mais barato


MestreJuca.png

 


 

#13 MorpheuVRJ

Postado 26 junho 2018 - 11:11

Quando o dólar chegou a R$ 4,00 a um tempo atras todos aumentaram o preço. Ai o dólar recuou a R$ 3,40 e ninguém baixou.


Imagem Postada

#14 xFolha

  •  allyson.co
  • Nome:Allyson Costa

Postado 26 junho 2018 - 11:44

Quando o dólar chegou a R$ 4,00 a um tempo atras todos aumentaram o preço. Ai o dólar recuou a R$ 3,40 e ninguém baixou.

 

É a mesma ladainha da Petrobras. O dólar sobe, eles anunciam aumento por ter subido. Quando o dólar cai, não vejo corte no valor do mesmo. O consumidor nunca é beneficiado em nada.
 


xFolha.png

Empréstimos xFolha                                                              Recomendações


#15 WhBlaze

Postado 26 junho 2018 - 11:45

Os numeros nao estao batendo pra mim.

Assassin's Creed Odyssey na psn esta 200 e na uplay 160.

Na loja deles o lucro e 100% ou muito próximo disso, pois e sabido que as lojas de app (psn/steam/live) recebem de 10-30% de comissao.

 

Bem vindo ao grupo dos confusos.
A parte mais intrigante é que a margem de lucro que ele deu é a sabida do USA, o que torna tudo ainda mais bizarro e confuso.
 


WhBlaze.png

WhBlaze-jogo.png


#16 WerneyPark

  •  WerneyPark
  • Nome:It's my ID <3

Postado 26 junho 2018 - 12:07

Os numeros nao estao batendo pra mim.

Assassin's Creed Odyssey na psn esta 200 e na uplay 160.

Na loja deles o lucro e 100% ou muito próximo disso, pois e sabido que as lojas de app (psn/steam/live) recebem de 10-30% de comissao.

 

meee, tem tanto tempo que eu não jogo num pc que tinha té esquecido que geral tem loja própria agora, cretinos  :face5:


AqpjE57MRye8yvp-jfdfyQ.png WerneyPark.png

Recomendações 22xD / Vendinha \0/ / Emprestimo/Lista de Desejos / MyAnimeList <3

"casualmente" ganhos #^_^#

Spoiler

#17 deividp

  •  deividprudencio

Postado 26 junho 2018 - 12:44

Pqp aumentar, já está caro, logo só sendo ryco pra pegar lançamento

 

Só você e o Jeffão mesmo.


deividp.png

deividp-jogo.png
Regras para assinatura você encontra aqui! | Minhas recomendações você encontra aqui!

Lembrando que, pedidos de amizade em branco, serão ignorados!

Spoiler

#18 dsjoker87

  •  dsjoker87

Postado 26 junho 2018 - 12:52

Pqp aumentar, já está caro, logo só sendo ryco pra pegar lançamento

 
Só sendo Sid Corujero, O Ryco.
 

Ou seja, só o senhor mesmo vai continuar comprando jogos no lançamento :P


Mamy manja dos paranauê.

Recomendações / Vendas
dsjoker87.png?0.525666471691

:platinum: Platinas,  :psn:100%, ytTEWuc.pngGuias 


#19 Marcao_vap_2

Postado 26 junho 2018 - 13:40

Uma pena. Tirando o ACIII e seus 560 bugs, tenho boas memórias de games da Ubisoft. Ainda gosto muito do Just Dance, o The Division foi bacaninha e os AC, logicamente, continuam sendo o auge da empresa em minha opinião.

 

Porém, eu ainda acho um absurdo R$60,00 pelo Syndicate, lançado quase 4 anos atrás (eu acho) e também algo perto disso pelo Unity, e se preços continuarem a subir, logicamente eu contribuirei para que a taxa de venda de jogos da Ubisoft caia.

 

Enfim, também concordo com o cainha ali acima. Teve uma época em que o dólar era R$1,90, R$1,92, etc, mas não lembro dos lançamentos terem custado R$120,00. Em resumo, concordo que é de fato desculpinha barata... 


Marcao_vap_2.png

Marcao_vap_2-jogo.png

"Don't piss on my leg and tell me it's raining..." - Bianca Del Rio (The ultimate and wiser bitch)

                                 

Spoiler

 

 

 

 

 


#20 Raanso

Postado 26 junho 2018 - 14:13

Pra mim pouco importa, jogo da Bugsoft só depois de lançados os 3.578.123 patch fixes, e o valor ter chegado a R$70 no máximo!
De outro lado, até hoje tô esperando, sentado, mas esperando a aprovação do projeto que diminui os impostos dos jogos!
Só quero ver qual vai ser o valor que vão colocar nos games!





0 usuário(s) está(ão) lendo este tópico

0 membros, 0 visitantes, 0 membros anônimos