Ir para conteúdo


Foto

[BrasilGamer] Demon's Souls é o melhor jogo de PS3 segundo pesquisa realizada pela Famitsu



  • Por favor, faça o login para responder
88 respostas neste tópico

#41 Dark_Wolf_Sif

Postado 24 novembro 2016 - 13:04

bem tipica essa lista levando em consideração q foi feita por uma revista japonesa



#42 JKorso

Postado 24 novembro 2016 - 13:19

Nossa, que lista nonsense.
Demon's Souls pra mim foi uma das piores experiências da geração passada.
E eu ainda passei duas vezes por esse calvário bugado e mal concebido.
Mas aempre tem quem defenda, não tem muito o que fazer.

Lgz2COC.gif


 674VGoI.jpg | UXzsgaZ.jpg

Spoiler

#43 WhBlaze

Postado 24 novembro 2016 - 13:25

meu Deus, é uma pesquisa de opinião pública!

calma rapeizes...

 

Vamos fazer uma votação aqui do forum pra ter nosso registro

 

Pior que eu acho que já fizeram algumas vezes 8D


WhBlaze.png

WhBlaze-jogo.png


#44 WerneyPark

  •  WerneyPark
  • Nome:It's my ID <3

Postado 24 novembro 2016 - 13:32

olha as treta que os cara arruma  :grin:

 

Top1 tinha que ser Sword Art Online!!! o Resto é Resto!!

 

Pronto Falei  :fuck:

 

 

 PS:Comprei Play3 por Beyond e The Last e os 2 Cumpriram o seu papel, uma parte e outra que eu não gostei, mas no geral bem melhor que Unchartzera que só joguei o 1 e não me deu o minimo de vontade de jogar o restante.... e dos estilos souls da vida só tenho vontade de jogar o Blodborn*  :coolface:


Editado por WerneyPark, 24 novembro 2016 - 13:33.

Imagem Postada

Recomendações 22xD / Vendinha \0/ / Emprestimo/Lista de Desejos / MyAnimeList <3

"casualmente" ganhos #^_^#

Spoiler

#45 preiba2

  •  Marcos Miyatake

Postado 24 novembro 2016 - 13:33

Apesar de ter gostado de Demons Souls não achei ele tão épico a ser considerado o melhor jogo de PS3. Pra mim é Metal Gear Solid 4.

 

Temos que levar em conta que é uma revista do público japonês, onde jogos como Overwatch, Titanfall, BF, COD não fazem tanto sucesso. Lá o forte é jogos com uma história rica e RPGs em geral, portanto essa lista representa o gosto de lá (o meu também já que eu dou mais preferência a uma boa história ao multiplayer).


Editado por preiba2, 24 novembro 2016 - 13:37.

preiba2.png

 

Rms1NnpvQkVLelRhNkR6MndpWjA0dz09.png

 

Recomendações:

http://forum.mypst.c...dações-preiba2/

 

Spoiler

#46 JKorso

Postado 24 novembro 2016 - 13:46

Tudo o que a série Souls se dispõe e oferece é o que eu menos me interesso num jogo baseado em elementos ou RPG em si.
RPG é desenvolvimento de enredo, personagens e história, pessoal e coletiva, com lore como background.
A série Souls tem lore e subjetividades como background e enredo. Então pra mim não são nada.

No outro lado do espectro eu concordo que The Last of Us é puro hype da geral.
Eu mantive meu hype antes e durante o lançamento desse título, fiz preorder, acompanhei o que prometeram mas na prática, o jogo tem enredo, desenvolvimento de personagens e história, faz praticamente tudo ao contrário do que a série Souls faz, porém como jogo, TLoU é absurdamente genérico, pra não dizer vergonhosamente chão-comum e inferior até mesmo ao que foi iniciado em Uncharted. É um jogo raso e vazio, passável depois de terminar uma vez. Dão vazão a sua dita grandiosidade devido à qualidade de arte conhecida como tradição da Naughty Dog. Se fosse um jogo com parte técnica/artística comum, ninguém daria bola e nem goty seria.

Mass Effect 2 embora tenha problemas de gameplay, pois é um TPC truncado nesse quesito, tudo o que um RPG deve conter e representar em seu enredo, desenvolvimento dele e de personagens, torna ele comparável com o teor humano presente em Final Fantasy VI, um dos maiores clássicos - e imbatível título da Square Enix, quando ela ainda fazia personagens com conteúdo, não uma fashionweek no lugar do caráter e carisma - do JRPG, em sua era de ouro, que jamais retornará.

Red Dead Redemption é outro exemplo que, embora não seja RPG, o que importa num jogo complexo como esse é sua profundidade.
Eu diria que Assassin's Creed 2 também possui o mesmo nível de aprofundamento de enredo e desenvolvimento de personagens que RDR e muito RPG clássico, coisa que os RPGs como a série Souls são completamente estéreis. Alegar vietude como dificuldade é algo no mínimo infantil. Eu sempre argumento isso usando justamente os jogos da década de 80 como exemplo.
Naquela época era preciso dar mais tempo de vida a um jogo, maior dificuldade em desenvolvimento, fora saberem que no caso de jogos de arcade, o lucro era o foco, então a dificuldade sempre era elevada, até porque os jogos precisavam refletir a dificuldade de quem os produziu. Muito tem a ver com a disponibilidade de tecnologias também. Muita coisa saia diferente do projetado, tendo de ajustar coisas de maneira diferente para serem lançados. Hoje em dia a tecnologia é muito mais avançada e complexa e os jogos muito mais repletos de meios de se vencer mais facilmente. O pessoal quer trazer de volta esse feeling de dificuldade dos anos 80 e usam esse argumento como maior mérito da série, quando não alegam "o jogo é justo". Não, filho. O jogo não é justo. Ele é um reflexo do sistema burocrático que se vive na realidade. Aí se isso é mérito - replicar a dificuldade da realidade num jogo - sinto informar, mas fãs da série Souls são apenas masoquistas e não querem dar o braço a torcer.

Eu teria uma lista completamente diferente, logicamente. Dificilmente eu sigo as massas e GOT pra mim geralmente não conta mais.
Sempre menciono que se GOTY realmente desse o devido valor ao conteúdo e qualidade prometidos e cumpridos pela desenvolvedora, GTAV teria sido o GOTY, não The Hype of Us.

Apesar de ter gostado de Demons Souls não achei ele tão épico a ser considerado o melhor jogo de PS3. Pra mim é Metal Gear Solid 4.

Temos que levar em conta que é uma revista do público japonês, onde jogos como Overwatch, Titanfall, BF, COD não fazem tanto sucesso. Lá o forte é jogos com uma história rica e RPGs em geral, portanto essa lista representa o gosto de lá (o meu também já que eu dou mais preferência a uma boa história ao multiplayer).

E me diga que enredo forte a série Souls tem a oferecer?
Isso foi completamente discordante do que a série realmente entrega.

Editado por JKorso, 24 novembro 2016 - 13:48.

Lgz2COC.gif


 674VGoI.jpg | UXzsgaZ.jpg

Spoiler

#47 VorzyKanT

Postado 24 novembro 2016 - 13:49

Cadê o o remaster desse jogo titia Sony


VorzyKanT.png

VorzyKanT-jogo.png


#48 Evildead_br

Postado 24 novembro 2016 - 13:56

lembrando do review de demon's souls by maria kichiji* "demon's souls é ruim pq eu morro muito. 6"
Lembrando do review de maria kichiji sobre naruto ultimate ninja storm 4* "esse jogo é otimo, se eu apertar um botão saem vários ataques diferentes 8D"

 

 

aaaaaaaaaa a qualidade de reviews da famitsu, não ,é atoa que eles conseguiram ficar ainda menores e agora se resumem a 3 linhas... 8X

 

 

Eu no gosto de mass effect 2 ;\ (Polêmico)

E sim, eu estou falando serio (polêmico ²)

tambem discordo sobre certos jogos como ME, metal gear ou dark souls executarem tudo com maestria (polêmico ³).
;|

 

Normal. Não gostar de alguma coisa é algo normal, mas daí dizer que é ruim, ou fechar os olhos para a qualidade dos jogos é outra coisa. :) No meu top 10 (sem ordem) de PS3 estão : The Last of Us, Mass Effect 2, Red Dead Redemption, Heavy Rain, Uncharted 2, Ni no Kuni, Vanquish, South Park, Dead Space, Batman: Arkhan Asylium (ainda não consegui gostar do Batman: AC, mas vou voltar a jogar)

 

A minha lista de jogos que não gosto incluem GTA, Metal Gear, Call of Duty, Battlefield, Fifa, PES.

Aí vem os jogos que são bem executados, mas não acho grande coisa: Uncharted 3, God of War 3, por exemplo.

 

Por fim vem (a série?) Assassins Creed, que esse sim, não sei o que as pessoas (e os críticos) veem nele - AC 1 foi um dos mais chatos que joguei na vida. Já tentei jogar diversas vezes mas o jogo não me empolgou. Talvez eu tenha jogado os tótulos errados da franquia.



#49 Evildead_br

Postado 24 novembro 2016 - 14:11

Tudo o que a série Souls se dispõe e oferece é o que eu menos me interesso num jogo baseado em elementos ou RPG em si.
RPG é desenvolvimento de enredo, personagens e história, pessoal e coletiva, com lore como background.
A série Souls tem lore e subjetividades como background e enredo. Então pra mim não são nada.

No outro lado do espectro eu concordo que The Last of Us é puro hype da geral.
Eu mantive meu hype antes e durante o lançamento desse título, fiz preorder, acompanhei o que prometeram mas na prática, o jogo tem enredo, desenvolvimento de personagens e história, faz praticamente tudo ao contrário do que a série Souls faz, porém como jogo, TLoU é absurdamente genérico, pra não dizer vergonhosamente chão-comum e inferior até mesmo ao que foi iniciado em Uncharted. É um jogo raso e vazio, passável depois de terminar uma vez. Dão vazão a sua dita grandiosidade devido à qualidade de arte conhecida como tradição da Naughty Dog. Se fosse um jogo com parte técnica/artística comum, ninguém daria bola e nem goty seria.

Mass Effect 2 embora tenha problemas de gameplay, pois é um TPC truncado nesse quesito, tudo o que um RPG deve conter e representar em seu enredo, desenvolvimento dele e de personagens, torna ele comparável com o teor humano presente em Final Fantasy VI, um dos maiores clássicos - e imbatível título da Square Enix, quando ela ainda fazia personagens com conteúdo, não uma fashionweek no lugar do caráter e carisma - do JRPG, em sua era de ouro, que jamais retornará.

Red Dead Redemption é outro exemplo que, embora não seja RPG, o que importa num jogo complexo como esse é sua profundidade.
Eu diria que Assassin's Creed 2 também possui o mesmo nível de aprofundamento de enredo e desenvolvimento de personagens que RDR e muito RPG clássico, coisa que os RPGs como a série Souls são completamente estéreis. Alegar vietude como dificuldade é algo no mínimo infantil. Eu sempre argumento isso usando justamente os jogos da década de 80 como exemplo.
Naquela época era preciso dar mais tempo de vida a um jogo, maior dificuldade em desenvolvimento, fora saberem que no caso de jogos de arcade, o lucro era o foco, então a dificuldade sempre era elevada, até porque os jogos precisavam refletir a dificuldade de quem os produziu. Muito tem a ver com a disponibilidade de tecnologias também. Muita coisa saia diferente do projetado, tendo de ajustar coisas de maneira diferente para serem lançados. Hoje em dia a tecnologia é muito mais avançada e complexa e os jogos muito mais repletos de meios de se vencer mais facilmente. O pessoal quer trazer de volta esse feeling de dificuldade dos anos 80 e usam esse argumento como maior mérito da série, quando não alegam "o jogo é justo". Não, filho. O jogo não é justo. Ele é um reflexo do sistema burocrático que se vive na realidade. Aí se isso é mérito - replicar a dificuldade da realidade num jogo - sinto informar, mas fãs da série Souls são apenas masoquistas e não querem dar o braço a torcer.

Eu teria uma lista completamente diferente, logicamente. Dificilmente eu sigo as massas e GOT pra mim geralmente não conta mais.
Sempre menciono que se GOTY realmente desse o devido valor ao conteúdo e qualidade prometidos e cumpridos pela desenvolvedora, GTAV teria sido o GOTY, não The Hype of Us.
E me diga que enredo forte a série Souls tem a oferecer?
Isso foi completamente discordante do que a série realmente entrega.

Apesar de discordar sobre o que escreveu sobre TLoU, concordo com as demais anotaçoes sobre os outros jogos - menos AC, que nunca joguei. :) E sobre Final Fantasy Vi... Ainda estou esperando algum JRPG superar esse clássico. Não sou fã de FF VII e na época do seu lançamento fiquei até decepcionado pois esperava algo do nível de FF VI, o que passou bem longe. :)

 

Conversando com uns amigos em meio a uma rodada de pizza, um deles disse que o principal problema dele com a série Souls (Bloodborne incluso) é justamente a história (ou a falta dela), a falta de desenvolvimento dos personagens, enredo, E concordo plenamente: dizer que a dificuldade exagerada é um dos pontos positivos do jogo é exagero.



#50 preiba2

  •  Marcos Miyatake

Postado 24 novembro 2016 - 14:27

Apesar de discordar sobre o que escreveu sobre TLoU, concordo com as demais anotaçoes sobre os outros jogos - menos AC, que nunca joguei. :) E sobre Final Fantasy Vi... Ainda estou esperando algum JRPG superar esse clássico. Não sou fã de FF VII e na época do seu lançamento fiquei até decepcionado pois esperava algo do nível de FF VI, o que passou bem longe. :)

 

Conversando com uns amigos em meio a uma rodada de pizza, um deles disse que o principal problema dele com a série Souls (Bloodborne incluso) é justamente a história (ou a falta dela), a falta de desenvolvimento dos personagens, enredo, E concordo plenamente: dizer que a dificuldade exagerada é um dos pontos positivos do jogo é exagero.

 

Realmente esse é um ponto da série Souls que não me agrada muito. Diferente de vcs eu gosto do jogo, mas esse negócio que a história é apenas um pano de fundo onde temos que pesquisar em fóruns e por conversas de NPCs o que realmente está acontecendo naquele mundo não é algo tão bacana.

 

Pesquisando sobre o universo da série, da pra perceber que tem um conteúdo legal, porém ele pode ser deixado de lado completamente, parecendo que não tem muita importância para o game.

 

Como eu disse, apesar de gostar de Demons Souls, não acho ele o melhor jogo de PS3.
 


preiba2.png

 

Rms1NnpvQkVLelRhNkR6MndpWjA0dz09.png

 

Recomendações:

http://forum.mypst.c...dações-preiba2/

 

Spoiler

#51 WhBlaze

Postado 24 novembro 2016 - 14:33

Normal. Não gostar de alguma coisa é algo normal, mas daí dizer que é ruim, ou fechar os olhos para a qualidade dos jogos é outra coisa. :) No meu top 10 (sem ordem) de PS3 estão : The Last of Us, Mass Effect 2, Red Dead Redemption, Heavy Rain, Uncharted 2, Ni no Kuni, Vanquish, South Park, Dead Space, Batman: Arkhan Asylium (ainda não consegui gostar do Batman: AC, mas vou voltar a jogar)

 

A minha lista de jogos que não gosto incluem GTA, Metal Gear, Call of Duty, Battlefield, Fifa, PES.

Aí vem os jogos que são bem executados, mas não acho grande coisa: Uncharted 3, God of War 3, por exemplo.

 

Por fim vem (a série?) Assassins Creed, que esse sim, não sei o que as pessoas (e os críticos) veem nele - AC 1 foi um dos mais chatos que joguei na vida. Já tentei jogar diversas vezes mas o jogo não me empolgou. Talvez eu tenha jogado os tótulos errados da franquia.

 

Pra mim (por enquanto e sem pensar muito, ate pq tem muito jogo do ps3 que eu ainda no joguei) os primeiros que veem a minha cabeça como os melhores são vanquish, demon's souls, valkyria chronicles, Dai-2-jii OG2nd e Dragon's dogma

 

 

Ac é basicamente um tech demo.
Eu ate gosto do primeiro jogo pq ele demonstrou um potencial absurdo quando saiu, mas era porcamente construido...

Muita gente ficou mais encantado com o que poderia acontece rna sequencia do que com o jogo em si (que quase não tem).
Melhor exemplo é o 2 que é basicamente o que o 1 deveria ter sido \8

 

E eu já joguei muita porcaria para mapear facilmente uhauahua

maioria dos jogos que eu pego no pé (Como é o caso de mass effect) são obras primas indiscutiveis quando comparados a jogos como deception.... hell, mindjack é muto melhor ue deception uhauhauhauha


WhBlaze.png

WhBlaze-jogo.png


#52 Evildead_br

Postado 24 novembro 2016 - 14:33

Realmente esse é um ponto da série Souls que não me agrada muito. Diferente de vcs eu gosto do jogo, mas esse negócio que a história é apenas um pano de fundo onde temos que pesquisar em fóruns e por conversas de NPCs o que realmente está acontecendo naquele mundo não é algo tão bacana.

 

Pesquisando sobre o universo da série, da pra perceber que tem um conteúdo legal, porém ele pode ser deixado de lado completamente, parecendo que não tem muita importância para o game.

 

Como eu disse, apesar de gostar de Demons Souls, não acho ele o melhor jogo de PS3.
 

Eu também gosto de Demon's Souls. :) Entretanto nunca me interessei em continuar na série. :) Sobre a história, tive que pesquisar em fóruns para montar aquele quebra-cabeças e tentar entender alguma coisa. Eu particularmente não gosto disso: recorrer a uma outra mídia para obter uma informação que deveria estar no jogo. Esse meu amigo citou um caso específico de Bloodbourne, onde ele teve que recorrer a internet ou então não encontraria um chefe ou área do jogo.



#53 WhBlaze

Postado 24 novembro 2016 - 14:40

Eu também gosto de Demon's Souls. :) Entretanto nunca me interessei em continuar na série. :) Sobre a história, tive que pesquisar em fóruns para montar aquele quebra-cabeças e tentar entender alguma coisa. Eu particularmente não gosto disso: recorrer a uma outra mídia para obter uma informação que deveria estar no jogo. Esse meu amigo citou um caso específico de Bloodbourne, onde ele teve que recorrer a internet ou então não encontraria um chefe ou área do jogo.

 

E nem faz muito sentido...  Eu odeio fazer essa comparação mas demon's souls (na verdade dark souls é pior) é primo de silent hill...

não tem historia, não é pra ter historia, não é pra se importar com a historia e... os fãs se esforçam tanto para fazer sentido do que não tem e não deve ter que... bom, não só se mostram mais inteligentes que os criadores como tb acabam iludindo tudo e todos com algo que não existe...

 

Serio, são pessoas pegando coisas aleatórias e inventando historias em uma tentativa de fazer sentido de algo que não deve ter sentido...

e eu sinceramente sou contra... acho que o excesso de pessoas querendo achar nexo na falta de nexo (silent hill) me saturou demais... o fato de que eu não sou fã de abstrato e defendo que vc só tem direito de interpretar algo ate onde lhe deram margem de interpretação (ou seja; pare de distorcer o que os outros fazem ou pare de inventar coisas para tentar fazer nexo de uma falha) me desgasta \8


WhBlaze.png

WhBlaze-jogo.png


#54 Evildead_br

Postado 24 novembro 2016 - 14:41

Pra mim (por enquanto e sem pensar muito, ate pq tem muito jogo do ps3 que eu ainda no joguei) os primeiros que veem a minha cabeça como os melhores são vanquish, demon's souls, valkyria chronicles, Dai-2-jii OG2nd e Dragon's dogma

 

 

Ac é basicamente um tech demo.
Eu ate gosto do primeiro jogo pq ele demonstrou um potencial absurdo quando saiu, mas era porcamente construido...

Muita gente ficou mais encantado com o que poderia acontece rna sequencia do que com o jogo em si (que quase não tem).
Melhor exemplo é o 2 que é basicamente o que o 1 deveria ter sido \8

 

E eu já joguei muita porcaria para mapear facilmente uhauahua

maioria dos jogos que eu pego no pé (Como é o caso de mass effect) são obras primas indiscutiveis quando comparados a jogos como deception.... hell, mindjack é muto melhor ue deception uhauhauhauha

Cara.. como eu esqueci valkyria chronicles? Estou no trabalho, deve ser a fome. :) Bem, Valkyria Chronicles entra fácil no lugar de Batman AA. :)



#55 jfrl1991

  • Nome:José Madruga

Postado 24 novembro 2016 - 14:50

Não é a primeira pessoa que fala bem desse Valkyria, vou dar uma chance e comprar o jogo.


Imagem Postada

Pedidos de amizade em branco não serão aceitos.

Jogue o que vc gosta e platine o que vc acha legal.

Recomendações:

http://forum.mypst.c...acoes-jfrl1991/


#56 WhBlaze

Postado 24 novembro 2016 - 14:58

Cara.. como eu esqueci valkyria chronicles? Estou no trabalho, deve ser a fome. :) Bem, Valkyria Chronicles entra fácil no lugar de Batman AA. :)

 

normal

por isso que eu não ouso citar muitos abruptamente auahuauhahuahuau

Eu sempre sei que vou esquecer algo, principalmente pq tem muito jogo sem troféu que eu gosto (Começando com VC) XD


WhBlaze.png

WhBlaze-jogo.png


#57 JKorso

Postado 24 novembro 2016 - 15:34

Apesar de discordar sobre o que escreveu sobre TLoU, concordo com as demais anotaçoes sobre os outros jogos - menos AC, que nunca joguei. :) E sobre Final Fantasy Vi... Ainda estou esperando algum JRPG superar esse clássico. Não sou fã de FF VII e na época do seu lançamento fiquei até decepcionado pois esperava algo do nível de FF VI, o que passou bem longe. :)

Conversando com uns amigos em meio a uma rodada de pizza, um deles disse que o principal problema dele com a série Souls (Bloodborne incluso) é justamente a história (ou a falta dela), a falta de desenvolvimento dos personagens, enredo, E concordo plenamente: dizer que a dificuldade exagerada é um dos pontos positivos do jogo é exagero.


Eu gosto de FFVII, mas muito, muito longe de considerar ele essa bolacha recheada toda que o mundo adora desenhar. Antes dele houve FFIV e FFVI, que a meu ver FFVII não superou, sendo assim fica até risível o extremismo da geral alegar que FFVII é o melhor da série (sendo que é apenas o mais aclamado por N motivos pertinentes a época de lançamento e hype geral), fora alegar que os FF posteriores são todos, unanimemente inferiores em todos os quesitos de FFVII. Isso eu considero absurdamente engraçado. Há inúmeros quesitos em que os FF posteriores são superiores e se tornaram pioneiros em certos padrões que hoje em dia são indispensáveis aos RPGs ou a série em si.

Realmente esse é um ponto da série Souls que não me agrada muito. Diferente de vcs eu gosto do jogo, mas esse negócio que a história é apenas um pano de fundo onde temos que pesquisar em fóruns e por conversas de NPCs o que realmente está acontecendo naquele mundo não é algo tão bacana.

Pesquisando sobre o universo da série, da pra perceber que tem um conteúdo legal, porém ele pode ser deixado de lado completamente, parecendo que não tem muita importância para o game.

Como eu disse, apesar de gostar de Demons Souls, não acho ele o melhor jogo de PS3.


Aí que está o defeito absoluto da série, por definição até. RPG, não importa se o original, de tabuleiro/livro ou a sua contraparte no videogame tem como foc principal desenvolvimento de história e personagens como pilar central. Nunca foi diferente e talvez nunca será.
A série Souls é o exemplo perfeito de um script rico, forte, profundo e possivelmente bem escrito que não sobreviveu ao processo de desenvolvimento do jogo.
A parte de jogabilidade dele é ótima, a engine é ótima, ambientação é ótima, sóque por algum motivo muito tosco, inaptidão de algum pessoal da empresa, o enredo foi completamente estirpado.

RPG que é preciso ler em fóruns e wikias pra saber o que acontece é um RPG com péssimo enredo inserido no mesmo patamar de desenvolvimento como foi o caso da jogabilidade. Simples.

A questão é que endeusam a série da mesma maneira que endeusam The Last of Us e este tem mais enredo que Souls E NÃO É UM RPG! Já pararam pra pensar nisso?

Como jogo a série Souls é supersólida, The Last of Us acho superaquém nesse quesito, não leva adiante o que já existia (Resident Evil, Silent Hill, Uncharted, Dead Space, etc)' mas como jogo com enredo e personagens bem desenvolvidos, plot-twists e tudo o que enriquece e aprofunda, a série Souls é árida, enquanto nesse quesito, The Last of Us brilha supremo.

E a coisa é treta pra mim por serem extremos. Não gosto de ambos devido a isso. O caminho do meio sempre é o ideal pra mim.

Lgz2COC.gif


 674VGoI.jpg | UXzsgaZ.jpg

Spoiler

#58 JKorso

Postado 24 novembro 2016 - 15:52

E nem faz muito sentido... Eu odeio fazer essa comparação mas demon's souls (na verdade dark souls é pior) é primo de silent hill...
não tem historia, não é pra ter historia, não é pra se importar com a historia e... os fãs se esforçam tanto para fazer sentido do que não tem e não deve ter que... bom, não só se mostram mais inteligentes que os criadores como tb acabam iludindo tudo e todos com algo que não existe...

Serio, são pessoas pegando coisas aleatórias e inventando historias em uma tentativa de fazer sentido de algo que não deve ter sentido...
e eu sinceramente sou contra... acho que o excesso de pessoas querendo achar nexo na falta de nexo (silent hill) me saturou demais... o fato de que eu não sou fã de abstrato e defendo que vc só tem direito de interpretar algo ate onde lhe deram margem de interpretação (ou seja; pare de distorcer o que os outros fazem ou pare de inventar coisas para tentar fazer nexo de uma falha) me desgasta \8


Aqui eu devo discordar de seu ponto de vista.
Silent Hill é nonsense pela visão lógica da humanidade. Muito do motivo de a maioria preferir Resident Evil em sua época. Maior exemplo disso é o tipo de medo engatilhado entre as duas séries. RE é um susto de algo físico enquanto SH te causa susto com algo IMATERIAL. Imaterial não significa abstrato e interpretativo, apenas é imaterial/invisível, algo que quem é muito de taxar tudo com os olhos da lógica realmente não tem como funcionar.

SH explora fenômenos extrafísicos, não importa o que a ciência lógica aponte como sendo possível ou não. O impossível para a ciência geralmente é algo natural/supernatural que a mesma não tem percepção equipamento tecnológico aguçado o suficiente para comprovar com método científico.
Silent Hill lida com o emocional - outra fonte desprendida do lógico/material do dia a dia, nada interpretativo aliás. O que existe é metáforas e analogias, símbologias e misticismo na série. Todas essas são matérias que o lado direito do cérebro trabalha, não o esquerdo, completamente lógico e racional.

E dentre as várias situações nonsense na série - para a pessoa de visão totalmente racional - não faz o menor sentido mesmo, pois o ocidente como um todo não tem ambos os lados do cérebro devidamente exercitados desde seu nascimento, parece sermão da montanha, dogma religioso e bla bla bla espiritual? Pode ser, só que ninguém é 100% alguma coisa e certamente o ser humano não trabalha somente em níveis lógicos de raciocínio. Tanto é que o medo é a principal razão do ser humano ter dúvidas: algo extrafísico, "ilógico" e não definível fisicamente a ponto de ser superado.

Não é a primeira pessoa que fala bem desse Valkyria, vou dar uma chance e comprar o jogo.


Pra mim Valkyria Chronicles 1 foi o melhor JRPG que joguei na gen passada.
Mas claro, salvo que meu foco pra RPG é o que mencionei no tópico.
Mesmo que o jogador tenha aversão a estereótipos de anime, VC tem desenvolvimento de entedo e personagens de tal maneira que FFXIII e suas continuações se mostrem uma vergonha alheia quando o assunto e struggle de personagens, maturidade e relacionamentos humanos em si, e o plot-twist então?

E a trilha sonora do Hitoshi Sakimoto? Quase dá pra relembrar Final Fantasy Tactics, misturado com Advance Wars de Gameboy Advance. Peguei o remastered, mas o jogo é platina tensa.

normal
por isso que eu não ouso citar muitos abruptamente auahuauhahuahuau
Eu sempre sei que vou esquecer algo, principalmente pq tem muito jogo sem troféu que eu gosto (Começando com VC) XD


Edição remastered de Ps4 tem troféu.
Tem a questão que a Sega foi porca e as cutscenes estão em 720p, nitidamente gravação em baixa qualidade, não prestaram pra patchear e fazer direito do zero... Mas o jogo tá ali, completo e até com os dlcs junto.

Lgz2COC.gif


 674VGoI.jpg | UXzsgaZ.jpg

Spoiler

#59 WhBlaze

Postado 24 novembro 2016 - 16:06

Aí que está o defeito absoluto da série, por definição até. RPG, não importa se o original, de tabuleiro/livro ou a sua contraparte no videogame tem como foc principal desenvolvimento de história e personagens como pilar central. Nunca foi diferente e talvez nunca será.
A série Souls é o exemplo perfeito de um script rico, forte, profundo e possivelmente bem escrito que não sobreviveu ao processo de desenvolvimento do jogo.
A parte de jogabilidade dele é ótima, a engine é ótima, ambientação é ótima, sóque por algum motivo muito tosco, inaptidão de algum pessoal da empresa, o enredo foi completamente estirpado.

RPG que é preciso ler em fóruns e wikias pra saber o que acontece é um RPG com péssimo enredo inserido no mesmo patamar de desenvolvimento como foi o caso da jogabilidade. Simples.

A questão é que endeusam a série da mesma maneira que endeusam The Last of Us e este tem mais enredo que Souls E NÃO É UM RPG! Já pararam pra pensar nisso?

Como jogo a série Souls é supersólida, The Last of Us acho superaquém nesse quesito, não leva adiante o que já existia (Resident Evil, Silent Hill, Uncharted, Dead Space, etc)' mas como jogo com enredo e personagens bem desenvolvidos, plot-twists e tudo o que enriquece e aprofunda, a série Souls é árida, enquanto nesse quesito, The Last of Us brilha supremo.

E a coisa é treta pra mim por serem extremos. Não gosto de ambos devido a isso. O caminho do meio sempre é o ideal pra mim.

 

Eeeeeer... não...

Rpg é jogo de interpretação de personagem com regras e um mestre narrando a historia.

O foco não é o decorrer da historia mas sim a liberdade de seus atos e o constante incentivo para que você interprete e faça tudo que quer de uma forma coesa, ao ponto de mestres serem incentivados a dar pontos de experiência extra não só por decisões memoráveis mas tb interpretação.
Isso serve muito também para jogos que usam menos regras e mais interpretação tb...

E nesse aspecto? Demon's souls é um dos jogos mais próximos de um rpg tradicional que já saiu do japão em anos... afinal, vc cria seu personagem como da na telha, suas ações terão consequenciais, vc se sente no personagem e meio que cria sua própria historia e vai rolando em uma narrativa mais basica que esta lhe dando direções para sua própria jornada... Ao invés de estar preso a um personagem de cabelo espetado e sua jornada, com dialogos pré definidos e uma ilusão de que "quem sabe" vc tenha direito a uma resposta que não vai afetar em nada o resultado final \8

 

Sobre o roteiro... surpreendentemente? não..

Eu comentei a cima que demon's souls é um primo de silent hill onde fanboys chegaram a niveis tão extremos de paixão e obsessão pelo mundo que tentaram ao máximo fazer sentido de coisas que não só não tem, como também não foram criados para fazer sentido, não só criando pseudo fanfics que podem um dia ser canônicas (pq normalmente esse pessoal se mostra mais inteligente que o povo envolvido no jogo) mas também criando ilusões e fazendo pessoas acharem que algo é mais profundo do que realmente é...

Só deixando mais claro

A fromsoftware é uma empresa pequena e antiga que segue o mesmo padrão a uma eternidade, que é criar jogos com foco total e absoluto em gameplay.

Historia para eles não é nada mais que um pretexto para dar a base de um mundo para que assim vc tenha o mínimo de interesse em continuar imerso nesse mundo fora a gameplay...

E eu te garanto que demon's souls não é um jogo magico e exclusivo que esta nesse molde mais curiosamente foi feito para ser "profundo" e inteligente quando todos os outros não foram (incluindo king's field...)...

Se alguém quiser ver um exemplo da mesma coisa é só ir procurar king's field, ninja blade, otogi ou armored core \8

 

 

Mas enfim, isso não é uma critica a demon's souls, eu adoro o jogo e eles conseguiram fazer um mundo imersivo, atmosférico e memorável ao ponto de por super metroid no chinelo ao ponto de fazer a coisa mais basica que todos os rpgs deveriam fazer mas normalmente fracassam: fizeram você se sentir naquele lugar e sendo aquele personagem... ate pq vc não esta amarrado e pode fazer o que quiser, fora que suas ações podem ter consequenciais severas (como todo rpg de papel e caneta...)...

 

Mas como disse em um post mais pra trás: eu estou desgastado desse tipo de obsessão por fazer sentido do que não tem... eu tive que aguentar pessoas tentand achar sentidos profundos em silent hill e aquele treco continua sem fazer sentido pq ele nunca teve, mas sempre é engraçado ver os fãs sendo mais inteligentes que o pessoal envolvido que agora se leva a serio (alguns desses fãs provavelmente trabalhando nesse jogo) e choram sangue para tentar revigorar a franquia nesses moldes, logo eu não tenho saco para aguentar a mesma asneira em demon's souls, principalmente em um período de facebook onde todo mundo tem o direito de criar vídeos contando historias que com sorte vão ser interessantes e quem sabe um dia se torne oficial e com azar vc acaba soando como um idiota pretensioso que estava tentando ser inteligente mas fracassou miseravelmente...

 

...

não é atoa que o pessoal da from software ficou trolando todo mundo por uma vida com o fucking pendant que é um item inútil que eles já tinham posto em shadow tower abyss... jeisus como fã de demon's souls é obcecado por fazer sentido do que não tem...

 

 

 

Edição remastered de Ps4 tem troféu.
Tem a questão que a Sega foi porca e as cutscenes estão em 720p, nitidamente gravação em baixa qualidade, não prestaram pra patchear e fazer direito do zero... Mas o jogo tá ali, completo e até com os dlcs junto.

Eu tenho a latinha :B

peguei de pré venda no começo do ano

eu apenas não parei para jogar de novo pq eu só jogo certos jogos quando tenho tempo para me dedicar a eles devidamente xD


WhBlaze.png

WhBlaze-jogo.png


#60 JKorso

Postado 24 novembro 2016 - 16:32

Ao invés de estar preso a um personagem de cabelo espetado e sua jornada, com dialogos pré definidos e uma ilusão de que "quem sabe" vc tenha direito a uma resposta que não vai afetar em nada o resultado final \8


No momento em que um personagem, de cabelo espetado ou não é um impeditivo para se alegar que é a premissa de um RPG, alegar que a série Souls é mais fiel ao ROG de tabuleiro é falso.
Não há essa liberdade, há todo o briefing daso pelo mestre e simplesmente não se foge ao rumo/diretruz iniciada. Até mesmo seu desafeto Mass Effect 2 tem mais peso em decisões/reações a nível interpretativo - afinal, role playing - que um Souls que pega esses quesitos emprestados e todo o resto é subjetividade.
No momento em que um RPG de tabuleiro é subjetivo, pode-se fazer qualquer coisa e sabemos que não é assim. Outra: 99,9% dos RPGs tem ao menos uma fonte de inspiração e essa inspiração é Tolkien. E se enredo não é importante num RPG, é porque não sabe como um script de quests funcionam.

Já Silent Hill é totalmente ocultista. O misticismo cristão-judaico e o vínculo com a psicologia faz dele nonsense para os mais literais, nada novo aí. A questão é que isso não é ruim, pois faz parte da premissa dos criadores. SH nunca foi um wannabe de RE.

Lgz2COC.gif


 674VGoI.jpg | UXzsgaZ.jpg

Spoiler





0 usuário(s) está(ão) lendo este tópico

0 membros, 0 visitantes, 0 membros anônimos